Mostrando postagens com marcador Campeonato Baiano 2013. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Campeonato Baiano 2013. Mostrar todas as postagens

sábado, 23 de novembro de 2013

Ceará perde para o Palmeiras e decepciona

Comentários
O torcedor cearense experimentou uma grande decepção. O Ceará, após três vitórias consecutivas, não aproveitou da derrota do Icasa para o Chapecoense e, fazendo uma péssima partida, caiu para o Palmeiras ao ser goleado por 4 x 1. Com o resultado, o Alvinegro termina a rodada em 6º lugar, com 59 pontos. E agora, para conquistar o acesso, precisa vencer o Joinville em casa, na última rodada, e ainda torcer por tropeços (empates ou derrotas) de Icasa (que enfrenta o Paraná em Curitiba) e Figueirense (que pega o Bragantino fora de casa), para terminar entre os quatro primeiros.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Vitinho do Botafogo é vendido para o CSKA

Comentários
Vitinho não segue no Botafogo. Nesta segunda-feira, o CSKA Moscou pagou a multa rescisória de dez milhões de euros (cerca de R$ 31,5 milhões) e acertou com o meia. 

Com isso, o elenco alvinegro sofre mais uma baixa no setor do meio-campo para a sequência da temporada. Antes do jovem de 19 anos, Jadson, Fellype Gabriel e Andrezinho já tinham se transferido. 

Vitinho sempre foi considerado uma das grandes promessas nas categorias de base do Botafogo. O jogador começou a ganhar chances na temporada passada, mas sofreu com altos e baixos. Nesta temporada, o meia passou a ter mais regularidade e se tornou um dos destaques do time, marcando quatro gols no Campeonato Brasileiro.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Datas das semifinais do Baiano 2013

Comentários
Finalmente a Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou, nesta segunda-feira (29), a tabela com as partidas da fase semifinal do Campeonato Baiano 2013. Como era óbvio, não haverá partidas simultâneas, especialmente os jogos de volta pela impossibilidade decorrente de Juazeiro e Juazeirense pertencerem à mesma cidade.  

Os jogos de ida serão realizados quarta (1º) e quinta-feira (2), enquanto os de volta acontecerão sábado (4) e domingo (5). 

Como grande surpresa, Juazeiro e Juazeirense vão decidir as vagas na final em casa, no Adauto Moraes. Os confrontos eliminatórios começam nesta quarta, feriado de 1º de Maio, com Bahia encarando o Juazeiro na Arena Fonte Nova, em jogo que seguramente vai gerar muitos protestos da torcida do Bahia, às 16h. 

Na quinta, Vitória e Juazeirense jogam no Barradão, às 20h30. O Adauto Moraes vai receber dois jogos no fim de semana. Sábado tem Juazeiro x Bahia às 18h30. Domingo, o mesmo palco recebe Juazeirense x Vitória, às 16h.

Veja as datas do jogos

01/05/2013, às 16h
Bahia x Juazeiro - Arena Fonte Nova

02/05/2013, às 20h30
Vitória x Juazeirense - Barradão

04/05/2013, às 18h30
Juazeiro x Bahia - Adauto Moraes

05/05/2013, às 16h
Juazeirense x Vitória - Adauto Moraes

Quando perder um clássico, é o de menos...

Comentários
Ontem, ao final do jogo, comecei a fazer a resenha de mais um fiasco do Tricolor. Escrevi sobre as duas falhas a zaga que originaram o gol do adversário, sobre Lomba estático no primeiro gol, sobre Fahel ser o último homem na marcação na hora do segundo, elogiei até o retranqueiro Joel Santana que jogou o time pra frente, critiquei a vergonhosa chuva de caxirola... mas depois do texto pronto, resolvi apagar e ir dormir.

