Mostrando postagens com marcador ► Esporte Clube Vitória. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ► Esporte Clube Vitória. Mostrar todas as postagens

sábado, 29 de abril de 2017

Vitória pede punição ao Bahia; Dirigente tricolor rebate

Comentários
O clássico BA-VI continua rendendo polêmicas atrás de polêmicas, até mais que o BBB ou o programa Casos de Família, isso ainda no primeiro dérbi dos três que restam para serem disputados, um pela Copa do Nordeste e mais dois pelo Baiano. Após o vice-presidente do Bahia disparar contra a arbitragem, o gerente de futebol do Vitória, Sinval Vieira, disparou e lamentou o clima de guerra criado pelo dirigente tricolor insinuando que vem sendo prejudicado em todos os jogos entre as duas equipes. 

Depois da troca de farpas, o Esporte Clube Vitória, através da sua assessoria de comunicação e na figura do presidente Ivã de Almeida, emitiu um ofício criticando as “insinuações maldosas” contra a atuação do árbitro Caio Max Augusto Vieira e às entidades, e ainda pediu que as declarações fossem analisadas e o clube punido. Pedro Henriques, vice-presidente do Bahia, recuou dizendo não ter insinuado nada, reafirmou que o Esquadrão vem sendo rotineiramente prejudicado por arbitragem e afirmou que estão tentando intimidar.

VEJA AS TROCAS DE FARPAS

Sinval Vieira dispara contra o Bahia e acusa Jeanzinho

Comentários
Se esse primeiro BA-VI (dos quatro) já rendeu muito pano para manga com todos os ingredientes adicionados dentro e fora das quatro linhas, o próximo (que acontece neste domingo) promete ainda mais. Após a revolta e o desabafo do vice-presidente Pedro Henriques (veja) e jogadores do Bahia após a derrota em jogo tenso e polêmico, foi a vez do gerente de futebol do Vitória, Sinval Vieira, se pronunciar sobre o caso e lamentar profundamente o clima de guerra, segundo ele, criado pelos tricolores que passaram dos limites com as declarações. Sinval ainda aproveitou para acusar o goleiro Jean, que atrapalhou os profissionais de marketing rubro-negro que faziam um trabalho no intervalo dentro do gramado. 

Veja o que disse o dirigente:

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Vitória perde atacante, mas ganha reforço para o 2º BA-VI

Comentários
Ainda não há uma confirmação oficial, mas dificilmente o atacante André Lima (autor do gol que deu o triunfo ao Vitória nesta quarta por 2x1 no Barradão) terá condições de entrar em campo no 2º BA-VI da semifinal da Copa do Nordeste que acontece neste domingo, na Arena Fonte Nova. O atleta saiu de campo sentindo um desconforto no pé e seria avaliado nesta segunda para saber a gravidade da lesão, mas o departamento médico ainda não se pronunciou. Apesar do bom momento vivido pelo camisa 99, ausência não será um grande problema visto que Kieza, recuperado de lesão muscular, está à disposição do técnico Argel Fucks e voltar à titularidade no confronto decisivo diante do ex-clube. O resto do time deve ser mantido.




Azar ou falta de sorte: O que fez o Bahia perder o BAVI?

Comentários
O Bahia mais uma vez saiu de campo derrotado diante do maior rival e assim como no primeiro dérbi quando foi superior no segundo tempo (também com 10), nesta quinta, dominou no primeiro e cansou no segundo, poderia ter saído para o intervalo com um placar favorável. Azar ou falta de sorte. O que levou o tricolor a perder o jogo? Primeiro a perda do brocador Hernane por lesão (3 meses fora) e a entrada do atacante Gustavo que sequer esquentou o sangue e aos 19 minutos levou a chapa vermelha direta injustamente. Ontem, no mínimo, quatro expulsões deveriam acontecer. Willian Farias e Kanu pelo Leão (ambos com a bola parada). Gustavo e Edson pelo Esquadrão. Isso se o juiz utilizasse o mesmo critério em TODOS os lances. 

