quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Ameaçado de prisão Roberto Carlos divulga nota

Comentários
Ao contrário do ex-atacante Edílson Capetinha que ficou preso por 4 dias ( e pela terceira vez) O também ex-jogador Roberto Carlos não deixou o problema fosse tão longe. Depois de ter a prisão decretada pela justiça do Rio de Janeiro por falta de pagamento de pensão alimentícia no valor em torno de 60 e poucos mil reais, a assessoria do jogador se antecipou e através de nota explicou toda situação e garantiu que o debito será regularizado num breve espaço de tempo. Anteriormente o jogo alegou dificuldades financeira de momento.

Confira a nota oficial:

Depois de Coutinho, Barcelona quer agora meia do Chelsea

Comentários
Após perder Neymar para o PSG, que pagou a multa rescisória e levou o craque da Seleção Brasileira, o Barcelona segue correndo atrás de um substituto e dois brasileiros entraram na mira. Depois de tentar de todas as formas tirar Philippe Coutinho do Liverpool, sem sucesso, agora os espanhóis focam no meia-atacante Willian, que tem contrato com o Chelsea até 2020, segundo informações da Revista francesa “France Football”. Além de entrar o ex-corintiano, o Barça ainda sonha com Coutinho e cogita uma última cartada, a bagatela de 138 milhões de libras (R$ 558,5 milhões).


TV GLOBO preocupada com o abandono do Brasileirão

Comentários
A TV GLOBO é uma emissora criticada por diversos motivos, alguns alheios ao nosso interesse que é o futebol. Nesta área sofre ressalvas pela overdose dos clubes Flamengo e Corinthians, enfim, este fato já está sacramentado e até aceitos pelos anos continuados na mesma política, Mengão e Timão. Mas não podemos negar que a emissora carioca zela por seus interesses e quando nota ou simplesmente desconfia que eles serão contrariados mete a colher, afinal de conta, no ano de 2019, vai desembolsar R$ 1,1 bilhão.

Este ano alguns clubes decidiram praticamente abandonar o Campeonato Brasileiro, torneio que já foi motivo de cobiça e orgulho depois de conquistado por muitos clubes. Um exemplo maior é o Grêmio, que mesmo na vice-liderança e com chances de reduzir a distância do Corinthians optou em colocar pela quarta vez e de forma consecutiva um time completamente reservas contra o Atlético-PR e acabou empatando em 0 x 0. O motivo: a Copa do Brasil e Libertadores.

A opção de um time B é uma decisão exclusiva técnico Renato Gaúcho isto ao arrepio próprio torcedor gremista, já que não tenho conhecimento qual a posição da direção do Grêmio. Será que Renato Gaúcho teria autonomia para tanto? Não se sabe. Ou melhor, eu não sei.

Palmeiras, Botafogo segue essa linha, ainda que o prêmio pela conquista do Brasileiro beire a casa dos 20 milhões de reais. A TV é claro, se preocupa que tais medidas venham desvalorizar seu produto em futuro próximo e já mexe os pauzinhos. 

Calendário apertado varias competições de forma simultânea e no meio do caminho, os ordinários campeonatos estaduais que ocupam datas, não atendem os interesses dos clubes e do próprio torcedor, mas que no entanto é o motivo para sobrevivência das Federações Estaduais que por sua vez, é fundamental ferramenta para eleger o presidente da CBF. Este certamente é um dos motivos.

Hoje à tarde o site o UOL trás uma boa reportagem sobre a preocupação da TV como também da Confederação Brasileira de Futebol que acusa que está ciente do problema e ameaça medidas. 

Veja

Bahia x Botafogo é o prazo limite para efetivação de Preto

Comentários
O Presidente Marcelo Pereira estabeleceu um prazo de no máximo CINCO jogos para definição quanto a permanência ou não de Preto Casagrande como técnico, prazo este que chega ao fim no domingo quando o Bahia encara o Botafogo novamente na Arena Fonte Nova, jogo decisivo para o interino que pode ser efetivado no cargo de treinador, algo que é "cobrado" pelos jogadores, porém, é preciso uma análise de mercado e principalmente avaliar "resultado x desempenho" de Preto sob comando da equipe desde que assumiu.

Nos quatro jogos em que esteve na beira do campo como treinador, venceu dois, São Paulo (2x1) e Vasco (3x0), ambos concorrentes diretos e na Fonte Nova, empatou em 1x1 com a Chapecoense na Arena Condá (com chances de vencer se não fosse a frouxidão) e tomou 4x1 do Atlético-PR na Baixada por erros defensivos grotescos. Certamente com um triunfo sobre o Botafogo, desta forma mantendo 100% de aproveitamento em casa no seu mandato, afastando o time do Z-4 e colocando próximo do G-6, o ex-jogador deve ser confirmado pela direção como treinador para a sequência da competição nacional.    

A verdade é que o time de Preto Casagrande não encanta (qual encantou?), porém é objetivo, vem crescendo e dando resultados, isso é o mais importante, acima de tudo, recuperou a hegemonia e o bom futebol atuando na Fonte Nova. Aos poucos parece desaparecer a identidade negativa deixada por Jorginho e por vezes até faz lembrar um pouco do padrão de Guto Ferreira. Desta forma a equipe vai ganhando o "rosto" do possível novo comandante, é claro, ainda é muito cedo para uma análise profunda, além do mais, espera-se uma evolução, tanto no setor defensivo quanto no ofensivo, principalmente quando atua fora de Salvador. 



Debito R$ 61 mil deve levar Roberto Carlos para prisão

Comentários
Pronto, outro capetinha, agora atuando pela lateral esquerda, mas cometendo às mesmas falhas na marcação das suas obrigações assumidas. É o caso do ex-lateral do Palmeiras e seleção brasileira, Roberto Carlos que teve a prisão decretada pelo tribunal de Justiça de São Paulo por atraso de pensão alimentícia. O valor gira na casa dos R$ 61 mil. Ele terá que cumprir três meses em regime fechado até que quite a dívida. É o que dizem importantes segmentos da imprensa esportiva do sul do Brasil.

Roberto Carlos, através da sua assessoria de imprensa, afirmou que não irá comentar sobre sua vida particular. Ele estaria sem pagar a pensão alimentícia para sua filha mexicana Rebecca há dois anos. Ainda segundo as informações, o ex-jogador da seleção tentou o parcelamento da dívida, alegando dificuldades financeiras, mas a proposta acabou não sendo aceita. Como vive no exterior, ele é aguardado no Brasil para ser encaminhado à prisão. Existe ainda uma chance de uma ordem de prisão internacional ser expedida, o que faria ele cumprir pena onde ele estiver.

Rodrigão comenta sobre a concorrência de Hernane

Comentários
O centroavante Rodrigão, que teve um início fulminante com a camisa tricolor anotando 4 gols em três jogos, hoje vive uma seca. Já são três partidas sem balançar as redes, mas nada que tire a importância dele em campo, dando muito trabalho aos defensores, fazendo muito bem o papel de pivô e contribuindo com assistência, como na partida contra o São Paulo. O jejum incomoda o atacante, mas não tira a tranquilidade, porém, logo terá a concorrência de Hernane 'Brocador'. Ciente da disputa pelo posto de "goleador", Rodrigão garante saber que terá de trabalhar mais para manter-se titular.

Veja:

Após boa estreia, Capixaba segue como titular do Bahia

Comentários
No dia em que Stiven Mendoza brilhou, foi Juninho Capixaba o mais aplaudido em campo quando substituído aos 41 minutos do segundo tempo. O jovem lateral, que ganhou uma chance no time titular, para alegria da nação tricolor que vinha descontente com os rendimentos de Armero e Matheus Reus, não precisou de muito para ganhar elogios e o carinho dos torcedores que vibravam e incentivavam à cada toque ou roubada de bola do jogador de 20 anos no jogo contra o Vasco. Contra o Botafogo, também na Arena Fonte Nova, ele deve continuar na equipe titular, e novamente impulsionado pelo torcedor que diz ser o "combustível extra dentro de campo".

Veja:

Pela lógica, apenas um integrante do Z-4 deve se salvar

Comentários
Sou tricolor e fiz uma pesquisa tratando do retrospecto geral dos integrantes do Z-4 no Campeonato Brasileiro para analisarmos as chances de rebaixamento. Considerei o Z-4 desde 2006 e utilizando como parâmetro, após o final do primeiro turno até o final do campeonato. Vejamos: Somente em QUATRO edições, a última em 2010, dos times que estavam no Z-4 na 19ª rodada, DOIS deles conseguiram escapar. Em uma edição, nenhum deles conseguiu (2012). E nos demais anos, apenas UM time conseguiu escapar.

Se for por essa lógica, podemos esperar apenas uma equipe das atuais integrantes do Z-4 se salvando (no momento: São Paulo, Vitória, Avaí e Atlético-GO). Por outro lado, vejo um equilíbrio muito grande no campeonato como há muito tempo não se via. Somente Corinthians e Grêmio conseguiram disparar. Mas, o segundo turno sempre tem mais pegada, definição, desespero e seja mais o que for. Quem no início do campeonato diria que Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras estariam com campanhas de certa forma ridículas para os altos investimentos?

Qual a solução para Bahia e Vitória? Vejamos!

Bahia pode lucrar mais R$ 9,1 milhões por Sede de Praia

Comentários
Num momento em que o Esporte Clube Bahia se prepara para tomar um empréstimo para reaver o Fazendão e a Cidade Tricolor, eis que a solução dos problemas bateu na porta. De acordo com boletim trimestral, que informa receitas e despesas, o clube pode ter um ganho à mais de R$ 9,1 milhões pela venda da Sede de Praia, localizada na Boca do Rio, devido uma medição errada de aproximadamente 4,5 mil metros quadrados do terreno que pertencia ao clube, mas ficava fora da desapropriação feita pela Prefeitura, no local que se tornou uma Praça.

O imóvel foi demolido em 2013 e transformado em uma praça. O Bahia acabou ressarcido pela gestão municipal com R$ 39 milhões em títulos imobiliários chamados de Transcons (Transferências do Direito de Construir). No entanto, a medição feita na época pela Prefeitura contabilizou uma área menor do que a estrutura realmente possuía, deixando de fora exatamente 4.350,50 metros quadrados, o que reduziu a indenização. A diretoria tricolor verificou o erro dos funcionários da Prefeitura e agora tenta negociar um acordo para receber a diferença.

O Bahia utilizou critérios semelhantes ao primeiro processo de desapropriação para chegar ao valor de R$ 9,1 milhões. O Valor Unitário Padrão (VUP), que corresponde a cada metro da região onde ficava a sede de praia, é de R$ 2.093,16. Multiplicado pela metragem do terreno não contabilizado, o clube chegou ao montante apontado no boletim trimestral.



Lateral ex-Vitória assina com clube da 2ª divisão do Japão

Comentários
O lateral-esquerdo Euller, que estava afastado no Vitória e acabou rescindindo contrato com o Leão, assinou contrato com o Avispa Fukuoka, do Japão, equipe vice-líder da Segunda Divisão do Campeonato Japonês. O jogador de 22 anos foi apresentado nesta quarta-feira e comemorou a oportunidade de jogar no futebol japonês.

“Quando recebi o convite para vestir a camisa do Avispa Fukuoka, um dos maiores clubes do futebol japonês, não pensei muito. Espero fazer um grande trabalho aqui para conquistar títulos. Estou muito feliz com essa oportunidade e espero ter uma caminhada de sucesso no Japão”, disse o jogador.


TV GLOBO preocupada com o abandono do Brasileiro

Comentários
A TV GLOBO é uma emissora criticada por diversos motivos, alguns alheios ao nosso interesse que é o futebol. Nesta área sofre ressalvas pela overdose dos clubes Flamengo e Corinthians, enfim, este fato já está sacramentado e até aceitos pelos anos continuados na mesma política, Mengão e Timão. Mas não podemos negar que a emissora carioca zela por seus interesses e quando nota ou simplesmente desconfia que eles serão contrariados mete a colher, afinal de conta, no ano de 2019, vai desembolsar R$ 1,1 bilhão.

Este ano alguns clubes decidiram praticamente abandonar o Campeonato Brasileiro, torneio que já foi motivo de cobiça e orgulho depois de conquistado por muitos clubes. Um exemplo maior é o Grêmio, que mesmo na vice-liderança e com chances de reduzir a distância do Corinthians optou em colocar pela quarta vez e de forma consecutiva um time completamente reservas contra o Atlético-PR e acabou empatando em 0 x 0. O motivo: a Copa do Brasil e Libertadores.

A opção de um time B é uma decisão exclusiva técnico Renato Gaúcho isto ao arrepio próprio torcedor gremista, já que não tenho conhecimento qual a posição da direção do Grêmio. Será que Renato Gaúcho teria autonomia para tanto? Não se sabe. Ou melhor, eu não sei.

Palmeiras, Botafogo segue essa linha, ainda que o prêmio pela conquista do Brasileiro beire a casa dos 20 milhões de reais. A TV é claro, se preocupa que tais medidas venham desvalorizar seu produto em futuro próximo e já mexe os pauzinhos. 

Calendário apertado varias competições de forma simultânea e no meio do caminho, os ordinários campeonatos estaduais que ocupam datas, não atendem os interesses dos clubes e do próprio torcedor, mas que no entanto é o motivo para sobrevivência das Federações Estaduais que por sua vez, é fundamental ferramenta para eleger o presidente da CBF. Este certamente é um dos motivos.

Hoje à tarde o site o UOL trás uma boa reportagem sobre a preocupação da TV como também da Confederação Brasileira de Futebol que acusa que está ciente do problema e ameaça medidas. 

Veja

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Outra vez pego no antidoping, Jon Jones pode perder título

Comentários
O que poderia ser um retorno triunfante ao octógono pode se tornar mais uma decepção na carreira de Jon Jones, que foi pego novamente no exame antidoping, testando positivo para Turinabol, um tipo de esteroide anabolizante. A notícia foi inicialmente publicada pelo site TMZ e confirmada por Dana White, chefão do UFC. Com isso, ele pode perder o cinturão dos meio pesados obtido no UFC 214, quando ele derrotou o então campeão, Daniel Cormier, é claro, se os testes se mantiverem positivos na contraprova.

Essa é a segunda vez que Jon Jones é flagrado no exame antidoping. Antes do UFC 200 ele também foi pego, retirado do card e levou uma punição de 1 ano. Desta vez a pena pode ser ainda mais pesada, até 4 anos. O baiano e rubro-negro Junior Cigano também acabou suspenso pelo mesmo caso, e ficou de fora da luta contra Francis Ngannou, que seria dia 9 de setembro, em Edmonton, no Canadá, pelo UFC 215, após ser notificado pela USADA (Agência Antidopagem dos Estados Unidos) por possível violação à política antidoping da entidade.



Proposta 2018: Clube só poderá trocar 2 técnicos por ano!

Comentários
A vida do técnico de futebol não é fácil. Ainda hoje publicamos aqui reclames do técnico Jorginho que recentemente treinou o Bahia que se queixou que foi mandando embora antes mesmo de conhecer o elenco tricolor. Mas também existem os casos que o treinador não suporta vê qualquer aumento nos salários que as arruma sacolas, bota os panos dentro e se pica sem qualquer cerimônia. Foi o caso de Guto Ferreira que quebrou contrato com a Chapecoense e veio para o Bahia e usando do mesmo expediente, licito, diga-se, deixou o Bahia em direção ao Internacional. Mas não se pode negar que alguns casos os técnicos são vitimas da incompetência das diretorias de futebol e acaba sendo culpado pelo fracasso do time.

No entanto, existe uma proposta elaborada pelos técnicos e entre eles Vagner Mancini hoje no Vitória que exige que um time só poderá contratar dois técnicos por ano no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. Isto a partir de 2018. O intuito é oferecer ao profissional instabilidade no emprego. No atual Campeonato, por exemplo, dos 20 clubes apenas 4 não trocaram de treinador, alguns deles, mais de uma vez, foi o caso do Bahia e Vitória. Aliás, medida que já existe com o limite de transferências de jogador entres os clubes que precisa obedecer certas regras, creio, de seis jogos.