Que Bahia é esse? Perder um clássico, não é nenhum absurdo. Ainda mais num clássico que não valeu de nada, a não ser pra fazer a alegria da torcida rival, tão carente de alegria nesse triênio, pois os dois se classificaram em segundo. O triste é ver o início de ano bisonho que o Tricolor está tendo. E o pior, mesmo com tantas decepções, ainda assim, existe a possibilidade (remota, é verdade) de ser Campeão Baiano com apenas 3 triunfos em todo o campeonato. Sim, isso pode acontecer.  Se o time conseguir somente mais dois triunfos, e dois empates, um em cada etapa (na semi e na final), pode ser campeão. E isso seria um desastre

É triste dizer isso, mas o time não merece ser campeão. Na verdade não merece nem ir pra final. O problema é que enfrentou os 4 times mais fortes do campeonato, que estavam na outra chave, e agora vai pegar o fraco Juazeiro, por sinal, líder do grupo do Bahia.

A retrospectiva de 2013 é triste. Foram 15 jogos, 4 triunfos, 7 empates e 4 derrotas. Disputou 45 pontos, ganhou apenas 19. E nem estamos falando de Série A, ainda. 

Vencemos aperta do Itabaiana (3x2), empatamos com ABC (1x1), vencemos o Ceará no Castelão (0x1), perdemos pra o Ceará (1x2), fomos humilhados pelo ABC em Pituaçu (0x3), empatamos com o Itabaiana (0x0). Eliminados da primeira fase do Nordestão, pensávamos que a diretoria reagiria. Que nada, tudo mantido. 

E veio o Baianão. Empate com o Conquista (1x1), vencemos o melhor time do Campeonato no último jogo em Pituaçu (2x0), empatamos no sufoco com o Xará de Feira (2x2), e veio a Era Fonte Nova. Fiasco na estreia (1x5) derrubou Jorginho. 

Pausa para a Copa do Brasil e eliminamos o jogo de volta contra o Maranhão (0x2). 

De volta a Bahia, empate na Arena com o Conquista (1x1), empate no Adauto Morais contra o líder do outro grupo (0x0), empate com o xará na Arena (0x0) e no final, mais uma derrota para o vice-colocado do outro grupo (2x1). Ou seja, um início de ano lastimável, dentro de campo.

Fora das quatro linhas: denúncia de facções dentro do grupo, denúncia de influência de um jornalista vagabundo (que disse que iria acabar o Bahia quando o time tava na "Cerei C") na contratação de Joel Santana, um departamento médico vergonhoso que deixa um jogador jovem como Ávine inutilizado por mais de um ano, Souza e suas idas e volta pro DM, contratação de jogadores encostados em outros clubes, jogadores com excesso de peso, denúncias de corrupção envolvendo o presidente e os gestores de futebol, salários atrasados e torcida revoltada.

É esse o Bahia que vai entrar no Brasileirão daqui há menos de um mês? 

O pior, é que se acontecer o improvável e se formos Bi Campeões Baianos, tudo isso fica esquecido pela torcida. E entraremos com esse time (de 4 triunfos sobre clubes pequenos, nesses 15 jogos disputados) na competição mais difícil do mundo, com confiança de dias melhores, como em 94, do fatídico gol de Raudinei, o título baiano e na sequência campanhas catastróficas nos Brasileirões...

Como diria o pobre do Adivis que tomou até dedo na cara, no meio da torcida no Bavice: "May God bless us..."

Bora Baêa Minha Porra! Pra onde, eu não sei mais. "Mas umBora"...

Bahia x Juazeiro: Hoje, às 16h

Comentários
Situação no mínimo esquisita, a do torcedor do Bahia, diante do jogo desta noite entre Bahia e Juazeiro, na Arena Fonte, valendo pela primeira partida das semifinais do Campeonato Baiano. O sucesso desta noite representa o primeiro passo para obter a vaga, para tentar o bicampeonato e garante o tricolor da liga de aço em mais uma edição da Copa do Nordeste, em um ano onde o vencedor terá assento garantido na Copa Sul-americana e, como tal, agora com maior importância. Portanto, o jogo desta noite tem tamanha importância. 

A esquisitice se instala quando sabemos que o time nasceu morto ou foi vitima de um aborto mal sucedido, já que não tem qualidade, não fez por onde e, sobretudo, não merece o título pela campanha ridícula, com seis jogos sem vencer, sobrevivendo de vitória-única no universo de oito jogos, mesmo enfrentando adversários sem ou com pouquíssima qualidade, como os Vitórias daqui e de lá de Conquista, Bahia de Feira e Juazeirense.

Bahia e Juazeiro, ainda que sendo um jogo importante pela consequência, é a típica partida que, se vencer, não resolve, não acalma, se convencer, pode estar novamente lhe enganando e conduzindo seu torcedor para uma decepção maior alguns passos mais à frente. 

E aí? Jogar a tolha e acreditar que o paciente não tem recuperação e agora precisa ser morto pelas carrancas do Rio São Francisco, e devidamente sepultado em cova rasa após a devida cerimônia da resignação ? Passar a régua e se render ao fracasso antecipado, para aguardar providências para que um novo grupo seja formado? Ou combater o tédio, contrariando a lógica, para voltar botar fé e fazer figa em uma suposta arrancada tricolor, justamente na hora H, legitimando a porcaria dentro e fora de campo, ao almejar uma faixa no peito de Campeão Baiano, sob o legítimo argumento que o futebol nunca se norteou por merecimento e que o incapaz pode valer mais? 

Mas seja como for, pouco ou nada importa. O que vale no futebol é o agora, não o ontem ou muito menos, o depois de amanhã. A dinâmica é bem interessante e clara, quando permite o recomeço duas vezes por semana e nunca é tarde para acreditar que, mesmo tirando leite de pedras e não deixando de reconhecer a enorme precariedade do time bancado pelo deputado, armado pelo ajudante de produção Paulo Angioni e sustentando pela torcida do Bahia, pode vencer, precisa vencer, é importante vencer o modesto Juazeiro, para continuar caminhando mesmo em passos tortos, em direção ao título de bicampeão baiano enquanto respira, mesmo que para isto, precise vencer atirando paralelepípedos na cabeça de todos os santos. O depois, fica para depois. 

Para a partida, o time de Joel Santana terá vários desfalques. Na defesa, Danny Morais volta de suspensão, mas deve fica na reserva de Demerson, que continua ao lado de Titi. No meio de campo, Fahel, suspenso e Rosales, lesionados, dão lugar a Diones e Zé Roberto. Já no ataque, sem Obina lesionado, Fernandão, recém-contratado fará a sua estréia pelo Bahia atuando como titular. 

sábado, 27 de abril de 2013

Vitória vence o Bahia e aumenta freguesia

Comentários
Depois de exatos 21 dias, Bahia e Vitória entraram novamente no gramado da Arena Fonte Nova, em uma partida que tinha aspecto de revanche para o Bahia, confirmação da superioridade para o Esporte Clube Vitória, e o mais importante, poderia valer a liderança dos seus respectivos grupos que, por sua vez, daria como brinde as vantagens dos resultados iguais e o mando de campo para o segundo jogo das semifinais contra os clubes de Juazeiro, a partir da próxima quarta-feira. 

Fato que, mas tarde, não veio a acontecer, pelo triunfo do Juazeirense em cima do Juazeiro, tornando nula a vitória rubro-negra na Fonte Nova, pelo placar de 2 x 1. 

No primeiro tempo de jogo, ao contrário do Ba-VI anterior, desta vez o Vitória começou melhor, eram claros os sinais que o time de Caio Júnior veio para matar o jogo, sem dar chances ao adversário, infinitamente inferior. Foi o dono da bola, criou as melhores chances de gol, errou menos e pressionou muito mais e acabou sendo premiado com dois gols totalmente merecidos, marcados por Michel e Mansur, contando com a ajuda da vaga estilo: mãe, tia, prima e sobrinha do Esporte Clube Bahia. 

O primeiro tempo do Bahia foi patético, ao nível do comovente, digno até de certa pena, ainda que tenha sido prejudicado pela não marcação de uma penalidade máxima ignorada pelo árbitro Jaílson Macedo Freitas, em cima do lateral Magal. 

No segundo tempo, tentando reverter o placar desfavorável, Joel Santana tirou o atacante Obina e fez a estreia do centro-avante Fernandão e o time melhorou, não pela substituição, e sim pela maior disposição e a enorme necessidade de, pelo menos, arrancar o empate. 

E logo aos 6 minutos, o zagueiro Titi, escorando de cabeça cruzamento de Talisca, reduziu o placar dando, naquela altura, novas esperanças à torcida tricolor, já que além do gol, o time melhorou sensivelmente. Joel Santana ainda tirou o apagado Paulo Rosales e no lugar colocou o atacante Adriano, e Ryder dando lugar a Marquinhos, tentando maior poder ofensivo, houve muita disposição e luta, mas nada surtiu o efeito esperado, e a torcida tricolor se retirou, novamente, da Arena Fonte Nova amargando uma nova derrota para o maior rival, enquanto os rubro-negros satisfeitos, ampliam a freguesia jogando nos domínios do adversário. 

Com o triunfo, o Esporte Clube Vitória somou 18 pontos, encerra a fase de grupo em 2º lugar e, por isto, perdeu o direito da vantagem do empate e o segundo jogo decisivo contra o Juazeirense dentro de casa. O primeiro jogo acontece na próxima quarta-feira, no Estádio Manoel Barradas Carneiro, e no próximo Domingo decide, no Estádio Adauto Morais, uma das vagas para a grande final. 

Já o Bahia, enfrenta o Juazeiro na Arena Fonte Nova, na próxima quarta-feira, feriado de primeiro de Maio, no entanto, fica indefinido a data do segundo confronto. 

Em alguns momentos, confira todos os detalhes da partida e, logo após, o vídeo com os melhores momentos e toda movimentação pós-jogo de Vitória 2 x 1 Bahia que valeu pela 8ª rodada da 2ª fase do Campeonato Baiano, edição 2013.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Botafogo x Juazeirense é transferido

Comentários
A Federação Bahiana de Futebol (FBF) comunicou, nesta segunda-feira (22), a transferência do duelo entre Botafogo e Juazeirense, pela 16ª rodada do Baianão Chevrolet 2013, para a cidade de Alagoinhas. A partida, que aconteceria no Estádio de Pituaçu, será realizada no Estádio Antônio Carneiro, na próxima quarta-feira (24). 

A alteração foi necessária, devido ao trabalho de adequação do Roberto Santos, para ser Centro de Treinamentos de Seleções na Copa das Confederações 2013. Por exigência da FIFA, o Estádio passará por reparos e precisará ficar fechado nesta semana, segundo ofício encaminhado pela Sudesb. 

O presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, justificou a escolha do Antônio Carneiro. "Em decorrência da alteração, a Federação buscou um local em que fosse possível manter a uniformidade dos horários dos jogos. Como estamos com muitas definições para ocorrer nestas duas últimas rodadas da 2ª fase, optamos por programar todos as partidas para as 20h30. O Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas, reúne as condições necessárias para a realização do jogo neste horário", explicou.

sábado, 20 de abril de 2013

Juazeirense e Bahia ficam no empate

Comentários
O Bahia surpreendeu nos primeiro 20 minutos do primeiro tempo do jogo, hoje à tarde, no Adauto Morais, em Juazeiro, jogando contra o Juazeirense. Ao contrário de dezenas de jogos anteriores, o time armado por Joel Santana mostrou maior determinação, atuou de forma destemida, criando várias chances de gol e não liquidou o jogo, pela secular falta pontuaria do atacante Obina. 

De qualquer sorte, mesmo com empate em 0 x 0 ao final do primeiro tempo, o time deu claros sinais e indícios que time pode ganhar uma cara nova. O lateral Pablo fez uma boa partida de estréia, ao contrário de Jéferson, que alternou entre o discreto e o desaparecido. 

No segundo tempo, o Bahia voltou a ser o Bahia de sempre, o apático dos últimos jogos. Abusou dos errados passes e não incomodou o Juazeirense de modo importante, durante os últimos 45 minutos de uma etapa sonolenta, especialmente pela falta de objetividade das duas equipes que mereceram o empate de 0 x 0, pelo péssimo futebol praticado na etapa complementar. 

Com o empate, o time foi aos setes pontos, no entanto, perdeu a liderança do Grupo 1, com o surpreendente triunfo do Juazeiro em cima do Vitória dentro do Barradão, por 1 x 0, por outro lado, o Bahia, agora na segunda posição, aproveitou-se da derrota do Botafogo-BA por 2 x 1, e abriu três pontos do terceiro lugar. 

Será na próxima quarta-feira, na Arena Fonte Nova, às 20h30, o novo compromisso do Bahia. O tricolor de aço terá pela frente o Bahia de Feira, em jogo válido pela sétima rodada da segunda fase do Campeonato Baiano. 

Em alguns momentos, confira todos os detalhes da partida e, logo após, o vídeo com os melhores momentos e toda movimentação pós-jogo de Juazeirense x Bahia que valeu pela 6ª rodada da 2ª fase do Campeonato Baiano, edição 2013.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Embarque no ônibus do Galícia

Comentários
A ATAG (Associação Torcedores e Amigos do Galícia) está organizando um ônibus, para os torcedores que desejem ir a Alagoinhas, no dia 28/4 (domingo), prestigiar a estréia do Galícia na Segunda Divisão do Campeonato Baiano 2013, contra a Catuense. 

O ônibus sairá do Parque Santiago às 12:00 do domingo, retornando imediatamente depois da partida, que será realizada às 16:00. 

O custo da viagem será de R$ 30,00 por pessoa (ingresso não incluído). Envie um email para contato@galiciaec.com.br, informando seu nome completo e telefone, e repassaremos sua mensagem à ATAG, para que entrem em contato com você confirmando a reserva. 

Não perca tempo, pois o número de vagas é limitado! Participe da campanha de retorno do nosso Azulino à elite!

sábado, 13 de abril de 2013

Bahia decepciona outra vez

Comentários
Depois do atraso do último Domingo, o Esporte Clube Bahia, agora sob o comando do técnico Joel Santana, voltou ao Estádio de Fonte Nova e não mostrou nada diferente contra o Vitória da Conquista, em relação ao que foi visto no jogo-tragédia na inauguração do Estádio ou com uma boa dose de boa vontade: pequenas melhoras a partir do segundo tempo, mas nada que permita qualquer entusiasmo ou que deslumbre alguma perspectiva positiva em curto prazo. 

O primeiro tempo, mesmo com a marcação de dois gols, foi uma partida sonolenta e feia de ser assistida, com o Bahia mostrando as velhas deficiências, o argentino Paulo Rosales, novamente fazendo de conta que de fato existe, enquanto jogador produtivo, a zaga falhando como sempre e o conjunto apático como antes. 

O Vitória da Conquista jogou de igual para igual, sem medo ou receio, abriu o placar através do zagueiro Silvio, aproveitando-se de falha de Titi, no entanto, acabou levando o empate, com Obina marcando de cabeça aos 33 minutos, seu quarto gol com a camisa tricolor. 

No segundo tempo, Joel Santana tirou Neto, alvo das vaias da torcida tricolor, descolocou Diones para lateral-direita para Toró estrear com a camisa do Bahia em Salvador, no meio de campo e nada mudou, mudou sim, quanto Zé Roberto entrou substituindo Souza, novamente lesionado, outra vez apagado. 

A partir daí, o time mostrou maior disposição, criou algumas oportunidades com Hélder, Obina e Fahel, o argentino finalmente se apresentou para o jogo, mas, no entanto, nada disso foi o suficiente para que o Bahia conquistasse o seu primeiro triunfo na era Fonte Nova, permitindo que seu torcedor saísse do Estádio como estivesse comparecido a uma missa de sétimo dia, com o empate em 1 x 1 com o ECPP.

Com o resultado, o Bahia chegou aos seis pontos em cinco jogos, com apenas UM triunfo, ainda assim, o tricolor se manteve na liderança do Grupo 1, seguido de perto por Botafogo-BA e Juazeiro, ambos com 4 pontos.  Já Vitória da Conquista, mesmo com empate, se manteve na lanterna do Grupo do Vitória. 

Já classificado antecipadamente para a 2º fase da Copa do Brasil, após eliminar o Maranhão pela via rápida, no primeiro jogo, o Bahia agora terá pela frente o Juazeirense, em jogo que acontece no Estádio Adauto Morais, em Juazeiro, no próximo Domingo, às 16h, valendo pelo Campeonato Baiano. 

Em alguns momentos, confira todos os detalhes da partida e, logo após, o vídeo com os melhores momentos e toda movimentação pós-jogo de Bahia 1 x 1 ECPP, que valeu pela 5ª rodada da 2ª fase do Campeonato do Baiano, edição 2013. 

Resultado da 5º rodada do Campeonato Baiano.

Botafogo 1 x 0 Vitória
Juazeiro 0 x 3 Bahia de Feira
Bahia 1 x 1 Vitória da Conquista
Feirense 0 x 1 Juazeirense

Classificação do Campeonato Baiano 2013 

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Bahia x ECPP: Bode ainda indefinido

Comentários
Já classificado para segunda fase da Copa do Brasil, o Bahia, no próximo Domingo, terá pela frente o Vitória da Conquista, último colocado do Grupo 2, com 5 pontos, mas ainda brigando por uma das vagas. 

Nesta sexta-feira, o ECPP encerra a preparação para a partida contra o Bahia, em Salvador, que acontecerá no próximo domingo na Arena Fonte Nova. Com o retorno de Edimar, que ficou de fora da última partida, o treinador Bira Veiga terá todos os jogadores à disposição, mas ele só anunciará o time que vai a campo no dia da partida. 

O embarque para Salvador em ônibus da Viação Salutaris será no sábado, às 7 horas da manhã. Na capital do estado, o time ficará hospedado até a terça-feira, quando embarcará as 10 horas de avião para Recife, quando disputará a segunda partida contra o Sport Club do Recife pela Copa do Brasil. O jogo com o Leão da Ilha será na quarta-feira, dia 17.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

ECPP tem semana importante

Comentários

A vitória contra o Feirense, no último sábado, em Feira de Santana, mantém o ECPP Vitória da Conquista na briga por uma vaga na fase final do campeonato. Com uma excelente campanha até agora, o alviverde vai enfrentar o Bahia na Fonte Nova e busca um bom resultado diante do tricolor, para seguir vivo. 

Até ao momento, o ECPP jogou 12 partidas, venceu 6, empatou 4 e perdeu apenas duas, tendo 61% de aproveitamento dos pontos disputados. As duas únicas derrotas por coincidência foram para o Juazeiro, ambas no estádio Lomanto Júnior. 

Uma curiosidade na participação do time conqustense, é que a campanha da primeira fase nas quatro primeiras rodadas foi exatamente igual: 1 vitória, 2 empates e 1 derrota. Depois, o time conquistou 4 vitórias seguidas e foi o primeiro colocado da fase co 70,8% dos pontos conquistados. 

O Bode tem o melhor ataque do campeonato com 19 gols marcados. Os artilheiros do Bode são Carlos Alberto com 5 gols, Cacá com 4, Crlinhos 3, Zé Leandro 2, Alessandro Azevedo, David Bala, Heverton, Silvio e Mica com 1 gol cada.  (Júlio Parente)

sábado, 6 de abril de 2013

ECPP vence o Feirense fora de casa

Comentários
Apesar de não repetir a grande atuação da partida contra o Sport na quarta-feira, o Vitória da Conquista conquistou a sua primeira vitória na segunda fase, ao vencer o Feirense por 1 x 0. 

O time marcou seu único gol aos 30 minutos da etapa final, através de Cacá, aproveitando uma bola mal recuada pelo volante Flavinho que tentou mandar a bola para o goleiro e entregou nos pés do atacante Cacá que driblou o goleiro Naldo e abriu o placar. 

 O ECPP jogou com Alex, Mica, Sílvio, Heverton e Raul, Junior Gaúcho, Renilton, Alessandro Azevedo, Tiaguinho (Ila), Carlos Alberto (David Bala) e Cacá (Dunga). O Vitória da Conquista volta a campo no próximo domingo (14), contra o Bahia, às 16 horas, na Arena Fonte Nova.

Outros jogos da rodada
Botafogo-BA 1 x 2 Bahia de Feira
Juazeiro 1 x 4 Juazeirense 

Feirense tem mando de campo alterado

Comentários
A Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou, na última sexta-feira (5), a RDT-21/13, que altera o mando de campo do Feirense no Baianão Chevrolet 2013. O time de Feira de Santana voltará a mandar seus jogos em Senhor do Bonfim. 

A mudança se deve à aprovação dos laudos técnicos do estádio Pedro Amorim, pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Engenharia. 

Com a modificação, os duelos do Feirense contra Juazeirense e Vitória, nos dias 14 e 24 de abril, saem do Jóia da Princesa para a praça esportiva bonfinense.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Bahia (FS) encara o Botafogo no sábado

Comentários
O Bahia de Feira realizou o último e único coletivo antes de encarar o Botafogo no próximo sábado (06), às 16 horas, no estádio Roberto Santos (Pituaçú), em Salvador. 

O técnico Nazareno Silva fez duas alterações no treino, trocando Michel por Copetti e Luan no lugar de Bruninho, que recebeu cartão vermelho na partida contra o Bahia. 

Após o coletivo, Nazareno não divulgou o time que iniciará a partida. 

“Eu ainda vou pensar para ver qual é a melhor formação. Fiz duas alterações no coletivo, mas isso não quer dizer que vou utilizar a mesma que terminei o treino”, disse. 

Nesta sexta-feira, o time vai realizar um treino leve no centro de treinamento e as 18:30 deixa Feira de Santana com destino ao Hotel Goden Park, no bairro Pituba na capital baiana.

domingo, 31 de março de 2013

Bahia de Feira reclama da arbitragem

Comentários
Destaque do empate em 2 x 2 entre os “Bahias”, sem dúvida, foi o atacante Rômulo, que marcou dois gols lindíssimos e somou 9 no total, confirmando a sua condição de artilheiro do Campeonato Baiano isoladamente. Mas para o Bahia de Feira, os gols do atacante não trouxeram o triunfo para o tremendão, por conta de erros do árbitro Marielson Alves Silva. 

De acordo com o site do Bahia de Feira, o árbitro arrumou uma penalidade a favor do Bahia, quando Marquinhos, em um choque normal com Copetti, caiu na área e erroneamente o arbitro deu pênalti, para Obina marcar e reduzir o placar.   

A matéria do site oficial ainda ressalta que não gostou da arbitragem do conquistense Marielson, que ainda expulsou Bruninho e na falta que não marcou dentro da pequena área, que resultou no empate no final da partida. 

Com o empate, o Bahia de Feira somou seu segundo ponto no Grupo 2, subiu para o terceiro lugar, empurrando o Vitória da Conquista para a lanterna, através dos critérios de gols marcados. O Botafogo-BA, no Estádio de Metropolitano de Pituaçu, será o próximo adversário do Campeão Baiano de 2011.

quarta-feira, 27 de março de 2013

ECPP x Juazeiro nesta quarta-feira

Comentários
O ECPP Vitória da Conquista faz uma importante partida na noite desta quarta-feira, no estádio Lomanto Júnior, contra o Juazeiro, em busca da manutenção da boa fase do clube no estadual e a aproximação definitiva da zona de classificação, para a fase final da competição. 

O time vive um bom momento na competição, já que não perde uma partida desde o dia 6 de fevereiro, contra o próprio Juazeiro pela primeira fase. 

De lá para cá foram 7 partidas, com 4 vitórias e três empates. O jogo começa às 20:30h e o torcedor pode adquirir os ingressos na rede de Farmácias Melhor Preço, em Falcão Calçados e a partir das 10 horas da manhã desta quarta, nas bilheterias do estádio.

terça-feira, 26 de março de 2013

Bahia de Feira já não é mais aquele!

Comentários
O jogo Bahia de Feira e Bahia oficial, no próximo Domingo, no Estádio Jóia da Princesa, pela 3º rodada da 2º fase do Campeonato Baiano, já não pode ser visto com uma partida de resultado inesperado, como um dia se imaginou que seria uma constante nos duelos entre os clubes. 

Quem não recorda de Bahia de Feira 5 x 3 Bahia Oficial de Thiago, Bruno Silva, Mateus, Abedi, Wilson Júnior e Edilson, em Pituaçu? 

O time de Feira de Santana, Campeão Baiano em 2011, assim como o Colo-Colo, da cidade de Ilhéus, que pela primeira vez na história sagrou-se campeão baiano, vencendo o Vitória por 4 a 2, em pleno Barradão em 2006, se apagou, caiu na real e hoje é apenas mais um que faz número para a dupla Bahia e Vitória fazer festa no primeiro semestre e correr do rebaixamento no segundo. 

Em 2012, o Bahia de Feira começou avalassador, vencendo cinco jogos, em cinco rodadas, produzindo a falsa impressão que o titulo do ano anterior, não havia sido fruto ou obra do caso. 

Mas foi. Ao final do Campeonato, ficou apenas na quinta colocação, atrás do Feirense e com 20 pontos atrás do Bahia, campeão na ocasião. Este ano a situação é pior. Na primeira fase, ficou em terceiro lugar em uma lista de cinco clubes. 

Já na segunda fase, é o lanterna do Grupo Dois, e novamente atrás do Feirense, na soma geral dos pontos. Portanto, no próximo Domingo, a dúvida reside apenas, por quanto o Esporte Clube Bahia vencerá. Se o Feirense pode aplicar 3, o Bahia pode aplicar 4

segunda-feira, 25 de março de 2013

Ingressos para Vitória x Feirense

Comentários
Dois jogos, duas vitórias, quatro gols marcados, um sofrido, seis pontos, líder do Grupo de número 2 e da classificação geral, quando considerada, apenas, a segunda fase do baiano e Domingo, o Esporte Clube Vitória terá chance de disparar na competição, para depois enfrentar o Bahia com moral elevada, no Estádio da Fonte Nova. 

Antes disso, o Leão encara o Feirense, no Estádio Manoel Barradas Carneiros, às 16h, pela terceira rodada da segunda fase das quartas-de-final do torneio da FBF. 

Para este jogo, os ingressos já estão disponíveis nos tradicionais pontos de venda da torcida do Vitória. Nas bilheterias do Estádio Barradão os ingressos estarão disponíveis somente a partir de quarta-feira.

domingo, 24 de março de 2013

Bahia de Feira perde para o Feirense

Comentários
Apático em campo, o Bahia de Feira, levou três gols do Feirense na tarde de domingo (24), e só conseguiu marcar um gol. Com isso,o Tremendão sofreu sua primeira derrota em dois jogos na segunda fase da competição. O resultado mantém o time na 4ª posição, com 1 ponto. 

Para o jogo contra o Esporte Clube Bahia, Nazareno Silva vai contar com o retorno do meia Dinda, que por conta de contusão na coxa não enfrentou o Feirense. 

O elenco se reapresenta na tarde desta segunda - feira no Centro de Treinamento Ribeirão. O presidente Tiago Souza informou, nesta segunda-feira, que o torcedor vai pagar a preço promocional apenas R$ 10 pelo valor do ingresso. A venda antecipada poderá ocorrer quarta-feira, na Estação da musica.