Não foi por falta de aviso, o ilustre Paulinho Fernando já havia cantado a pedra aqui no Blog (veja). Mas nem a atuação pífia da arbitragem foi capaz de estragar o espetáculo. Um jogaço, com todos ingredientes incluídos e misturados em um embate digno de um BA-VI valendo vaga numa final de Copa do Nordeste. Não retiro o mérito do Vitória, que fez um ótimo segundo tempo, foi eficiente e cirúrgico para pressionar e buscar a virada e garantir uma vantagem ainda que pequena, haja visto que poderia ter aproveitado esse um homem à mais para esticar o placar. Mas não podemos mascarar o que acontece em campo, é claro, não podendo ser utilizado como desculpa ou único motivo que levou à derrota que se sucedeu por um conjunto de fatores. Expulsão, oportunidades desperdiçadas e falhas defensivas. 

A expulsão não desestabilizou o Bahia que continuou controlando a partida e criando mais. Diga-se, quem ligou a TV depois dos 20 minutos (meu caso), não percebeu que o time estava com 10 homens em campo. Ainda assim, tomou o gol de empate em saída estabanada do goleiro Jean, que parece não ter amadurecido após aquela falha bizonha de 2015 que culminou com a perda do título para o Ceará. Até admiro seu esforço nos treinos, contudo, ontem o arqueiro provou mais uma vez que em jogo valendo se apequena, afrouxa e não passa confiança nenhuma. Assustou em TODAS saídas de bola mostrando insegurança. Uma lástima e com toda certeza o pior em campo. Enquanto para eleger o melhor não precisa nem de enquete ou debate. Todas as jogadas de ataque do Bahia passaram pelos pés de Allione, uma pena que os outros atacantes não estavam em noite inspirada igualmente o argentino. 

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Nonato: O carrasco rubro-negro que calou o Barradão

Comentários
Quando falamos de Nonato, um dos últimos ídolos genuínos que passaram pelo Fazendão e sétimo maior artilheiro da história do Bahia, com 125 gols, impossível não voltar ao baú no tempo e relembrar a final marcante da Copa do Nordeste de 2002. Naquele ano, o Esquadrão chegou à final contra o Vitória, considerado por alguns como franco favorito para levantar a taça. Só que esqueceram de combinar com o atacante Nonato, carrasco rubro-negro nas duas finais calando o estádio Manoel Barradas com dois gols no empate em 2x2 no jogo decisivo que sacramentou o bicampeonato do nordeste no estádio do rival diante de 23.120 torcedores e na véspera do aniversário de 103 anos do Leão.

Antes disso, nas semifinais, o Bahia (2º colocado na primeira fase com 27 pontos, 15 jogos, 8 triunfos, 3 empates e 4 derrotas, 36 gols pró e 21 contra, aproveitamento de 60%) na ocasião treinado pelo craque Bobô despachou o Náutico depois de empatar sem gols no Recife e vencer apertado por 1x0 em Salvador com gol de Nonato, enquanto o Vitória de Arthurzinho e dono da melhor campanha da primeira fase (35 pontos, 15 jogos, 11 vitórias, 2 empates e apenas 2 derrotas, 38 gols marcados e 14 sofridos, aproveitamento de 77.8%) eliminou o Santa Cruz, perdendo em Recife por 2x1, mas revertendo em grande estilo em Salvador, 3x0, com direito a dois de Samir. E a final?

terça-feira, 25 de abril de 2017

Vitória é absolvido pelo TJD por copo atirado no gramado

Comentários
Nesta terça-feira, o Esporte Clube Vitória foi julgado e absolvido pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA) por conta de um copo atirado por um torcedor rubro-negro no gramado da Arena Fonte Nova durante o BAVI do último dia 9 de abril pelo Baianão vencido pelo Leão por 2 a 1. O Vitória tinha sido acusado no artigo 213, inciso III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que prevê multa de até R$ 100 mil e possibilidade de perda do mando de campo justamente nas finais contra o Bahia. Nesta quinta, acontece o primeiro clássico da semifinal da Copa do Nordeste, às 19h30, no estádio Manoel Barradas. 

