Mostrando postagens com marcador ► Esporte Clube Bahia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ► Esporte Clube Bahia. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Azar ou falta de sorte: O que fez o Bahia perder o BAVI?

Comentários
O Bahia mais uma vez saiu de campo derrotado diante do maior rival e assim como no primeiro dérbi quando foi superior no segundo tempo (também com 10), nesta quinta, dominou no primeiro e cansou no segundo, poderia ter saído para o intervalo com um placar favorável. Azar ou falta de sorte. O que levou o tricolor a perder o jogo? Primeiro a perda do brocador Hernane por lesão (3 meses fora) e a entrada do atacante Gustavo que sequer esquentou o sangue e aos 19 minutos levou a chapa vermelha direta injustamente. Ontem, no mínimo, quatro expulsões deveriam acontecer. Willian Farias e Kanu pelo Leão (ambos com a bola parada). Gustavo e Edson pelo Esquadrão. Isso se o juiz utilizasse o mesmo critério em TODOS os lances. 

Não foi por falta de aviso, o ilustre Paulinho Fernando já havia cantado a pedra aqui no Blog (veja). Mas nem a atuação pífia da arbitragem foi capaz de estragar o espetáculo. Um jogaço, com todos ingredientes incluídos e misturados em um embate digno de um BA-VI valendo vaga numa final de Copa do Nordeste. Não retiro o mérito do Vitória, que fez um ótimo segundo tempo, foi eficiente e cirúrgico para pressionar e buscar a virada e garantir uma vantagem ainda que pequena, haja visto que poderia ter aproveitado esse um homem à mais para esticar o placar. Mas não podemos mascarar o que acontece em campo, é claro, não podendo ser utilizado como desculpa ou único motivo que levou à derrota que se sucedeu por um conjunto de fatores. Expulsão, oportunidades desperdiçadas e falhas defensivas. 

A expulsão não desestabilizou o Bahia que continuou controlando a partida e criando mais. Diga-se, quem ligou a TV depois dos 20 minutos (meu caso), não percebeu que o time estava com 10 homens em campo. Ainda assim, tomou o gol de empate em saída estabanada do goleiro Jean, que parece não ter amadurecido após aquela falha bizonha de 2015 que culminou com a perda do título para o Ceará. Até admiro seu esforço nos treinos, contudo, ontem o arqueiro provou mais uma vez que em jogo valendo se apequena, afrouxa e não passa confiança nenhuma. Assustou em TODAS saídas de bola mostrando insegurança. Uma lástima e com toda certeza o pior em campo. Enquanto para eleger o melhor não precisa nem de enquete ou debate. Todas as jogadas de ataque do Bahia passaram pelos pés de Allione, uma pena que os outros atacantes não estavam em noite inspirada igualmente o argentino. 

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Nonato: O carrasco rubro-negro que calou o Barradão

Comentários
Quando falamos de Nonato, um dos últimos ídolos genuínos que passaram pelo Fazendão e sétimo maior artilheiro da história do Bahia, com 125 gols, impossível não voltar ao baú no tempo e relembrar a final marcante da Copa do Nordeste de 2002. Naquele ano, o Esquadrão chegou à final contra o Vitória, considerado por alguns como franco favorito para levantar a taça. Só que esqueceram de combinar com o atacante Nonato, carrasco rubro-negro nas duas finais calando o estádio Manoel Barradas com dois gols no empate em 2x2 no jogo decisivo que sacramentou o bicampeonato do nordeste no estádio do rival diante de 23.120 torcedores e na véspera do aniversário de 103 anos do Leão.

Antes disso, nas semifinais, o Bahia (2º colocado na primeira fase com 27 pontos, 15 jogos, 8 triunfos, 3 empates e 4 derrotas, 36 gols pró e 21 contra, aproveitamento de 60%) na ocasião treinado pelo craque Bobô despachou o Náutico depois de empatar sem gols no Recife e vencer apertado por 1x0 em Salvador com gol de Nonato, enquanto o Vitória de Arthurzinho e dono da melhor campanha da primeira fase (35 pontos, 15 jogos, 11 vitórias, 2 empates e apenas 2 derrotas, 38 gols marcados e 14 sofridos, aproveitamento de 77.8%) eliminou o Santa Cruz, perdendo em Recife por 2x1, mas revertendo em grande estilo em Salvador, 3x0, com direito a dois de Samir. E a final?

terça-feira, 25 de abril de 2017

Torcida Única: Bahia emite comunicado à nação tricolor

Comentários
O Esporte Clube Bahia, através da assessoria de comunicação, emitiu um comunicado na noite desta terça-feira à nação tricolor onde informa ter recebido um ofício da Diretoria de Competições da CBF ordenando que os Ba-Vis sejam realizados com torcida única após recomendação do Ministério Público do Estado da Bahia. A diretoria tricolor reitera ser contra torcida única, no entanto, alega que cumprirá a determinação, em prejuízo de possíveis medidas cabíveis junto aos órgãos competentes, com objetivo de mudar esse cenário, conforme entendimento já exposto.

Veja o comunicado:

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Zagueiro do Bahia pode ficar de fora das finais do Baianão

Comentários
O técnico Guto Ferreira pode perder uma peça importantíssima do setor defensivo para as finais do Campeonato Baiano diante do Vitória, dias 3 e 7 de maio. Trata-se do zagueiro Tiago que será julgado nesta terça, às 18h30, no TJD da Bahia por conta da expulsão no primeiro BAVI do ano em lance com André Lima, na Arena Fonte Nova. Enquadrado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), prática de agressão física, o defensor pode ser penalizado com até seis partidas de suspensão, porém, caso seja punido com apenas uma, fica livre para atuar nos dois dérbis da final, já que cumpriu diante do Fluminense de Feira. Na súmula, Jailson Macedo relatou que o beque foi expulso por ter "atingido o adversário com o braço de forma deliberada no rosto".

sábado, 22 de abril de 2017

Copa NE: Meia e Atacante do Bahia disputam a artilharia

Comentários
Restando apenas quatro rodadas (8 jogos) para o encerramento da Copa do Nordeste, com Bahia, Vitória, Sport-PE e Santa Cruz inseridos na luta pelo título, outra disputa individual deve acirrar ainda mais o torneio regional até os últimos instantes, a briga pelo posto de artilheiro da competição. Por enquanto, aparecem na ponta empatados e isolados dois jogadores do Esquadrão. O 'brocador' Hernane e o meia Régis, cada um com 5 gols anotados. 

No entanto, ambos terão outros concorrentes para desbancar. O atacante Kieza, do Vitória, com 4 gols marcados, mesma quantidade de gols do atacante Rogério, do Sport, que ainda tem o meia destaque do time Diego Souza como possível concorrente, além de André, com 3 gols cada. Do Santa Cruz, a esperança de bola na rede sai dos pés do centroavante Halef Pitbull, que também já balançou as redes 3 vezes, todos anotados em uma única partida.

Vale lembrar que em 2016 o atacante Rodrigão, do Campinense levou o prêmio de artilheiro do Nordestão, com 9 gols. E agora, quem será o goleador do torneio em 2017? Façam suas apostas.

Guto Ferreira se retrata e pede desculpa a torcida do Bahia

Comentários
Após chamar alguns torcedores que "cornetam" seu trabalho de "imbecis" (veja), o técnico Guto Ferreira aproveitou a entrevista coletiva nesta sexta-feira para se retratar e pedir desculpas pela ofensa, porém, destacou que não foi direcionada a torcida do Bahia em geral e sim a alguns torcedores isolados que "não vão para o campo torcer, mas para criar um ambiente de desconforto ofendendo moralmente o treinador". O treinador frisou ainda que "nos últimos dez anos aqui, talvez tenha sido o primeiro que não estourou, mas a gente é ser humano também, e tem momentos que não dá" e finalizou afirmando "não tenho nada contra o torcedor do Bahia. Tenho contra aquelas pessoas que vão para o estádio para ofender quem está trabalhando e tentando fazer o melhor pelo clube".

Apesar de não ter mostrado arrependimento em momento algum da entrevista onde alegou que até se controlou bastante, Guto fez o pedido de desculpa: "Peço desculpas pela situação, uma situação que eu não gostaria de ter vivenciado, de ter falado, mas aconteceu."

VEJA O ESCLARECIMENTO COMPLETO:

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Volante do Bahia exalta treinador e discorda de retranca

Comentários
Apesar dos 42 gols marcados em 21 jogos na temporada 2017, muitos torcedores "condenam" a criticam a fama de Guto Ferreira de ser retranqueiro, utilizando como prova do crime a postura do time em campo e as substituições feitas durante as partidas. Além das estatísticas positivas do setor de ataque, a defesa continua impecável e a melhor entre os clubes que disputam a Série A, com apenas 8 gols sofridos. Números que para Renê Junior provam o contrário. Segundo o volante, não existe retranca e as estatísticas são reflexo do que os setores de defesa e ataque vem produzindo. Ainda aproveitou para paparicar Gordiola, dizendo ser um técnico inteligente e experiente. 

Veja:

Hernane no meio de fogo cruzado entre árabes e brasileiros

Comentários
Mais uma "novela" perpetua nos tribunais da bola, tendo como personagem principal o atacante Hernane, do Esporte Clube Bahia, metido no meio de um fogo cruzado entre três clubes. Al Nassr, Sport-PE e Flamengo. Os árabes, que deram o chamado calote nos cariocas quando contrataram o "Brocador" em 2014 por cerca de R$ 16 milhões e não pagaram, agora cobram dos pernambucanos uma multa rescisória do atacante, avaliada em 10 milhões de euros (R$ 34 milhões), pela contratação do jogador em 2015. 

Hernane abriu um processo milionário contra o Al Nasser cobrando salários atrasados e vencimentos, a ação já estava perto de ser julgada, na Suíça, mas a diretoria do clube árabe resolveu lançar mão de um artifício dentro do estatuto da FIFA para atrasar a decisão favorável ao Brocador, onde diz que: após a entidade máxima autorizar a rescisão de um jogador com um clube e, posteriormente, esta equipe for vencedora no litígio judicial que ficou em aberto, o seu novo empregador se encarrega de pagar a multa rescisória para o antigo clube. 

terça-feira, 18 de abril de 2017

Zagueiro e volante ainda são dúvidas no Bahia contra o Flu

Comentários
Após a folga de segunda, o elenco do Esporte Clube Bahia voltou ao batente nesta terça quando deu início a preparação visando o jogo de volta da semifinal do Campeonato Baiano, sábado, 16 horas, contra o Fluminense de Feira. Os jogadores que atuaram por mais de 45 minutos no último jogo, fizeram um treino regenerativo na fisioterapia e uma atividade física leve no gramado. O restante do grupo participaram de um trabalho de condicionamento físico além de treino com bola.

DÚVIDAS
O volante Edson, desfalque nas últimas partidas devido dores no calcanhar, continuou o tratamento no departamento médico e ainda não tem condições de jogo, assim como o zagueiro Jackson, com dores no joelho, que realizou exercícios na sala de musculação. Ambos são dúvidas para a partida deste sábado. O mais provável é que retornem no BAVI do dia 27 de abril pela Copa do Nordeste. Outro que ficou se tratando no DM foi o lateral-direito Wellington Silva, na fisioterapia, após retornar do Rio de Janeiro.

Bahia tem que se preocupar com o Flu e esquecer o Vitória

Comentários
Praticamente garantido na final do Campeonato Baiano, o Bahia não quer saber de salto alto ou acomodação com a vantagem de 3x0 que foi construída diante do Fluminense de Feira, tampouco pensar antecipadamente no Vitória, provável adversário na final do estadual, é claro, se passar pelo Vitória da Conquista, e também do dia 27 deste mês pela Copa do Nordeste. Para Renê Júnior, autor de um dos três gols contra o Flu, acredita que ainda não é a hora de pensar no rival e que o time tem de se preocupar com o Touro do Sertão, afinal, nada está definido ainda. O volante destacou ainda que o grupo é maduro e está se preparando para fazer diferente no próximo BAVI. 

Veja:

Lateral do Flu de Feira acredita no milagre diante do Bahia

Comentários
Ainda que esteja com um pé e meio na final do Campeonato Baiano após vencer o primeiro duelo contra o Fluminense de Feira por 3 a 0 e podendo avançar mesmo sofrendo a derrota pela mesma diferença de gols, o Bahia ainda tem mais 90 minutos pela frente para oficializar a classificação que já está encaminhada. No entanto, para o lateral-esquerdo do Flu, Deca, apesar das dificuldades, o milagre é possível e os jogadores estão cientes do que devem fazer na partida de volta que acontece no sábado, na Arena Fonte Nova.

“Estamos feridos devido a essa derrota, mas cientes do que podemos fazer na próxima partida. Sabemos que temos que melhorar muito em todos os aspectos, já que não conseguimos criar diante do Bahia. Agora, cabe a nós trabalhar esses dias que restam e tentar um milagre lá e, quem sabe, se Deus abençoar, dar a volta por cima. Fazer um gol no Bahia é difícil, imagine quatro” disse.

Volante campeão baiano no Bahia jogará no Boa Esporte

Comentários
O volante Diones, bicampeão baiano por Bahia de Feira e Esporte Clube Bahia, em 2011 e 2012, respectivamente, tem nova casa. O Boa Esporte, de Minas Gerais, que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro, é o novo clube do jogador que estava atuando no Ceará, onde estava na reserva e rescindiu contrato. Diones já vestiu as camisas de Joinville, Chapecoense e Sampaio Corrêa, porém, o ápice de sua carreira foi no futebol baiano onde conquistou dois títulos estaduais consecutivos e em 2012 marcando gol do título do Bahia na final contra o Vitória, 3 a 2, no estádio de Pituaçu.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Técnico do Bahia chama alguns torcedores de IMBECIS

Comentários
Apesar do triunfo sobre o Flu de Feira por 3 a 0, parte da torcida criticou o sempre contestado Guto Ferreira que, diga-se, nunca se tratou de uma unanimidade desde a Série B de 2016. No entanto, no domingo, após o resultado positivo que praticamente selou a classificação do Bahia para final do Baianão, o treinador "soltou os cachorros" em cima de alguns torcedores isolados, os chamados de corneteiros, e desabafou chegando a chamá-los de IMBECIS. "Tem uns imbecis que ficam atrás do banco de reservas aqui, na Arena, em Pituaçu, nos campos do interior... Eles acham que sabem alguma coisa, né?". disse. 

Veja a entrevista completa:

Bahia busca empréstimo para resolver situação dos CT's

Comentários
Correndo contra o tempo para resolver o imbróglio sobre os CT's do Fazendão e a Cidade Tricolor, a diretoria do Esporte Clube Bahia deve fazer um empréstimo para fazer o pagamento a construtora OAS e a financeira Planner, no valor total de R$ 7,2 milhões, acordado no mês de março. O único empecilho pode ser o Conselho Deliberativo, que tem analisar e aprovar a operação. Nesta terça, o grupo de conselheiros irá se reunir para aprovar ou não o empréstimo que é essencial e a única forma de não perder o acordo firmado com as empresas.

O vice-presidente do clube, Pedro Henriques, falou sobre o empréstimo e explicou o que deve ser feito. Veja:

Volante revelado pelo Bahia é destaque no Mineiro

Comentários
O Garoto vem crescendo a cada partida no campeonato mineiro pelo America MG, Gustavo Blanco vem sendo o destaque do Coelho na temporada. Revelado pelo Bahia, o volante foi emprestado no inicio da temporada ao time mineiro e provavelmente vem se valorizando no mercado. No final de semana foi o destaque do América no clássico contra o Cruzeiro e por pouco não fez o gol da vitoria no finalzinho da partida. O jogador foi eleito pela equipe do globo esporte o melhor jogador do America em campo.

Confiram a nota:

domingo, 16 de abril de 2017

Flu de Feira x Bahia: Tricolores em busca da reabilitação

Comentários
Neste domingo começa as decisões do Campeonato Baiano para o Esporte Clube Bahia, que já esgotou suas fichas de erros, errou quando tinha de errar e agora não é permitido mais vacilos se quiser ir em busca do seu 47º título estadual. O primeiro desafio é em Feira de Santana, diante do Fluminense, às 18h30, no estádio Joia da Princesa. Ambas as equipes buscam a reabilitação na competição após as derrotas para o mesmo adversário, o Esporte Clube Vitória, que aplicou 6x0 no Flu e 2x1 no primeiro BAVI de 2017.

Diga-se, quando foi realmente testado neste primeiro semestre, o Bahia fracassou, contra Paraná e Vitória. Não sei se podemos tratar este jogo contra o Flu de Feira como um verdadeiro teste, apesar de ser decisivo e valendo vaga na final, diria que é o primeiro passo para a recuperação e uma preparação para a decisão final contra o Vitória que deve passar sem maiores problemas pelo xará de Conquista.    

Bahia e Fluminense tiveram a chance de medir forças em fevereiro, quando empataram em 1 a 1, também pelo Campeonato Baiano, porém, com o Esquadrão utilizando seu time reserva. Desta vez, no entanto, o cenário é diferente. O time de Guto Ferreira vai com força máxima, com que dispõe de melhor dentro do elenco, é claro, excluindo as ausências que são muitas e sentidas, afinal, perdemos nosso maior trunfo: o setor defensivo, totalmente desconfigurado. Jean (deve ser banco), Edson (machucado), Jackson (machucado) e Tiago (suspenso).

FICHA TÉCNICA:

sábado, 15 de abril de 2017

Bahia de 1988 foi campeão brasileiro sem receber salário

Comentários
Raimundo Nonato Tavares da Silva, ou simplesmente Bobô, autor dos dois gols sobre o Internacional na final do Campeonato Brasileiro de 1988 conquistado pelo Esquadrão (2x1 em Salvador, e 0x0 em Porto Alegre), além de mais três títulos baianos e um título da Copa do Nordeste em 2002 (como treinador), fatos que elevaram o craque ao posto de um dos maiores ídolos do Esporte Clube Bahia, incontestavelmenteO ex-jogador e treinador, e atual deputado estadual, concedeu entrevista ao canal BAR FC, onde contou detalhes da conquista de 88, os momentos emocionantes antes e depois do bicampeonato brasileiro, e ainda revelou que na época os jogadores estavam com dois meses de salários atrasados e sobreviviam com o pagamento de bichos após os triunfos.

"Meu Deus do céu, a gente ganhou mundo com aquele trabalho que era feito. Não tínhamos nem sequer treinador de goleiros, que era o preparador físico, depois o Evaristo assumiu. Ganhamos pela garra, pela torcida, pela direção do clube. E ganhamos o título com dois meses de salário atrasado, vivíamos do bicho que era pago. Tinha até calculadora no banco de reservas. E o bicho era pago no vestiário. Hoje temos um grupo de whatsapp, em que a gente se fala. São memórias boas que hoje estão na história do clube", contou.

Veja a entrevista completa:

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Sem descanso, Bahia treina no feriado e Guto define time

Comentários
Sem descanso em pleno feriado de Semana Santana, o Esporte Clube Bahia seguiu com a preparação visando o confronto deste domingo contra o Fluminense de Feira, no estádio Joia Princesa, no que será o primeiro duelo da semifinal do Campeonato Baiano. No campo principal do Fazendão, enquanto Jackson corria em torno do gramado, os jogadores realizaram uma atividade tática, onde o técnico Guto Ferreira repetiu a escalação dos últimos treinos e praticamente confirmou a equipe titular para encarar o Touro do Sertão. O atacante João Paulo e o volante Edson fizeram apenas tratamento na fisioterapia

O provável time que iniciará o jogo é o seguinte:

Bahia com defesa desconfigurada diante do Flu de Feira

Comentários
O técnico Guto Ferreira terá sérios problemas para armar o time do Bahia que encara o Fluminense de Feira neste domingo, às 18h30, no Joia da Princesa. Com baixas importantes, casos do goleiro Jeanzinho e do volante Edson além da dupla de zaga titular, formada por Jackson e Tiago, o Tricolor Baiano deve ter muitas mudanças para o primeiro jogo da semifinal do Campeonato Baiano onde reencontra o Touro do Sertão após o empate em 1x1 na primeira fase no mesmo palco do duelo deste domingo. 

O arqueiro voltou aos treinos após quase um mês de fora por conta de uma virose misteriosa que o fez ficar internado e perder muito peso, mas segue fora de combate, enquanto o cão de guarda Edson e o zagueiro Jackson, com inflamação no calcanhar e o outro no joelho, respectivamente, seguem em tratamento no departamento médico. Já o capitão Tiago cumpre suspensão devido a expulsão no BAVI de domingo.  

Com todos esses desfalques, o Bahia deve entrar em campo com: Anderson; Eduardo, Lucas Fonseca, Éder e Pablo Armero; Juninho, Renê Júnior e Régis; Allione, Edigar Junio e Hernane.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Sub-20: Bahia encara o Ceará reforçado de 'profissionais'

Comentários
Com o time principal de folga, o Sub-20 do Bahia entra em campo nesta quinta-feira pelo segundo jogo da Copa do Brasil da categoria diante do Ceará. O primeiro encontro entra ambos terminou no empate sem gols e, se quiser avançar, o Esquadrãozinho precisa vencer o duelo. Para a decisão de logo mais, o técnico Aroldo Moreira vai contar com reforços que integram o elenco principal, casos do goleiro Deijair, do lateral-esquerdo Juninho Capixaba, do meia Júnior Ramos e dos atacantes Marco Antônio e Kaynan (foto).

Confira a lista de relacionados: