UFC 173: Vídeo da luta - Renan Barão x TJ Dillashaw

UFC 173: Vídeo da luta - Renan Barão x TJ Dillashaw
Vídeo Renan Barão x TJ Dillashaw

Chris Weidman x Lyoto Machida

Chris Weidman x Lyoto Machida
Chris Weidman x Lyoto Machida

AO VIVO: Criciuma x Vitória

AO VIVO: Criciuma x Vitória
AO VIVO: Criciuma x Vitória

Perdemos a Taça. Ganhamos a Copa!

Perdemos a Taça. Ganhamos a Copa!
Ganhamos a Copa!

Vitória 0 x 1 Sport-PE: Veja os melhores momentos

Vitória 0 x 1 Sport-PE: Veja os melhores momentos
Melhores Momentos: VIT x SPT

PUBLICIDADE #01



sexta-feira, 25 de julho de 2014

Bahia x Internacional: adversário quer os três pontos

Após golear o Flamengo na última rodada, o Internacional encara o Esporte Clube Bahia pelo Campeonato Brasileiro neste final de semana pela 12ª rodada da competição. O time colorado finalizou a preparação visando ao jogo em treinamento na manhã desta sexta-feira (25/7) e viaja para Salvador com o objetivo de trazer mais três pontos na bagagem.

No ensaio derradeiro antes do confronto, além do tradicional treino recreativo que antecede as partidas, o técnico Abel Braga deu atenção especial às jogadas de bola parada. Ao final da movimentação no CT do Parque Gigante, os jogadores ainda praticaram finalizações.

Para o embate com os baianos, a base da última partida deve ser mantida, com a excessão de Aránguiz, que tem uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito. Além dele, Jorge Henrique e Valdívia, que também recuperam-se de lesão, igualmente não viajam - o embarque ocorre às 15h30. Já o meia Alex treinou normalmente durante esta semana e deve retornar à equipe.

O Internacional deve formar com a seguinte formação: Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, Alex, D'Alessandro e Alan Patrick; Rafael Moura.

Kieza é regularizado e já pode estrear pelo Bahia

Boa noticia para o torcedor do Bahia. Atacante Kieza teve seu nome publicado no BID da CBF e está regularizado. O jogador está à disposição do técnico Marquinhos Santos para atuar amanhã contra o Internacional, na Fonte Nova, às 21h, tornando-se uma boa opção para substituir Marco Aurélio que não pode atuar contra os gaúchos.  

Vitória pronto para enfrentar o Criciúma

Floripa amanheceu ensolarada e às 10 horas os jogadores rubro-negros iniciaram o último treinamento visando à partida com o Criciúma, neste sábado, às 18h30, no Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma.

No CT do Figueirense, em Palhoça, município vizinho a Florianópolis, os jogadores treinaram até por volta das 11h30. O atacante William Henrique, resfriado, ficou no Majestic Palace Hotel, na Avenida Beira Mar Norte.

Os trabalhos começaram com o preparador físico Anderson Gomes que realizou o aquecimento, enquanto o técnico Jorginho conversava com o ex-zagueiro Agnaldo, que atuou no Vitória como jogador e treinador.

Jorginho conversou também com todos os jogadores e em seguida comandou a primeira parte do trabalho. Armou dois times para uma atividade tática com a finalidade de ajustar o posicionamento defensivo e ofensivo do time.

Na segunda parte, comandou treino de bola parada – escanteio e falta – e finalizou as atividades no campo 2 do CT do clube catarinense.

A programação estabelece almoço às 13 horas e uma hora e meia depois a saída para Nova Veneza, próximo a Criciúma.

Bahia promove rodízio entre seus patrocinadores

Na partida diante do São Paulo, o Bahia entrou em campo com a Canaã Alimentos na cota máster do uniforme. Já no duelo contra o Atlético-MG, foi a vez de a TIM ocupar a principal propriedade (peito) da camisa. Por fim, no jogo ante o Corinthians, não havia nenhuma marca no espaço. Mas, afinal, o que está acontecendo? Bom, o site Maquina do Esporte, em matéria publicada neste sexta-feira explica

Na verdade, o Bahia está promovendo um rodízio entre seus próprios patrocinadores no uniforme. Recém-chegada, a Canaã Alimentos assinou contrato para estampar as omoplatas da camisa, porém só o fez diante do Atlético-MG. Contra São Paulo e Corinthians, respectivamente, foi presenteada com cota máster e mangas, propriedades mais valiosas.

Quem também se deu bem foi a TIM, que detém apenas a numeração dos atletas, mas ganhou a cota máster ante o Atlético-MG. Pior para a Netshoes, que deixou as mangas contra o Corinthians para dar lugar à Canaã Alimentos. Vale ressaltar que o Bahia não precisa colocar o e-commerce de artigos esportivos no uniforme, já que o acordo venceu há meses. Ambos, entretanto, ainda trabalham juntos na administração da loja virtual do clube de futebol baiano.

O Bahia só pode se dar ao luxo de realizar tantas modificações no uniforme pelo fato de não possuir patrocínio máster (a relação com a OAS acaba de se encerrar). O rodízio, aliás, terá continuidade apenas enquanto a equipe soteropolitana não arruma um novo parceiro principal, algo que o time tricolor pretende fazer até o fim de agosto.

Por enquanto, resta apenas saber qual será a combinação de patrocinadores no uniforme do Bahia em seu próximo compromisso, diante do Internacional, no próximo sábado (26), na Itaipava Arena Fonte Nova, em Salvador.

Venda de ingressos para Bahia x Internacional

Com o efeito suspensivo concedido ao Bahia, a partida contra o Internacional terá a presença de público na Fonte Nova. Os ingressos começarão a ser vendidos na internet, nas bilheterias e nos shoppings, a partir do meio dia desta sexta-feira(25/07), com preços a partir de R$ 15.

O sócio do Tricolor de Aço permanece com desconto de 50% e poderá adquirir seu ingresso pela internet, nas bilheterias comuns da Fonte Nova, nos pontos de venda externos( shoppings Iguatemi, Paralela, Salvador, Piedade e Lapa) e no CAS(Capemi).

É importante ressaltar que somente o sócio que estiver em dia poderá adquirir o bilhete. A identificação do sócio é feita através do CPF cadastrado no programa.

A CAS (Central de Atendimento ao Sócio) no Capemi também venderá entradas para sócios adimplentes. Em virtude da proximidade da partida, não foi possível viabilizar um guichê exclusivo para os sócios na Fonte Nova.

Os participantes do Arena Tricolor acessarão a a arena por catracas especiais, com o cartão do plano. A venda online conta com preços promocionais para o setor Leste Inferior (R$ 40), o Cadeira Especial Oeste (R$50) e o Lounge Premium (R$120). Os descontos giram em torno de 20% a e não é cobrada taxa de entrega.

O pagamento é feito através de cartão de crédito pelo sistema paypal. Não é necessário realizar troca de voucher, pois o torcedor imprime o próprio ingresso que será lido na catraca de acesso.

Série D: ECPP embarca para enfrentar o GLOBO

O Vitória da Conquista segue treinando para a partida contra o Globo no próximo Domingo no Rio Grande do Norte. O treinador Sérgio Odilon comandou treino técnico nesta quinta-feira na Toca do Bode. O ECPP segue para o Rio Grande do Norte na manhã desta sexta feira para o segundo compromisso na competição. Na estréia o alviverde empatou com o Betim de Minas Gerais em 1×1 e o Globo foi derrotado por 1×0 pelo Porto de Caruaru. Este será o primeiro confronto entre as duas equipes.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Bahia x Internacional: time gaúcho definido

O Internacional realizou nesta quinta-feira, o penúltimo treino visando a partida deste sábado, contra o Bahia na Arena Fonte Nova. No treinamento, o técnico Abel Braga tratou de confirmar Alex como titular no meio-campo e encaminhou a equipe para o duelo valido pela 12ª rodada do Brasileiro que está praticamente definida.

Aránguiz Valdívia já estavam descartados, hoje à tarde foi à vez da confirmação de Jorge Henrique. O jogador fez exames e lesão no tendão de Aquiles e não reúne condições de jogo. Ele desfalca o Internacional, não tão somente contra o Bahia, como nas próximas duas rodadas.

O provável time titular para sábado: Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; Willians e Wellington; Alan Patrick, Alex e D’Alessandro; Rafael Moura.

Meia Jorge Wagner volta para o futebol do Japão

Pretendido pelo Bahia em diversas ocasiões, o meia Jorge Wagner optou pelo Botafogo-RJ e não se firmou como titular e já está indo embora, ou melhor, voltando para o Japão. O jogador se reuniu com a diretoria do Botafogo, nesta quinta-feira, e acertou a rescisão de contrato com o clube carioca e volta atuar no Kashiwa Reysol, novamente. . Em 21 jogos disputados, ele marcou três gols. O meia de 35 anos, que tinha contrato com o Botafogo até dezembro de 2014, entrou em acordo com os dirigentes e definiu a sua saída de forma amigável.

Esse Bahia não é democrático, Sr. Valton!

Foto: Kiko Freitas / Varela Notícias

Estamos sem vencer faz 9 jogos. Num passado não tão recente, o Bahia antes que alcançasse 4 jogos consecutivos sem ganhar sofria com sua torcida juntos pela perda de um técnico amoroso e querido como Titio Fantoni. Mas, este Bahia que demitia técnicos bons temia algo pior: a desmoralização da nação tricolor que estima pertencer a um time de vencedores. Esse temor fazia com que jogadores e técnicos que aqui chegavam temessem a reação da torcida a uma sequencia de maus resultados. Não sei como esse bom passado foi esquecido pelos atuais dirigentes, talvez um pouco mais velhos que eu, sobre o temor que a torcida do Bahia impunha a qualquer jogador e técnico sem espírito de Bahia, espírito de vencedor.

Um outro dado curioso é que o tricolor jamais deixou de ouvir sua torcida nos estádios. Futebol é democracia de estádio também quando imitando as ágoras gregas fazíamos um técnico ruir e os jogadores tremerem. Nós fazíamos mesmo a diferença com técnico sem resultado! Eles, os técnicos, agradavam a torcida pesquisando qual a escalação favorita, ouviam os gritos da turma e sacava os pernas de pau do campo. Esse respeito pela torcida era um fundador da cultura do futebol brasileiro que em seu excesso de "democracismo" fazia com que o técnico de futebol agisse como um palhaço em campo. Conhecemos palhaços de prancheta e outros estilos também folclóricos.

Numa reação a esse excesso da cultura de técnicos que entram e saem do clube importaram um conceito importante de outra cultura sem sensibilidade à nossa própria cultura, que não priorizava a estabilidade para um técnico de futebol desenvolver suas ideias. Os técnicos não conseguiam permanecer no cargo por causa da pressão da torcida ou a força dos resultados, chegaram a essa conclusão apressadamente. O problema é outro! Nossos técnicos é que são ruins! Não estão a altura da nosso futebol e por isso estamos importando técnicos com conceitos e formas de treinamento novos. Essa é a realidade do futebol brasileiro.

É certo que muitas vezes funciona mudar de técnico e experimentar uma alternativa a uma campanha desastrada cujo destino era o fracasso como também nossa cultura não estava errada posto fundamentada na falta de competência de nossos técnicos de futebol. Claro que o princípio sobre o qual se sustentam técnicos por longas temporadas no futebol internacional responde a um princípio que o técnico profissional detém por causa de sua competência comprovada. No Brasil não temos isso, não podemos deixar que responsabilidade tão grande com um técnico tão jovem. Essa distância entre esse idealismo e a realidade mata nosso tricolor!

Hoje, a sensação que tenho é que a democracia no Bahia foi uma democracia comprometida com a elitização do futebol brasileiro. Transformando a democracia das arquibancadas em sócios muito parecem agir contra a história do Bahia da democracia da arquibancada que dizia em alto e bom som o que esperava de um técnico. Não adianta fingir essa elitização das arquibancadas, é uma realidade. Precisamos é procurar um meio termo entre essa ditadura do departamento de futebol do Bahia e a cultura das arquibancadas que foi expulsa do Bahia por falta de respeito a cultura do futebol baiano e do Bahia.

Criciúma consegue efeito suspensivo e recupera pontos

O Criciúma conseguiu nesta quinta-feira um efeito suspensivo e recuperar momentaneamente os pontos perdidos por conta da escalação irregular de Cristiano na derrota para o Goiás por 1 a 0, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A informação é do Diário Catarinense.

Com a recuperação dos pontos, o clube catarinense passaria a somar 14 pontos e, assim, subiria até duas posições na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. A decisão, porém, deverá ser aplicada somente nas próximas horas quando a CBF for notificada.

Bahia x Inter na Fonte Nova: tricolor terá desfalques

Depois de retornar de viagem de São Paulo, o elenco do Bahia se reapresentou na tarde desta quinta-feira para dar inicio aos treinamentos, visando o jogo de sábado, contra o Internacional. Os jogadores que atuaram mais de 45 minutos contra o Corinthians fizeram um treino regenerativo na academia e foram liberados.

Os demais atletas participaram de um coletivo no campo principal do Fazendão, contando com a participação de atletas da equipe sub-20. O time azul treinou com Douglas Pires, Roniery, Robson, Lucas Fonseca e Pará; Feijão, Rafael Miranda, Branquinho e Rafinha; Wiliam Barbio e Kieza.

O time amarelo treinou com Guido, Galhardo, Lucas(base), Rodrigo(base) e Raul; Pittoni, Railan, Rômulo(base) e Emanuel; Potita e Jeam. O coletivo foi vencido pelo time azul por 3 x 1, com gols de Branquinho(2) e Kieza. A equipe amarela descontou com Galhardo.

O zagueiro Demerson e os atacantes Henrique e Rhayner fizeram tratamento e um treino físico na academia, com o professor Vitor Gonçalves. Como Demerson está suspenso, ele terá mais tempo para se recuperar e deve ser reintegrado ao grupo na segunda-feira. Já nos casos de Henrique e Rhayner, o departamento médico e a fisioterapia estão intensificando a recuperação dos dois atacantes, mas suas participações no jogo de sábado ainda não estão confirmadas.

O goleiro Omar, o lateral Ávine e o meia Lincoln fizeram treino físico na academia, se recuperando de lesões. Para o jogo de sábado, o técnico Marquinhos Santos pode ganhar os retornos de Rhayner e Henrique, mas a volta certa é do lateral Roniery, que não pôde atuar na Copa do Brasil por já ter jogado o torneio pelo Paraná. O atacante Kieza aguarda a sua regularização, o que pode acontecer nesta sexta-feira. O meia Marcos Aurélio desfalcará a equipe, pois ele ainda tem vínculo com o Internacional.


Presidente do Bahia terá reunião com Dilma Rousseff.

O presidente Fernando Schmidt viajou nesta quinta-feira para Brasília, onde amanhã, às 11h, participará de uma reunião com a Presidente Dilma Rousseff. O encontro reunirá 12 presidentes de grandes clubes do Brasil e tem como pauta assuntos ligados ao futuro do futebol nacional e suas agremiações.

Além do Bahia, participarão do encontro os presidentes do Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Botafogo, Flamengo, Inter, Grêmio, Atlético-MG, Coritiba, Santa Cruz e Paysandu. Na última segunda-feira, a Presidente Dilma Rousseff teve uma reunião com representantes do Bom Senso F C, movimento dos atletas profissionais, que lutam por melhorias no futebol brasileiro.

Ex-jogador do Vitória deve retornar para Ponte Preta

Em meio a uma turbulência, que começou com a queda do técnico Dado Cavalcanti, a Ponte Preta encaminhou, nesta quinta-feira, a contratação do meia Renato Cajá, que deve ser anunciado até a próxima semana para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. A Ponte fez uma proposta ao Guangzhou Evergrande, da China, que teria aceitado. Ainda não há detalhes sobre valores que o meia receberia no time alvinegro.

Hoje, estima-se que ele receba algo em torno de R$ 370 mil dos chineses. Já é certo, porém, que para pagar os vencimentos a Ponte contará com ajuda de um empresário e fará uma campanha para ter a ajuda da torcida também. Isso se o negócio sair do papel, é claro.

Flu de Feira faz balanço e apresenta site

A direção do Fluminense de Feira de Santana apresentou na última terça-feira (22), um balanço das primeiras ações adotadas pela nova gestão do clube, empossada há pouco menos de dois meses.

No encontro, que contou com a presença de profissionais de imprensa, conselheiros e torcedores, na sede da Associação Comercial, o presidente Gerinaldo Costa destacou que o Departamento Jurídico do Tricolor feirense já iniciou um levantamento do passivo trabalhista.

Já o diretor de Finanças, Jayro Miranda, garantiu que na próxima semana, dirigentes do Touro do Sertão vão se reunir com prepostos da Receita Federal em Feira, para que seja rastreado o montante de débitos fiscais.

Segundo Miranda, ninguém sabe também qual é o volume de rendas retido por conta de ações trabalhistas. Não existe nenhum histórico sobre o assunto na contabilidade do Tricolor.

A direção do Fluminense entende que um dos mais importantes desafios deste começo de trabalho é ter uma noção do que o clube deve na praça, para então aprofundar o processo de organização financeira.

Gerinaldo Costa também deu ênfase as condições precárias encontradas no Centro de Treinamentos do clube, mas enfatizou que melhorias já estão sendo viabilizadas pela direção, como a reposição de portas e janelas e do painel que identifica o CT Nóide Cerqueira.

Recadastramento

Durante a reunião ampliada, Gerinaldo anunciou ainda a abertura do processo de recadastramento de sócios e conselheiros, a partir desta quarta-feira (23) e com duração de 30 dias.

O Fluminense de Feira não tem uma noção precisa de quem são os componentes do seu quadro social e também do Conselho. De acordo com a portaria 002/2014, será necessário comparecer a sede do clube, na rua Geminiano Costa ao lado do prédio da Liga Feirense de Desportos, para atualização cadastral.

Site

O encontro também marcou a apresentação do novo site do Touro do Sertão e das demais ferramentas de comunicação que serão utilizadas pela diretoria. Além da página na internet (www.fluminensedefeirafc.com.br), também será possível acompanhar o dia a dia do Flu, pelo Twitter, Facebook e Instagram.

Gestão das divisões de base

Nos próximos dias a empresa Doc Sports, responsável pela coordenação das divisões de base desde 2013, e a presidência do Fluminense devem fechar os últimos detalhes do ajuste que está sendo realizado no contrato entre as partes, e que tem vigência até 2018.

Campeonato Brasileiro Série A: Bahia vive a sua pior fase

O Esporte Clube Bahia vive um período confuso dentro de campo. O clube não vence uma partida na Série A do Campeonato Brasileiro desde a terceira rodada quando venceu o Botafogo-RJ na Arena Fonte Nova, pelo placar de 1 x 0 e de lá pra cá só foi sofrimento, para desta forma atravessar a pior fase desde que retornou à elite do futebol nacional em 2011.

O site ESPN faz um balanço das participações do clube nada animadora. O time subiu em 2010, quando terminou a segunda divisão na terceira colocação. Desde então, suas campanhas na elite nunca o levaram mais alto do que a 12ª colocação, alcançada em 2013. Na última edição do Brasileirão, inclusive, a equipe terminou com 14 derrotas em 38 rodadas. Este ano, já seis revezes em apenas 12 jornadas.

Em 2014, o campeonato começou para o Bahia com uma derrota para o atual campeão brasileiro Cruzeiro. Justificável. Depois, as vitórias sobre o Figueirense e sobre o Botafogo colocaram a equipe no G-4 e animaram o torcedor. No entanto, de lá para cá, o time comandando por Marquinhos Santos ainda não conseguiu se reencontrar com as glórias.

O empate com o Atlético-MG, conquistado no Independência na última rodada, amenizou um pouco os problemas escancarados após o revés frente ao São Paulo na décima rodada, que marcou o retorno do Brasileirão após a parada para a Copa do Mundo.

No entanto, a derrota para o Corinthians, na última quarta-feira, dessa vez em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil, deixou claros os problemas da equipe baiana em criar jogadas no meio-campo e incomodar o adversário. A preocupação do técnico Marquinhos Santos chegou até a ser em não tomar gols, ao invés de tentar marcar o primeiro.

Nestes três anos, as piores sequências sem vitória foram de seis rodadas no máximo. Assim, a equipe precisa reagir para que a enorme descente não a leve de volta à Série B do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso é no sábado, às 21 horas (de Brasília), contra o Internacional, na Fonte Nova.

 

Jogo AO VIVO