Vitória perto de anunciar atacante do Vitória da Conquista

Comentários
Depois de descartar o atacante Augusto, que pertence ao Campinense, o Esporte Clube Vitória se movimenta no marcado e está por detalhes para anunciar o meia-atacante Geremias Ribeiro Junior, para ficar mais fácil, popular Todinho, de 23 anos, destaque do Vitória da Conquista no Campeonato Baiano de 2017 com 4 gols anotados em 11 jogos, e que chega como uma aposta que não traz riscos devido ao baixo investimento. O jogador deve ser o primeiro reforço do Leão para disputa do Campeonato Brasileiro que começa em maio. Além disso, devem chegar outras contratações para suprir algumas carências, como a lateral-esquerda.

domingo, 23 de abril de 2017

Argel Fucks já pensa no Bahia "Não gosto de jogo pequeno"

Comentários
Com a definição dos finalistas do Campeonato Baiano e tudo dentro dos conformes, Bahia e Vitória farão quatro BAVI's decisivos, dois pela semifinal da Copa do Nordeste, e outros dois valendo o título estadual. Mas essa sequência de quatro clássicos não preocupa o técnico Argel Fucks, que após o triunfo por 5x0 elogiou o Vitória da Conquista, porém, revelou que ele e seu grupo de jogadores preferem os jogos GRANDES aos pequenos e ainda afirmou que o Leão vai se preparar ao máximo para entrar muito forte nos dérbis pelas duas competições.  

“Agora vamos nos preparar para esses jogos grandes. Sinceramente não gosto de trabalhar em jogo pequeno e meus jogadores também não. Agora teremos jogos grandes pela frente. Quatro clássicos e a gente vai estar preparado para essas partidas. Agora, não fizemos nada mais que nossa obrigação, que era estar na final do campeonato. A gente chegou. Agora a gente vai preparar todo mundo dentro de nossa maneira de preparar, dentro de nossa diretriz. O que posso dizer para vocês é que o Leão vai estar muito forte", disse.

Lateral do Vitória desencanta no dia do nascimento do filho

Comentários
A data de hoje (23/04/2017) ficará para sempre na memória do lateral-esquerdo Geferson, não só pelo primeiro gol marcado com a camisa do Vitória no triunfo por 5x0 sobre o Vitória da Conquista, neste domingo, no estádio do Barradão, que classificou o Leão para final do Baianão, mas sim por um momento ainda mais especial, o nascimento do seu filho que veio ao mundo também no dia de hoje. Após a vitória, o jogador não escondeu tamanha felicidade com o tento anotado e a chegada do herdeiro. “Sempre soube que com trabalho, dedicação, o gol ia sair. Fico feliz também pelo nascimento de meu filho. Daqui vou direto para a maternidade para ver a carinha dele”, disse o atleta.

Recreativo: Vitória goleia o ECPP e que venha o Bahia

Comentários
Exatamente como esperado e respeitando a lógica, teremos mais uma vez um BA-VI decidindo mais uma edição do Campeonato Baiano em uma projeção que poderia ser antecipada alguns anos atrás. A falta competitividade dos demais clubes por diversos motivos transformou o torneio da Federação Bahiana de Futebol em uma espécie de playoff contando com a inclusão de algumas equipes para alongar o torneio e ocupar todas as datas disponíveis até se decidir se Bahia ou Vitória será o campeão e neste momento começa de fato o Campeonato Baiano.

Ontem o Bahia sem qualquer dificuldade derrotou o Fluminense pela 2ª vez e se habitou como primeiro finalista. Hoje foi a vez do Vitória que em ritmo abaixo de treino, quase um recreativo de ingressos pagos, derrotou o Vitória da Conquista no Estádio do Barradão pelo placar de 5 x 0 e será o adversário do Bahia nas finais que estão agendadas para os dias 3 e 7 de maio, com o Leão pela melhor campanha decidindo dentro de casa e ainda contando com o benefício de jogar por dois resultados iguais sem que isto traga qualquer prejuízo para a conquista do bicampeonato e do 29º caneco estadual.

Os primeiros 45 minutos não tiveram tanta emoção, muito menos um bom futebol, no entanto, não ficou devendo no quesito bola na rede. Ainda que sem qualidade, o Conquista tentou esboçar uma pressão e apertar nos minutos iniciais, contudo, mais uma vez se mostrou um time bipolar, dentro do seu cercado até apresenta perigo, fora dele é inofensivo. O Vitória, por sua vez, mais tranquilo e sem afobação, abriu o placar aos 13 com a paciência do jovem David e aumentou aos 31 com a categoria do meia Cleiton Xavier cobrando pênalti. A situação do Bode que já era complicada, piorou com a expulsão do zagueiro Lúcio.

Com os 2x0 no placar, a superioridade numérica e consequentemente já carimbada a classificação do Leão, o segundo tempo se tornou um treino de luxo preparativo para o BA-VI de quinta (27), pelo Nordestão. Entregue em campo, os visitantes ainda presenciaram Paulinho ampliar para 3 a 0 no primeiro minuto da etapa final, e depois daí o jogo caiu na desmotivação e tédio total, ainda assim com espaço para o quarto gol de Uillian Correia e o quinto e último marcado por Geferson dando números finais ao atropelo, 5x0. Apesar dos gols, nada que se tirasse proveito e o melhor momento mesmo foi justamente quando árbitro deu como encerrado a partida que oficializa o já esperado e aguardado tradicional BAVI na decisão do Campeonato Baiano.

Destaque do Conquista pode reforçar o Vitória na Série A

Comentários
O primeiro reforço do Esporte Clube Vitória para o Campeonato Brasileiro da Série A pode vir justamente do Campeonato Baiano e mais precisamente do xará do interior. O meia-atacante Toddynho, considerado uma das revelações do Baianão 2017 vestindo a camisa do Vitória da Conquista, pode desembarcar na Toca do Leão após o encerramento do estadual, segundo informações da TV Bahia. As partes já teriam reunião marcada após o jogo que acontece neste domingo entre os dois clubes para tratar da negociação.

Geremias Ribeirão Júnior, de 23 anos, e chamado carinhosamente de Toddynho, foi revelado no Serrado-BA e acumula passagem ainda pelo Taboão da Serra-SP antes da chegada ao Bode, onde foi destaque, inclusive, no primeiro jogo da semifinal onde marcou um golaço diante do Vitória no empate por 1 a 1 no estádio Lomanto Júnior.

Vitória x ECPP: Leão escalado para jogo de vida o morte

Comentários
O Esporte Clube Vitória está preparado e escalado para o confronto de logo mais, às 16 horas, contra o Vitória da Conquista, no estádio Manoel Barradas, palco onde fantasmas costumam rondar e provocar surpresas, exemplos do Bahia de Feira em 2011 e o Colo-Colo em 2006 e 2015, e recentemente o Paraná, este não surpreendente quanto os outros, porém, também de forma inesperada. Com o empate em 1x1 no jogo de ida no estádio Lomanto Júnior, o Leão avança com um simples empate por ter a vantagem debaixo dos braços, enquanto o Bode necessita somente do triunfo para chegar em mais uma decisão e reeditar a final de 2015 quando foi vice do Bahia.

Veja o time que entra em campo:

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Sinval não esconde frustração com eliminação do Vitória

Comentários
Após a eliminação do Vitória na Copa do Brasil, competição tratada como meta principal, o gerente de futebol Sinval Vieira concedeu entrevista onde avaliou a participação do time e assim como Argel, disse ter ficado satisfeito com a atuação da equipe, porém decepcionado e frustrado com resultado que culminou na desclassificação. O dirigente, no entanto, destacou o trabalho que vem fazendo a nova direção em busca de montar um grande time e que, apesar do revés, bola para frente, a vida continua e o Leão agora tem que focar no Campeonato Baiano e na Copa do Nordeste. 

Veja:

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Argel elogia "grande atuação" e diz ter orgulho do Vitória

Comentários
Assim como após o empate diante do Vitória da Conquista no domingo pelo Baianão, o técnico Argel Fucks voltou a destacar e reclamar do desgaste físico devido ao excesso de jogos da sua equipe que acredita ter sido determinante para a eliminação do Leão nesta quarta-feira em partida que terminou no empate sem gols contra o Paraná na Vila Capanema, destacou ainda que o Rubro-Negro e o Sport-PE foram os clubes que mais atuaram na temporada. Apesar de não ter feito nem um golzinho sequer, o treinador se mostrou triste com a eliminação, porém, satisfeito e confiante com a "grande atuação" (para ele) do time e muito orgulhoso da sua equipe. “Fizemos uma grande partida, de encher os olhos, e estou muito orgulhoso de minha equipe. Só uma equipe jogou hoje", disse.

Veja a entrevista completa:

Acabou o sonho! Vitória eliminado e Sinval Veira frustrado

Comentários
Para abrir o texto, facilito qualquer discussão ou debate afirmando que sim, o Paraná mereceu a vaga. Foi mais inteligente e soube se portar nos 180 minutos. Estrategista e eficaz em Salvador, construindo um resultado muito confortável, tão confortável que só teve o trabalho de administrar em Curitiba, sem a necessidade de balançar as redes, afinal, o Vitória, que precisava de no mínimo dois e sequer fez um, ainda não mostrou em 2017 a valentia e astúcia de quem fosse capaz de vencer fora de casa com autoridade um time que não é excelente, longe disso, contudo, é bem montado, organizado e consistente, principalmente quando atua na sua residência, onde também despachou outro baiano da Copa do Brasil, o Esporte Clube Bahia. 

O que aconteceu nesta noite não foi uma surpresa, seria se o Vitória conseguisse reverter o resultado do jogo de ida, como foi surpreendente e inesperado o triunfo do Paraná no estádio Manoel Barradas. O Leão não foi eliminado esta noite no estádio Vila Capanema, e sim lá em Salvador dentro do seu Santuário quando foi superior, criou mais oportunidades, mas não teve a eficiência dos paranaenses que mataram a partida em dois contra-ataques mortais e saíram da Capital Baiana praticamente com a classificação na bagagem. Porém, somente nesta quarta foi oficializada e decretada a classificação do Paraná Club, para tristeza do ilustre VovôMundico e ainda mais do gerente de futebol Sinval Vieira, que teve seu sonho frustrado inesperadamente por um time de Série B após eliminar de forma aguerrida um time de Série A.

Recapitulando as palavras de Sinval ainda em janeiro deste ano: “Gosto de Campeonato Baiano e gosto de ganhar. Agora, Copa do Brasil, isso é um pensamento meu, é um caminho para galgar coisas no futuro. A Copa do Brasil é estratégica para mim. Uma coisa que podemos galgar com menos dificuldade que no Brasileiro. Vou dar importância para a Copa do Brasil. Não quero dizer que uma tem maior relevância que a outra. Mas a Copa do Brasil está na minha cabeça”, sonhou. Mas está perdoado, afinal, pior fez o ex-presidente Raimundo Viana que cravou o Leão na Libertadores em 2016 e quase foi rebaixado.

O sinou bateu, o sonho acabou e a Copa do Brasil não está mais na cabeça de Sinval e já faz parte do passado para o time de Argel que vinha atropelando tudo igual um trem desgovernado, mas saiu dos trilhos e, há três jogos sem vencer, tentará retornar aos trilhos e fazer as pazes com os triunfos no domingo ao lado do seu torcedor. O foco muda novamente e agora se vira para o Campeonato Baiano onde tem um jogo não tão complicado, mas ainda indefinido (após o empate em 1x1 no Lomanto Júnior) diante do Vitória da Conquista, no Barradão, valendo vaga na final do estadual, isso com a cabeça certamente no Bahia, adversário do dia 27 (quinta) pelo primeiro duelo da semifinal da Copa do Nordeste, também no estádio Manoel Barradas. Semana decisiva. Haja coração!   

Paraná x Vitória: Incomum e difícil, mas não impossível

Comentários
O Esporte Clube Vitória entra em campo nesta quarta-feira, às 19h30, na Vila Capanema, para tentar impedir o soar dos sinos, como diria Argel Fucks, e manter-se vivo na Copa do Brasil, desejo maior do clube, segundo o gerente de futebol Sinval Vieira. Para atingir essa meta, terá que fazer o que nenhum clube conseguiu fazer (ainda) na temporada 2017. Marcar dois ou mais gols no Paraná Club dentro do seu Santuário. Os paranaenses só perderam três jogos no ano, em nenhuma delas tomou dois gols, além do mais, no mesmo palco do duelo desta noite, atuou 11 vezes e só tomou um único e misero gol. No jogo de ida, surpreenderam o Leão ao aplicar 2x0 dentro do Manoel Barradas.

Como destacou o mestre Dalmo Carrera, a situação do Leão é complexa, complicada, incomum e difícil, no entanto, não trato como impossível, tampouco impensável, afinal, o futebol nunca foi sinônimo de imprevisibilidade e o Paraná não é esse bicho papão todo que aparenta ser, porém, para que deixe Curitiba com a classificação nas mãos, terá que fazer o que só conseguiu duas vezes na temporada atual quando atuando longe de Salvador: vencer por dois ou mais gols de diferença. Fato que só ocorreu diante dos tímidos Jacobina (4x1) e Luziânia (2x0), este último pela primeira fase da Copa do Brasil. 

DO QUE PRECISA O LEÃO:
Sabendo que o Paraná tem a vantagem do empate e de qualquer tipo de derrota por um gol de diferença, para o Vitória só serve triunfos por dois gols de diferença (marcando três ou mais, exemplo: 3x1, 4x2, 5x3, etc..) ou também de três ou mais de diferença para avançar sem precisar passar pela tensão das cobranças de pênaltis se apegando ao critério de desempate "gol marcado fora de casa", ciente de que repetindo o placar de ida (2x0), a decisão será na marca da cal. 

terça-feira, 18 de abril de 2017

Meia do ECPP confiante na classificação sobre o Vitória

Comentários
O Vitória da Conquista foi superior nos 90 minutos e estava com a vantagem nas mãos até os últimos segundos na partida de domingo no estádio Lomanto Júnior, mas o gol no apagar das luzes marcado por André Lima jogou água no chopp conquistense, porém, não tirou a motivação e a confiança do Bode para o confronto de volta no estádio Manoel Barradas, domingo, às 16 horas. Segundo o meia Dinda, o ECPP se mantém esperançoso de conseguir a classificação no jogo da vida. Para isso, terá que vencer o Leão dentro do Barradão por qualquer placar. O empate dá a vaga ao Rubro-Negro.    

“Fizemos uma bela partida aqui no domingo, na qual jogamos melhor que no Vitória, mas, infelizmente, no último minuto aconteceu o empate. É claro que, com a ótima partida que fizemos aqui, nos deixa muito confiante. Também, esse é o jogo das nossas vidas. Sabemos que o nosso time tem chance de ir no Barradão e fazer outra ótima partida e sair com a vitória, até porque agora só nos resta a vitória para ir pra final”, disse Dinda.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Kieza pode voltar e reforçar o Vitória contra o Paraná

Comentários
Desfalque bastante sentido nas duas últimas partidas do Vitória, contra Paraná (0x2) e Vitória da Conquista (1x1), o atacante Kieza tem grande chance de retornar aos gramados no jogo decisivo e importantíssimo novamente diante do Paraná, agora pelo duelo de volta da Copa do Brasil, quarta-feira, em Curitiba. K-9 está fora dos gramados desde o clássico BAVI do último domingo (9) quando sofreu uma lesão durante o aquecimento. Após o empate arrancado nos minutos finais diante do Bode em Conquista, o técnico Argel Fucks citou e lamentou os desfalques de Kieza e Zé Welison, dois titulares absolutos da equipe rubro-negra.

Vitória não aproveitará atletas que voltam de empréstimo

Comentários
O Vitória, através do assessor do departamento de futebol, Jorginho Sampaio, informou que os quatro atletas que retornam do período de empréstimo não fazem parte dos planos do treinador Argel Fucks e ficarão treinando separadamente até acharem uma nova agremiação, no entanto, se houver a necessidade num futuro, poderão ser utilizados no time principal.

Os jogadores são o goleiro Gustavo, o lateral-direito Alef e o volante Borges, que disputaram o Campeonato Baiano pelo Atlântico, além do lateral Guilherme que estava no Democrata-MG. Em contrapartida, o volante Flávio, teve o contrato de empréstimo com a Ferroviária encerrado e foi integrado ao elenco principal para suprir a perda de José Welison.

“Esses [quatro] jogadores treinarão separadamente. Eles poderão ser emprestados novamente ou até serem aproveitados futuramente, mas a princípio treinarão separadamente”, disse Jorginho Sampaio.

domingo, 16 de abril de 2017

Argel isenta atletas e culpa gramado "Igual areia movediça"

Comentários
Após a decepção no meio de semana diante do Paraná dentro do seu santuário, o Barradão, pela Copa do Brasil, o Vitória voltou a fazer uma partida abaixo do esperado e neste domingo, apesar da superioridade do adversário que poderia ter vencido e com folga, o Leão conseguiu um empate no apagar das luzes diante do Vitória da Conquista, por 1x1. No entanto, mesmo com a atuação apagada do time rubro-negro, o técnico Argel Fucks isentou seus jogadores e colocou a culpa no gramado do estádio Lomanto Júnior que, segundo ele próprio é "fofo, pesado, muito irregular e areia movediça", além do desgaste devido a sequência de jogos que, para o comandante, influenciou no rendimento ruim da equipe.

Veja o que disse Argel: