Mostrando postagens com marcador ecbahia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ecbahia. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Heptacampeonato do Bahia completa 37 anos

Comentários
A maior conquista de um clube baiano em âmbito estadual completa 37 anos nesta quarta-feira (28). Foi no dia 28 de setembro de 1979 que o Esquadrão levantou o Campeonato Baiano pela 7ª vez consecutiva. O famoso Hepta até hoje permanece inigualável! Escreveu nesta quarta-feira o site oficial do Esporte Clube Bahia

O último dos sete títulos veio num lance fortuito. Aos 24 minutos do segundo tempo, o atacante Fito recebeu passe de Perez na intermediária e deu um chute despretensioso. A bola era perfeitamente defensável, mas o goleiro Gelson, do arquirrival, aceitou. Para delírio da multidão azul, vermelha e branca na Fonte, o gol decretou o triunfo no clássico decisivo, por 1 a 0, na Fonte Nova, e entrou para a história.

Quando de fato, o Bahia deixará de ser um time pequeno?

Comentários
O amigo e tricolor Lourival de Paulo recentemente escreveu um post, intitulado, “Bahia nunca se planejou como time GRANDE” onde dentro da sua independência afirmou que o tricolor de aço, apenas viveu grandes momentos, porém jamais se sustentou e logo voltou a sua condição de mero ASPIRANTE por falta de um planejamento eficaz que objetivasse de modo seguro e consolidado o alvo desejado.

Outro tricolor, agora o João Sérgio Mendes colabora com a opinião, no entanto, admite que a esperança existe, mais ainda não chegamos lá. Não bastasse o reforço aos argumentos do Lourival, o tricolor Daniel Cartaxo Penalva também se manifestou e além endossar o ponto de vista que foi objeto de discussão, mostra contrariedades com o comportamento do tricolor jogando  dentro e fora de casa sempre de forma acanhada, digamos: frouxa, amedrontada e questionou: Quando o Bahia deixará de ser pequeno?

Evidente que nem todos tem essa linha de pensamento, como o querido Flávio Andrade que terá seu ponto de vista publicado em breve, além do Lite, Paulinho Fernando, Drodoale, Jsantys e outros tricolores.

Veja

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Série B: Brasil de Pelotas derrota o Ceará e retorna ao G4

Comentários
Fechando os jogos da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série nesta terça-feira, o Grêmio Brasil de Pelotas conquistou um triunfo importante ao vencer o Ceará no Estádio Bento de Freitas pelo placar de 2 x 1. Gustavo Papa batendo e convertendo duas penalidades anotou o gols dos gaúchos. Eduardo descontou para os cearenses. Todos os gols foram marcados ainda no primeiro tempo. Este não foi um bom placar para as pretensões do Esporte Clube Bahia, já que o triunfo limita o alcance do G4. (menos um que poderia ser ultrapassado)

C
om o resultado, o Grêmio Brasil de Pelotas, somou 44 pontos, assume o 3ª lugar, removendo provisoriamente ou não, o Londrina que ainda enfrenta o Oeste no sábado no Estádio do Café do G4. Já o Ceará, que completou hoje à noite 11 jogos sem triunfos, sete empates e quatro derrotas ( como pensar em acesso um time deste?) estacionado nos 40 pontos, continua em 9ª lugar, contudo, pode ser superado pelo Náutico e Luverdense na sequência da competição no próximo final de semana. Na próxima rodada, o Grêmio Brasil de Pelotas, dentro do Bento de Freitas, em Pelotas, pega o lanterna Sampaio Corrêa, enquanto, o Ceará, em Santa Catarina enfrenta o vice-lanterna Joinville.

Serie B: Atlético-GO tropeça e só empata com o Joinville

Comentários
Agora atuando no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, um antigo equipamento do Governo de Goiás, agora reformado e ampliado sua capacidade para 17 mil torcedores, o Atlético-GO deu uma tropeçada caprichada contra o Joinville, mas que não arranha sua excelente campanha do Campeonato Brasileiro da Série B.

Abriu o placar logo aos 18 minutos com Jorginho, dominou todos os 90 minutos, mas já nos acréscimos de jogo, tomou o gol de empate marcando por Jorge Viana numa trapalhada do zagueiro Marquinhos Com o resultado, o Atlético-GO somou 49 pontos e segue na vice-liderança da competição na maior tranquilidade. A sua maior ameaça é o Grêmio Brasil de Pelotas, quinto lugar com 8 pontos atrás. Somente uma tragédia pode remover o Atlético-GO da elite do futebol Brasileiro de 2017 apesar da vacilada desta noite.

Situação contrária vive o Joinville que completou nesta noite sete jogos sem vitória e com 24 pontos, segue na vice-lanterna da competição, à frente apenas do Sampaio Corrêa. Na próxima rodada, o Atlético-GO no Estádio Rei Pelé em Maceió enfrenta o Clube de Regata Brasil, enquanto o Joinville, dentro de casa recebe o Ceará.

Guto esboça time do Bahia com apenas uma mudança

Comentários
Em 6º com 40 pontos e há apenas 2 do G-4, o Esporte Clube Bahia continua na luta por uma vaga na Série A em 2017, e nesta sexta terá mais uma decisão pela frente em confronto válido pela 28ª rodada da Série B. Depois do empate com o CRB, o adversário da vez é novamente um concorrente direto e será assim também na próxima rodada. O Esquadrão encara o Criciúma, nesta sexta-feira às 19h15, na Arena Fonte Nova, antes de bater testa com o Londrina no Estádio do Café. Duas partidas importantíssimas e que podem definir o rumo do tricolor na competição nacional.

Ciente da obrigação de conquistar os três pontos, o técnico Guto Ferreira comandou um treino tático depois de um trabalho de aquecimento e não mexeu na equipe, digo, apenas uma mudança natural já esperada. O lateral-direito Eduardo retorna de suspensão e reassume a titularidade mandando o contestado Tinga para o banco. Com isso, o Bahia que encara o Criciúma deve ter: Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson e Moisés; Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá; Allano, Edigar Junio e HernaneNo coletivo, os reservas atuaram com Jean; Tinga, Lucas Fonseca, Gustavo e Éder; Feijão, Renê Júnior e Régis; Rômulo, Misael e Wesley Natã.

Rômulo reaparece e Bahia treina de olho no Criciúma

Comentários
O técnico Guto Ferreira contou com uma novidade no treino desta terça-feira. O meia Rômulo, que retornou de empréstimo frustrante ao Bragantino, reapareceu no Fazendão, participou de coletivo, porém ainda não foi informado pela direção se o caso do jogador fora resolvido e se tem condições legais de entrar em campo. Outro que retorna, mas de suspensão, é o lateral-direito Eduardo que assume a titularidade, mandando o sofrível Tinga para o banco.

A atividade do dia foi dividida em um trabalho técnico em campo reduzido e um coletivo. Já o time não teve novidades, apenas a saída de Tinga. Além da presença do meia Rômulo, o trabalho contou com a participação do zagueiro Gustavo. Por outro lado, Vitor Rangel, com virose, foi desfalque. Além dele, João Paulo, que chegou a iniciar o trabalho, voltou a sentir dores no joelho e deixou o campo mais cedo

Paulo Maracajá transformou o Vitória em rival do Bahia

Comentários
Refletindo acerca do texto publicado ontem neste BLOG de autoria do tricolor Lourival de Paulo quero dizer que fazendo uma breve retrospectiva do BAHIA, das décadas de 70, 80 até o momento, época que o BAHIA não tinha nem rival direito. Foi Paulo Maracajá que arranjou esse rival, o Vitória. Paulo Maracajá dizia assim: "O nosso maior rival" chamando o Vitória de rival quando, o Ipiranga tinha mais títulos que "O nosso maior rival" o Vitória. (sic) “Quero ganhar do Rival porque ganhamos títulos e dinheiro” e assim se construiu a rivalidade na ocasião, já que o chamado de rival, não tinha parâmetro de time de futebol para ostentar tal condição.

Outra frase de Maracajá e com objetivo conquistado: "Quero ganhar um título nacional para o Bahia", o objetivo dele era pessoal e também da grande Massa Tricolor, vê o BAHIA Campeão Brasileiro, mas o planejamento foi só até ali, depois o BAHIA conseguiu um quarto lugar no Brasileirão e só, veio rebaixamentos e a Serie C, subimos e chegamos a Serie A, nos enchemos de brio com a Serie A e a Democracia Tricolor. Tiramos uma quadrilha que se alojou só para se “aproveitar” do BAHIA e veio novamente a Serie B e já estamos lá a dois anos,

A Democracia Tricolor foi a nossa maior conquista depois do Título do Brasileirão. Penso que o BAHIA melhorou suas finanças mais como time de futebol está ainda sem planejamentos. É duro concordar com você Dalmo Carrera ( conhecido corneteiro) O BAHIA NÃO TEM PLANEJAMENTO DE TIME GRANDE DE FUTEBOL. Temos Títulos, Temos Torcida, Temos Camisa mas ainda falta Planejamento Como TIME GRANDE DE FUTEBOL, a esperança existe, é verdade, mais ainda não chegamos lá. 

João Sérgio Mendes - Torcedor do Bahia 

Série B com jogo de interesse para o torcedor do Bahia

Comentários
Dois jogos abrem nesta terça-feira a 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e ambos os jogos são de grande interesse para o torcedor do Bahia, especialmente o segundo duelo entre Grêmio Brasil de Pelotas e Ceará que se enfrentam no Estádio Bento de Freitas, em Pelotas, Rio Grande do Sul às 21h30.

Partida que um empate seria importantíssimo para as pretensões do Bahia, até mesmo um triunfo do Ceará, já que na hipótese desejada de uma vitória do Bahia na próxima sexta-feira, contra o Criciúma, proporcionaria ao tricolor superar ambos os concorrentes na tabela de pontuação e com ganho real de um degrau na classificação, já que o Ceará no momento já está atrás do Bahia e a posição seria apenas reconquistada.

Fechando os jogos de abertura de rodada, o Atlético-GO agora atuando no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, às 19h15 enfrenta o Joinville e seguirá com sua briga em particular com o Vasco da Gama pelo titulo da competição, enquanto o Joinville de Jael, tenta sair das últimas posição. Mas qualquer ponto perdido dos adversários do Bahia acima da tabela será festejado.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Marinho não será problema no Vitória contra Chapecoense

Comentários
Esta segunda-feira foi de repouso para os guerreiros rubro-negros, mas um deles, o herói do triunfo por 2 x 0 diante do São Paulo, domingo, no Barradão, chegou cedo ao Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura. Marinho, autor de um belíssimo gol em cobrança de falta e do cruzamento que originou o gol contra de Lyanco, esteve no clube para dar continuidade ao tratamento de um trauma no tornozelo. À tarde também compareceu.

O atacante não será problema para o jogo contra a Chapecoense, sábado (1º/10), às 16 horas (horário de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó (SC). Nesta terça-feira, por ocasião da reapresentação, Marinho será reavaliado pelo departamento médico.

Com 14 gols, Marinho é o principal artilheiro do Vitória na temporada. Foram 3 na conquista do Campeonato Baiano, 6 na Copa do Brasil - é o goleador, seguido de João Paulo, do Ypiranga (RS) com 5, e Ricardo Oliveira, do Santos, com 4 - e 5 no Brasileiro.

E.C Bahia: Serie B tem a maior concorrência desde 2006

Comentários
Se o Brasileiro da Série B do ano passado foi marcada pelo “nivelamento por baixo” como era lido e comentado, este ano não podemos reclamar de competitividade e emoções até o fim, especialmente para o torcedor do Bahia, apesar da direção do clube realmente tenha se interessado pela competição apenas um pouco antes do final do 1ª turno depois de sucessivas derrotas, momento que resolveu acordar e mandar alguns dos emprestáveis embora, inclusive o técnico Doriva um autentico perdedor de tudo.

Se medidas tomadas ontem fossem feitas ontem de ontem, seguramente as emoções, tensões e aflições seriam menor de alcance e a agonia de agora não teria tamanha força. No entanto, é preciso certa prudência neste quesito, afinal, os Bahia de “verdade” estão de prontidão e a pronúncia C-O-R-N-E-T-E-I-R-O é transformada em bala em direção dos insatisfeitos ainda que as reclamações sejam de caráter pontual.

Erros pecados, deslizes, para nós todos, digo, os tricolores, é um privilégio e marca registra da administração de Raimundo Viana presidente do Vitória, aos demais, é aplicado um bendito salvo-conduto para que possa transitar produzindo atrasos dentro do departamento de futebol do Esporte Clube Bahia em dois anos consecutivos.

Só este ano, três eliminações todas dentro de casatodas atuando por um simples empate contra gigantes do tipo: São Cruz, Vitória e América-MG. Hoje estamos no mesmo saco que contém CRB, Criciúma e Ceará todos com 40 pontos e  atrás dos modestos Londrina e Atlético-GO, sendo que o segundo, praticamente já assegurou o acesso antecipadamente pela regularidade apresentada durante toda a competição.

O Jornal Folha de São Paulo, desta segunda-feira, faz um comparativo interessante sobre o atual Brasileiro de Série B com outros anos e também revela, através de numero, que o Náutico, embaixo da tabela pode acessar o G4 com uma simples vitória no próximo sábado, evidente se contar com meio caminhão de tropeços, além de mostrar que este ano se registra a maior disputa de todos os tempos da competição.

Veja ai.

Bahia aposta na força da torcida para obter o acesso

Comentários
Se a campanha do Bahia como visitante não é boa, o aproveitamento em casa (74%) é o melhor da Série B e responsável por 29 dos 40 pontos conquistados pelo Esquadrão de Aço. Em Salvador, o Bahia disputou 13 jogos, venceu 09, empatou 02, perdeu 02, marcou 22 gols e sofreu 07. Faltando 11 jogos para o fim da competição, o Bahia está na 6ª colocação, a 02 pontos do G-4 e ainda terá pela frente 06 jogos na Fonte Nova e 05 longe de Salvador.

Para conquistar o acesso à Série A, o Tricolor precisará manter a boa campanha em casa e melhorar o seu aproveitamento longe da Fonte, mas assim como o técnico Guto Ferreira vem falando em suas entrevistas, “precisamos jogar uma partida de cada vez” e a próxima será contra o Criciúma, na sexta-feira (30), em Salvador.

A última derrota em casa foi no dia 05 julho para o Vila Nova e nos últimos três jogos (Paraná, Vasco e Goiás), o Bahia venceu todos, marcou 08 gols e sofreu 02. Coincidentemente, nestas três partidas, a torcida tricolor registrou os melhores públicos nesta Série B, reunindo mais de 75 mil apaixonados, comprovando que a equipe fica muito mais forte com o apoio da massa.

Bahia x Criciúma: Adversário chega embalado em Salvador

Comentários
Depois do empate de 2 x 2 contra o CRB após está vencendo por 2 x 0 até os 35 minutos do 2ª tempo, o Bahia se apresenta na tarde desta segunda-feira e inicia os preparativos para a partida contra o Criciúma na próxima sexta-feira às 19h15 na Arena Nova. Para o jogo o Bahia terá o retorno do lateral Eduardo após cumprir suspensão. O adversário Criciúma, depois de altos e baixos vem embalado com uma seqüência de três triunfos consecutivos ( Sampaio Corrêa, Grêmio Brasil de Pelotas e Oeste) e com isto, saiu da parte intermediaria da tabela para brigar outra vez por uma das vagas.

Curiosamente, apesar de ser apontado como forte candidato, o Criciúma jamais freqüentou o G4 depois de completada toda uma rodada. Quando entrou numa terça-feira, saiu na sexta. Quando entrou na sexta, foi removido no sábado, como na última rodada, por exemplo. Neste momento, o time treinado por Roberto Cavalo faz uma campanha semelhante do Bahia, 40 pontos, atrás apenas pelo saldo de gols. O Criciúma é o sétimo lugar.

Para o duelo contra o Bahia marcado para a noite do dia 30 de setembro, às 19h15, na Arena Fonte Nova o técnico Roberto Cavalo terá a volta do goleiro Luiz, que estava suspenso pelo terceiro amarelo. Por outro lado, não vai poder contar com o atacante Niltinho, afastado pelo mesmo motivo.

E.C. Bahia nunca se planejou como time GRANDE

Comentários
Sou recorrente em AFIRMAR que o Baêa jamais foi um time GRANDE, sou incompreendido e agredido pela sinceridade, parecendo até que sou menos tricolor por NÃO deixar o FANATISMO me cegar. Tivemos momentos de GIGANTES na nossa caminhada, mas não demorava para voltarmos ao estado de eternos ASPIRANTES a um dia ser GRANDE. QUERER é PODER só quando acompanhado com planejamento eficaz que objetive o alvo desejado, sejamos CONSCIENTES, isso nunca aconteceu de fato no Baêa. Nunca desde 1931, o Baêa entrou planejado para disputar com OBJETIVO de vencer todas as competições ou alguma competição que não fosse campeonato baiano, sabemos ser impossível vencer tudo, mas SERIA 100% razoável e no mínimo postura ACEITÁVEL para quem vira e mexe ARROTA ser GRANDE.

domingo, 25 de setembro de 2016

O Bahia jogando fora de Salvador = Covardia !

Comentários
Há um bom tempo atrás, quando ainda era criança pequena, quando o Bahia saia pra jogar fora, a gente tinha um sentimento de que seria um jogo difícil mas acreditava no triunfo.
Hoje, quando o Bahia sai para jogar fora a gente entende que, ainda que o futebol atual não seja mais o mesmo de muito tempo atrás, será um grande negócio voltar com um empate, independente qual seja o adversário. Isso é uma dura realidade.
O jogo de ontem mostrou de uma forma muito clara que o Bahia não se valoriza o suficiente para vencer um jogo que se mostrava fácil dadas as circunstâncias em que o adversário se apresentava em campo: um a menos e com a sua torcida dando-lhe as costas.

Vitória x São Paulo: Voltar a vencer em casa e fugir do Z-4

Comentários
Voltar a vencer no estádio do Barradão, onde acumula duas derrotas consecutivas, e se distanciar da zona de rebaixamento. Essa é a única meta do Vitória neste domingo diante do São Paulo. Jogando em casa contra um time que vem cambaleando e mal das pernas no campeonato, é obrigação e necessário a conquista dos 3 pontos, qualquer resultado que não seja o triunfo deve ser e será tratado como péssimo, horrível, fora de cogitação, até porque se o rendimento rubro-negro nos seus domínios já é ruim, em torno de 46% salvo engano, fora de casa cai pela metade. Ou seja, é preciso recuperar a gordura perdida nesses confrontos em Salvador.

O Vitória vem de derrota para o Botafogo e ocupa a décima sexta colocação com 29 pontos ganhos, um a mais que o Figueirense, primeiro na zona de rebaixamento. Já o São Paulo, adversário deste domingo, é o décimo segundo com 34 e também luta para não encostar no calabouço, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Para essa partida o técnico Argel Fucks contará com o retorno do importante zagueiro Kanu, voltando de suspensão para atuar ao lado de Ramon, que tomou a vaga que antes pertencia a Victor Ramos, que não foi sequer relacionado.


DETALHES DO CONFRONTO:

O dia que o Bahia perdeu para o próprio Bahia.

Comentários
Ontem à tarde em Maceió assistir um jogo para ser esquecido, para sempre das minhas sofridas lentes. Que jogo! Quase inacreditável, com um a mais, com dos gols a mais, e um time mais covarde, mais desprezível, que se possa imaginar, o Bahia perdeu para os que jamais poderiam ser dignos de vestir esse manto sagrado, perdeu para o próprio Bahia.

Sentir um pouco o que sentiram os 200 mil torcedores no Maracanã em 1950. Vergonhoso! Perder, empatar faz parte de qualquer partida, mas fazer de tudo para perder e de quem não tem nenhum compromisso, com os sofridos torcedores e consigo mesmo. Para mim que vi os 7x1, e não acreditava no que estava vendo, novamente vi e custei a acreditar.

sábado, 24 de setembro de 2016

Técnico do Bahia lamenta erros e admite culpa pelo empate

Comentários
Após o empate com o CRB neste sábado (24), o técnico Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva à imprensa. Chateado com o resultado, o treinador reconheceu os erros no time, mas valorizou o ponto conquistado fora de Salvador, aliás, antes mesmo de desembarcar em Alagoas, o técnico tricolor já admitia que o empate seria um bom resultado, porém, jamais um empate com esse cenário de está vencendo por 2 x 0 além de mais da metade do 2ª tempo.

“Tínhamos tudo para sair com um grande triunfo. Um triunfo que nos manteria em uma posição privilegiada na tabela e isso não aconteceu. O ponto vai ser importante no futuro, mas no momento não foi bom pelas circunstâncias da partida. Mas aprendemos com esses momentos. Eu me culpo por algumas coisas que a gente acabou fazendo dentro da partida e tenho certeza que cada jogador que saiu indignado também estão se culpando. Pode ter certeza que temos que voltar melhor no jogo de sexta-feira em casa. Fazer um placar bom e sustenta-lo até o fim. Mas do que nunca precisamos demais do torcedor”, disse.

O treinador também falou sobre a importância da torcida na partida da próxima sexta-feira (30), contra o Criciúma, às 19h15, na Arena Fonte Nova.

“Não tenho direito de pedir nada ao torcedor, enquanto a gente não está no G-4. Mas ele sabe o quando é importante nesse momento. Sabe o que ele provoca na equipe. Contar com ele é maravilhoso, como foi hoje aqui. A torcida hoje teve um bom número aqui e foi muito importante. Ainda faltam 11 rodadas. O importante é a gente chegar na última e está presente”.

" Têm situações durante a partida que você visualiza algumas coisas da partida, tenta acrescentar e as coisas acabam não acontecendo. Aquilo que estava, não estava tão ruim. Estava indo bem, mas você pensa sempre na frente. Se eu não tivesse mudado, talvez a gente tivesse dado a sequência até o final da partida"

Covardia do Bahia resultou no empate com o CRB

Comentários
A covardia, aliada ao contentamento com um ponto, foi decisiva para o resultado que o time do Bahia trouxe de Maceió hoje à noite no Estádio Rei Pelé em Maceió. É inadmissível que um time postulante ao acesso jogue com tamanho desinteresse uma partida tão importante.

Hoje se viu como alguns jogadores se comportam em jogos fora de Salvador. O Edigar Junio, o Cajá, o Luiz Antonio e o Hernani parecem não terem entrado em campo, todos dispersos.

Um adversário abatido, na mão, dado, doado, entregue, a torcida indo embora e o Bahia faz o favor de entregar o jogo, talvez querendo confirmar o que eles mesmo já haviam previsto: um EMPATE com o todo poderoso CRB! Saíram daqui com essa prosa e fizeram por merecer, os mesmos que conversam muito e não produzem nada em campo!

Os concorrentes estão ajudando todo o tempo e, o Bahia, faz questão de não agradecer. Complicado acreditar no acesso. Não que seja impossível, mas, não se vê a atitude de quem quer subir.

Fala sério!
Paulinho Fernando – Torcedor do Bahia, amigo e colaborador do BLOG

CRB 2x2 Bahia: Empate amargo e com gosto de derrota!

Comentários
O Bahia voltou a honrar a fama de visitante "bonzinho" e neste sábado no estádio Rei Pelé em Maceió deixou de somar 2 pontos importantíssimos quase certos e doou UM ponto ao CRB que jogou com 10 homens todo o segundo tempo e heroicamente buscou o empate mesmo após estar perdendo por 2 a 0. De nada adiantou a expulsão do zagueiro Flávio Boaventura que nocauteou o 'ex-brocador' Hernane ainda no primeiro tempo, em homenagem ao UFC Brasília, que vai rolar hoje. Porém, quem se desequilibrou emocionalmente foi justamente o Esquadrão, que fez um segundo tempo pífio, horroroso, não teve tranquilidade e competência para administrar e segurar o resultado, e garantir o triunfo essencial na briga pelo acesso que colocaria a equipe na 3ª posição da Série B. Com o empate, o time do técnico Guto Ferreira continua fora do G-4 e pode terminar a rodada na 6ª posição.

O jogo foi bastante equilibrado na primeira etapa e com boas chances para os dois lados, o Bahia mostrou até consistência atuando fora de casa, enquanto o CRB sentiu o baque com o gol precoce de Allano aproveitando cruzamento de Renato Cajá aos dois minutos, até esboçou uma reação, mas foi surpreendido novamente com a expulsão de Flávio Boaventura aos 42 minutos. Na segunda etapa, mesmo com a superioridade numérica, o Bahia esqueceu de jogar bola, incrivelmente dormiu em campo, a sorte esteve do lado tricolor que aumentou com Juninho cobrando falta com perfeição aos 22 minutos, deixando o time numa situação totalmente tranquila e favorável. Porém, caro tricolor, como sempre digo e afirmo "O Bahia tem o poder de complicar o incomplicável".

E foi isso que aconteceu, de uma forma inacreditável aos olhos humanos. O CRB, que parecia entregue em campo, incendiou e cresceu no jogo nos minutos finais, foi buscar o empate heroicamente, primeiro com o pênalti infantil cometido pelo sofrível Tinga e convertido por Zé Carlos aos 35 minutos e depois novamente Zé Carlos aproveitando vacilo da zaga tricolor e fuzilando Muriel, dando números finais ao embate, 2x2, empate amargo e com gosto de derrota, resultado HORRÍVEL e desapontador para o Tricolor Baiano que jogou o segundo tempo todo com um a mais e ainda assim foi frouxo e permitiu o empate inesperado aos alagoanos. O próximo desafio do tricolor baiano é na sexta-feira, dia 30, às 21h30, quando encara Criciúma na Arena Fonte Nova novo em confronto importantíssimo valendo 6 pontos. 

Veja os gols do jogo CRB 2 x 2 Bahia pela Série B

Comentários
O Esporte Clube Bahia fez um papelão hoje à tarde no Estádio Rei Pelé em Maceió onde vencia jogo importantíssimo contra Clube de Regata Brasil pelo placar de 2 x 0, se apagou e permitiu que os alagoanos a reação e acabou deixando em Maceió dois pontos que pareciam ganhos ao empatar a partida pelo placar de 2 x 2. Agora é Bahia é o quinto colocado e pode ser o sexto, caso Grêmio Brasil de Pelotas vença ou empate com o Tupi em Juiz de Fora, hoje à noite em jogo que fecha a 27ª rodada da competição

Veja os gols