Vídeo: Shogun x Ovince St. Preux

Vídeo: Shogun x Ovince St. Preux
Vídeo: Shogun x Ovince St. Preux

Vídeo: Bisping x Luke Rockhold

Vídeo: Bisping x Luke Rockhold
Vídeo: Bisping x Luke Rockhold

Video: Hendricks x Robbie Lawler

Video: Hendricks x Robbie Lawler
Video: Hendricks x Robbie Lawler

Cemitério de elefantes”?

Cemitério de elefantes”?
Cemitério de elefantes”?

Seja bem-vinda minha linda!

Seja bem-vinda minha linda!
Seja bem-vinda minha linda!

PUBLICIDADE #01



segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Carlos Falcão - OctaVice, Rebaixado e sorridente


Meu facebook é uma grande brincadeira. Torcedores do Bahia e do rival fazem a festa. Quando o Tricolor vence, é festa. Quando é o de lá a vencer, só gozação. E isso sempre foi muito sadio. Afinal, se não ganhamos nada com o futebol baiano que ele sirva para nos fazer rir. 

Quando das eleições do Bahia, por exemplo, uma amiga minha, rubronegra, brincou: "#tôComBinha!" Sem pestaejar respondi: também, quem tem Falcão, Binha é do mesmo nível. 

Porém, um vídeo me chamou muito a atenção. A confraternização da diretoria do time de Canabrava.

Caso fosse um vídeo de torcedores rubronegros, faria total sentido. Afinal, a gozação entre torcidas baianas é um clássico. Mas não. Era a diretoria mais fracassada da história recente de um clube, comemorando, feliz, cantando gritos de guerra e sacanagens com o rival. Aí me veio uma pergunta à mente: tá rindo de quê?

O Sr. Carlos Falcão vem sendo preparado para ser presidente desde o outro rebaixamento, em 2010. Sei disso pois trabalhava um cidadão que o apoiava. Demorou 4 anos e ele finalmente conseguiu o cargo almejado. Porém, foi um retumbante fracasso.

Em sua gestão, como presidente, seu clube conseguiu a incrível marca de 8 VICE CAMPEONATOS, carregando o arsenal de gozações dos Tricolores.

Além de Vice Campeão do Baiano Profissional, foi Vice do Sub20, Sub18 e Sub 16, perdendo o título para o Bahia.

No Fut7, sim, isso existe, foi Vice para o Ypiranga.

No Futebol Feminino, novo Vice, dessa vez, caindo para as imbatíveis meninas de São Francisco do Conde. Até no remo, onde a supremacia canabravense era de 12 anos, Falcão conseguiu ser Vice.

Aí surgiu o ápice da sua gestão. Vice Campeão da Copa do Brasil Sub 20.

Além de sagrar-se octa-vice-campeão, o Sr. Carlos Falcão viu seu time sair da Copa do Nordeste tomando duas sonoras goleadas do Ceará. Viu também o grande J. Malucelli eliminar seu clube da Copa do Brasil. 

 Pra fechar o ano com Chave de Ouro, foi rebaixado pra série b no Campeonato Brasileiro. E se você achou que esse era o fundo do poço, estava enganado. Falcão e sua diretoria virou piada nacional, ao vestirem uma camisa "comemorativa" ao rebaixamento. Apesar de ter sido dada à diretoria por um conselheiro, e não pelo departamento de marketing do clube, a camisa virou chacota no GloboEsporte.com .

Sua gestão inovou ainda, ao levar para seu próprio estádio, uma carta de pedido de desculpas à sua torcida pelo rebaixamento. Fica a pergunta: se o presidente do clube não acreditava na fuga da série b, porque seus torcedores e jogadores deveriam acreditar? 

Enfim, a festa de Falcão é injustificável. Soou como uma hiena, comendo carniça e rindo. Talvez, também, por isso parte do Conselho do seu clube tenha ido pedir a sua renúncia.

Essa postura do presidente do 2º maior clube do Nordeste, demostra bem o que foi o seu ano. Uma lástima. Mas houve quem compartilhasse no facebook. Logo, parte dos seus torcedores, estão com Falcão...

Melhor pra gente. ( VEJA O VIDRO ABAIXO)

Zagueiro considerado violento interessa ao Vitória

Dispensado Botafogo-RJ em outubro depois de ser envolver com polêmicas com o presidente do clube carioca e eleito como o jogador mais violento do futebol brasileiro em 2013, em pesquisa feita pelo site do GLOBO e pela revista “Monet” com 343 atletas de 23 clubes das Séries A e B do Brasileirão, ( que o diga, o ex-lateral do Bahia Dodô) o zagueiro Bolívar interessa ao Vitória e pode ser novo reforço do Leão para a temporada 2014, o jogador também é cobiçado pela Chapecoense que fez proposta e aguarda resposta. 

Em sua carreira o zagueiro já defende a camisa do Internacional, onde conquistou diversos títulos, inclusive a Copa Libertadores de 2006. Antes de atuar pelo Colorado, Bolívar vestiu as camisas do Joinville, Juventude, Brasil de Pelotas e Guarani/RS.

Veja o currículo de Sérgio Soares, o novo técnico do Bahia

O ex-jogador Sérgio Soares, 47 anos, é o novo técnico do Bahia.  Veja quais o time já treinou e seus resultados mais expressivos.

Sérgio Soares foi atleta profissional durante 20 anos até decidir encerrar a carreira de jogador em 2004, no Santo André, clube pelo qual teve sua primeira experiência em uma comissão técnica. Logo em seu primeiro trabalho, foi auxiliar do baiano Péricles Chamusca e, juntos, surpreenderam o país ao conquistar a Copa do Brasil daquele ano.

Em 2005, foi efetivado como técnico do Santo André e comandou a equipe na disputa da Taça Libertadores da América, além do Campeonato Paulista (4º lugar) e da Série B.

Entre 2006 e 2007, trabalhou no Juventus-SP e no  Grêmio Barueri até retornar ao Santo André em 2008 e conquistar o título da Série A-2 do Paulista  e garantir o acesso à Série A do Brasileiro.

Comandou a Ponte Preta, o São Caetano e o Paraná em 2009.

No ano de 2010, voltou ao Santo André e chegou à final do Campeonato Paulista, rendimento que o levou ao Atlético Paranaense, onde fez uma grande campanha de recuperação e terminou a Série A em 5º lugar.

Em 2011, Soares teve sua segunda passagem pelo Barueri e depois teve sua primeira experiência fora do país, trabalhando no Cerezo Ozaka, do Japão.

Retornou ao Brasil e comandou o Avaí no Estadual de 2013. No 2º semestre, contratado pelo Ceará na 17ª rodada da Série B, quase conquistou seu segundo acesso, ficando a um ponto do 4º colocado.

Em 2014, um grande ano com a conquista do título cearense, final da Copa do Nordeste (com direito a goleada de 5 a 1 no Vitória), “campeão” do 1º turno da Série B e também chegando às  oitavas de final da Copa do Brasil, eliminando Chapecoense e Internacional, dois clubes da 1ª divisão. Após 14 meses, 88 jogos, 45 triunfos, 24 empates e 19 derrotas, decidiu pedir demissão do Ceará.

Entrevista com Sérgio Soares novo técnico do Bahia

Anunciado oficialmente como técnico do Bahia na manhã desta segunda-feira (22), o treinador Sérgio Soares concedeu entrevista ao canal TV Bahea quando falou sobre o projeto que tem para o tricolor na temporada de 2015. Sérgio Soares chega Salvador apenas com o auxiliar Denys Facincani. O restante da comissão será de funcionários que já estava no Fazendão.

Veja a entrevista

Bahia confirma Sérgio Soares como técnico para 2015

Finalmente o O Esporte Clube Bahia comunicou que Sérgio Soares é o novo técnico do Esquadrão de Aço para a temporada 2015. Em nota publicada no site oficial o presidente Marcelo Sant’Ana explica o motivo da escolha.

“Sérgio Soares tem perfil disciplinador e sabe trabalhar a base. Vem de duas boas temporadas no Ceará, com ótimo aproveitamento na Série B, título estadual, final do Nordeste. Antes, destacou-se no Santo André, passou no Atlético-PR. É um técnico que vem de bons trabalhos e está em ascensão”.

O treinador, que tem 47 anos, pegou um Ceará quase na zona de rebaixamento em agosto de 2013 e terminou a competição no 5º lugar. Na atual temporada, passou 16 rodadas seguidas na zona de acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro e deixou o clube, ao todo, com 60,2% de aproveitamento.

Junto com Sérgio, chega somente o auxiliar Denys Facincani. Charles Fabian seguirá fazendo parte da comissão técnica tricolor e terá papel fundamental, trabalhando juntamente com o novo comandante.

“Gosto que meus times trabalhem sempre com muita velocidade, muita agressividade, procurando propor o jogo, independentemente se for em casa ou na casa do adversário. A gente espera fazer isso aqui no Bahia”, disse Soares em entrevista exclusiva à TV Bahêa

domingo, 21 de dezembro de 2014

Solução para o Bahia pode estar em velho conhecido


O ano de 2014 definitivamente não foi bom para o Bahia. Mesmo com uma nova diretoria, após se livrar da "ditadura" dos Guimarães, não suportou e acabou rebaixado para Série B. Mudam-se os caranguejos, mas a lama é a mesma. Ou seja, mudou a direção, mas a filosofia e os erros permaneceram. 

Depois de insistir em vários treinadores e dirigentes, o Bahia perdeu a chance de estar numa situação boa ao não apostar no técnico que poderia ter resolvido o problema do clube, Márcio Araújo, responsável pelo acesso da Série B para o Brasileirão em 2011, com grande campanha terminando a competição em terceiro lugar.

O Bahia trabalhou com três treinadores na atual temporada. O primeiro foi Marquinhos Santos, que conquistou o Campeonato Baiano, mas não suportou as seguidas derrotas no início do Brasileiro, e foi demitido. Em seguida chegou Gílson Kleina que trabalhou boa parte do Brasileirão e também não aguentou, deixando para a solução caseira, Charles Fabian, o amargor do rebaixamento.

Mas o detalhe é que antes da chegada de Kleina, o torcedor do Bahia pedia a volta de Márcio Araújo, porém, a teimosia e incompetência de alguns diretores que pouco estavam se importando com o clube e mais preocupados em manter a vaidade, optaram por trazer Gílson Kleina.

Nas frequentes pesquisas feitas nos sites esportivos da Bahia, Márcio Araújo sempre apareceu em destaque e o preferido da galera. Além disso, metade da diretoria que sabem do trabalho desenvolvido pelo treinador no ano do acesso, em 2011, também queriam o retorno, o que acabou não acontecendo. 

Agora na Série B, o time baiano tem tudo para consertar o erro que levou a equipe ao descenso e confiar mais uma vez naquele que pode, mais uma vez, levar o Bahia para o lugar de onde nunca deveria ter saído. Infelizmente, parece que o nome de Márcio Araújo não foi sequer cogitado, até porque Sérgio Soares está praticamente acertado com o clube.

Fellipe Costa

Galícia leva goleada da Seleção de São Miguel das Matas


Um time aguerrido, marcador e surpreendente. Assim foi a partida deste domingo (21) em São Miguel das Matas, quando a Seleção Miguelense venceu o Galícia Sub 20, 3º colocado do Campeonato baiano da Categoria em 2014, por 4 x 0.

O placar começou a ser construído no primeiro tempo, com Jose marcando de pênalti aos vinte minutos. Não foram poucas as chances criadas pela equipe miguelense ainda no primeiro tempo, que não se converteram. Não foi o dia Má, que sempre deixa a sua marca.

A equipe miguelense comandada pelo Lobo Gruará, João Francisco, que começara atuando num esquema 4 x 3  3, com Hans, Jiló, Sissinho, Bau e Caique. Danilo, Robson e Artur. Jose, Kuri e Má, volta para a etapa complementar com a mesma formação.

Aos quinze minutos, numa saída equivocada da zaga Galiciana, Jose aproveita e chuta de fora da área no canto direito do jovem goleiro do Galícia que não pode corrigir o erro do companheiro. 2 x 0 para São Miguel. Danilo que voltou a atuar em alto nível sentiu câimbra e João Francisco fez logo três substituições. Saiu Jiló entrou Misso Gatinho, saiu Artur e entrou o iluminado Alisson e no lugar de Caique entrou Itamar na lateral esquerda.

Se o placar que já era de 2 x 0 já era expressivo, com a Seleção de São Miguel jogando bem, com Hans seguro no gol, Sissinho comandando a zaga ao lado de Bau e as ações do meio de campo comandadas pelo maestro Kuri e o velo e habilidoso Jose, eis que num cruzamento da direita, Alisson sobe mais que a zaga do Galícia e festeja o gol como se este tivesse sido numa final de campeonato.

Calma, ainda tinha espaço para mais um. Completo com a bola em movimento e nas cobranças de bola parada. Kuri marca o seu de falta. O goleiro ficou parado acompanhando a bola morrer no fundo da meta. Partida memorável, como há muito não se via, com postura tática funcionando e com disposição física à altura e com superioridade de criatividade e união coletiva. O s 4 x 0 diante do Galícia foram conquistados com mérito.

Marcelo Lomba acerta salários com a Ponte Preta


Além de não ter interesse na renovação de contrato de alguns jogadores cujo vínculo se encerra agora em dezembro, o Bahia não vai fazer esforço para segurar seus principais atletas para 2015. Kieza (com contrato até junho), Maxi Biancucchi, Titi e Lomba são alguns que podem deixar o clube, mesmo tendo contrato. 

O primeiro a sair deve mesmo ser Marcelo Lomba. A Ponte Preta e o representante do atleta já chegaram a um acordo quanto à parte financeira, resta agora uma resposta positiva do Bahia para concretizar a saída do jogador, que tem contrato até o fim de 2017.   

Na última sexta, a diretoria da Macaca entrou em contato com o Bahia e fez uma nova proposta. A tendência é de que o jogar assine por empréstimo de um ano, e a Ponte está esperançosa quanto ao desfecho positivo do negócio, porém reconhece que a assinatura do contrato deve ficar para o ano que vem. 

Segundo o Uram, o goleiro tem interesse em jogar em uma equipe boa e a Ponte, que conseguiu o acesso à Série A, estaria dentro desse perfil: "Ele quer jogar em um time bom e a Ponte Preta se encaixa. Mas a decisão vai ficar para 2015", afirmou.

Esporte Clube Bahia permanece sem novidades para 2015


Neste domingo (21), faz duas semanas que terminou o Campeonato Brasileiro, e até o exato momento nada de novidades no Bahia. Enquanto os clubes já se movimentam no mercado, o tricolor baiano parece que continua dormindo, parado no tempo. O novo presidente já foi eleito, tomou posse, mas ainda não anunciou os nomes do diretor de futebol e do treinador para temporada 2015.

Circulam boatos de que o técnico Sérgio Soares, ex-Ceará, será anunciado esse final de semana, algo que até o momento não aconteceu, até porque o presidente só irá anunciar o novo treinador quando acertar com o diretor de futebol, e só começará as negociações com os possíveis reforços quando o novo comandante chegar. Haja paciência!

O nome cada vez mais próximo de ser anunciado para assumir a direção de futebol do clube é o de Alexandre Faria. O profissional anunciou na tarde desta sexta-feira (19), a sua saída do América-MG, clube no qual foi o superintendente geral pelos últimos três anos.

A única certeza para 2015 é que os jogadores emprestados e com contrato até o final de 2014 não ficam no clube. Alguns atletas com vínculo também podem sair, mas só se receberem alguma proposta satisfatória. O único jogador em negociações com o tricolor é o atacante Jael.

Nas últimas semanas, o nome do goleiro Marcelo Lomba foi ventilado na Ponte Preta e Fluminense. O time carioca renovou com o Diego Cavalieri, portanto, desistiu de contratar o arqueiro tricolor. Sem propostas, Lomba deve permanecer no clube, já que possui contrato até o final de 2017.

UFC: Vídeo da luta - Lyoto Machida x CB Dollaway

FC Barueri II - Lyoto Machida, x CB Dollaway
Barueri, São Paulo – Brasil 

Sábado, 20 de dezembro de 2014
 

Veja o vídeo da luta

Real Madrid 2 x 0 San Lorenzo: Veja os gols da partida

Sem mistério ou dificuldades. Jogando hoje à tarde no Grand Stade de Marrakesh, em Marrocos, o Real Madrid, de forma tranquila, conquistou o Mundial Interclubes FIFA,  ao vencer o San Lorenzo pelo placar clássico de 2 x 0. O time espanhol confirmou o favoritismo com gols marcados por Sérgio Ramos e Baile, em uma partida em que foi soberano durante todos os 90 minutos da decisão. Com o resultado,  o Real conquistou o seu primeiro título sob a chancela da Fifa. Porém, considerando os das Copas Intercontinentais, é o quarto e, assim, o clube alcança o italiano Milan, como os maiores vencedores da competição.

Veja os gols da partida

UFC: Vídeo da luta - Renan Barão x Mitch Gagnon

UFC Barueri II - Lyoto Machida, x CB Dollaway
Barueri, São Paulo – Brasil
Sábado, 20 de dezembro de 2014

Veja o vídeo da luta

Barcelona 5 x 0 Cordoba: Veja os gols da partida

Após ter empatado com o Getafe na última jornada da Liga espanhola, o Barcelona regressou aos triunfos na competição, ao receber e golear o Córdoba por 5x0, na tarde desta sábado. Pedro, Luis Suárez, Pique e Lionel Messi (2) , marcaram os gols da partida. Com este resultado, o Barcelona mantém o segundo lugar e com mais um jogo está a 1 ponto do líder Real Madrid. Por seu lado, o Córdoba é penúltimo classificado, com 11 pontos.

Veja os gols da partida

UFC: Vídeo da luta - Erick Silva x Mike Rhodes

UFC Barueri II - Lyoto Machida, x CB Dollaway
Barueri, São Paulo – Brasil
Sábado, 20 de dezembro de 2014

Veja o vidro da luta

sábado, 20 de dezembro de 2014

Futebol Feminino: São Francisco e Vitória decidem o titulo

O campeão baiano feminino de 2014 será conhecido neste sábado, 20, por ocasião do jogo São Francisco do Conde x Vitória, às 15 horas, no Estádio Junqueira Ayres, em São Francisco do Conde. Como perdeu por 4 x 2 o jogo de ida, o rubro-negro precisa vencer para alcançar o título.

À equipe do São Francisco basta um empate ou até uma derrota por um gol de diferença para conquistar seu 14º título consecutivo: é campeão desde 2001 (1 (em 2007 o campeonato não foi realizado).

Apesar da missão complicada, o técnico Francisco Cardoso, o Quinho, acredita que as Leoas podem surpreender o favorito. Afinal, no jogo de ida – realizado no Barradão – o Vitória perdeu de 4 x 2, mas teve chances de sair de campo com um resultado pelo menos de empate, sofrendo o quarto gol nos acréscimos.

Na fase de classificação, o Vitória foi segundo colocado do Grupo 2, com quatro triunfos e duas derrotas. Nas semifinais, as Leoas avançaram com 100% de aproveitamento após dois triunfos – 2 x 0 em casa e 1 x 0 fora – sobre o Bahia.

A artilheira do Vitória é Ellen Silva, com 10 gols – o time marcou 29 no total. A artilheira do campeonato é Maria São Pedro, do São Francisco, com 13 gols.

O Vitória deve atuar com: Thaís Lobo; Amanda, Daniela, Thamires e Luciana; Jenifer (Érica), Michele (Taíres), Herika e Ellen (Amanda Ribeiro); Ilana e Fabiana.

Técnico: Quinho; Auxiliar técnica: Adriana Soares; Preparador físico: Roberval Bea; Treinador de goleiros: Ivon Nogueira; Mordomo: Jackson Nascimento; Coordenador: Aldair Oliveira.

Árbitro: Cosme Iran Sabino de Araújo, assistido por Ivânia do Nascimento Lopes e Érica Paula de Jesus da Purificação.

 

Jogo AO VIVO