Mostrando postagens com marcador ► Esporte Clube Bahia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ► Esporte Clube Bahia. Mostrar todas as postagens

sábado, 22 de julho de 2017

Jeanzinho no Bahia: De eterna promessa a realidade!

Comentários
Como o mundo dá voltas, Jean a cada jogo mostra que não é mais uma promessa, já é uma realidade para o Esporte Clube Bahia. Além de ser um dos melhores goleiros já revelados pelo Bahia, ele está entre os 4 melhores do Brasil na atual temporada, se destacando pela boa reposição com os pés e as belas defesas que tem feito na competição.

O goleiro que já foi bastante criticado pela torcida tricolor, aos poucos vem ganhando espaço no coração dos torcedores. Sendo um dos destaques da competição, elogiado por diversos veículos de comunicação nacional e sondado por equipes Europeias. Com apenas 21 anos, é o goleiro mais jovem da Série A, ao lado de René Junior, são os destaques do Bahia até aqui na temporada.

https://www.henfershop.com/

Vamos aos números e atuações:

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Juninho conduz o Bahia em um grande triunfo fora de casa

Comentários
O Bahia, entrou em campo contra o Atlético MG, pressionado e precisando do triunfo, para aliviar o peso nas costas de seu treinador. Que foi ousado, colocou um time inesperado, com Regis e Allione no banco, com Vinicius e Mendonza como titulares. Sua estratégia era aproveitar os erros do Galo e se beneficiar dos contra-ataques.

E assim fez, do início até o fim do jogo, soube sofrer, suportou a pressão da equipe mineira, jogou o torcedor contra a própria equipe e matou a partida com dois gols de Juninho. Logo ele que precisava muito disso para recuperar o bom futebol do ano passado.

Vamos ao show:

segunda-feira, 17 de julho de 2017

René se destaca, mas Bahia dá mole e empata contra o Avaí

Comentários
O Bahia entrou em campo em casa contra o Avaí, em busca de mais um triunfo em casa. Porém não conseguiu impor seu jogo, por boa partir do confronto, trocou passes na intermediaria adversária, sem conseguir penetrar na defesa do Avaí. Nas poucas oportunidades que tinha, parava nas boas defesas do goleiro. Mesmo assim René Junior fez doa jogada, tabelou com Vinicius e abriu o placar, mas em um erro de marcação da defesa sofreu o gol de empate.

No primeiro tempo a equipe não conseguia finalizar, prezo na marcação do Avaí, foi totalmente neutralizado pelo esquema defensivo da equipe adversaria. Jorginho mudou o meio, tirou Regis e Allione e apostou em Ferrareis e Vinicius, que em certos momentos deu mais velocidade na equipe e boas perspectivas de melhorar em seu jogo. Mas só conseguiu ser eficiente em 3 oportunidades em uma bola na trave, uma boa defesa do bom goleiro do time catarinense.

https://www.henfershop.com/

Vamos ao jogo:

sábado, 15 de julho de 2017

Bom futebol ou resultado? O que é mais importante ?

Comentários
Como o futebol é interessante, intenso, competitivo e surpreendente. De fato, todas essas palavras defini o futebol, que em certos momentos deixa o torcedor com raiva e em segundos deixa feliz. Atualmente para o brasileiro, futebol hoje se resumi em resultado, não mais em um futebol bonito, gostoso de ver, mas sim em resultados. Será que você torcedor do Bahia, prefere um bom futebol ou apenas resultado?

Outra pergunta que faço é se a torcida do Bahia teria maturidade para ver o time jogar em casa como o Corinthians joga hoje, uma equipe extremamente organizada, inteligente e letal. Que sofre, deixa o adversário jogar e é mortal quando chega ao ataque. Será que a Arena Fonte Nova lotada, aceitaria o Bahia jogar atrás da linha da bola em casa, sofrendo e chegar a frente com qualidade e buscar o jogo como fez contra a Ponte Preta?


https://www.henfershop.com/






Será? Vejamos:

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Rodrigão decide, Bahia joga com eficiência e goleia fora

Comentários


O Bahia entrou em campo pressionado, precisando vencer e foi com essa fome de jogo que a equipe começou a partida contra a Ponte Preta. Se lançou ao ataque e na primeira oportunidade, Rodrigão marcou seu primeiro gol no tricolor. A equipe jogou com inteligência, apertou no início, deu campo a Ponte, sofreu comas invertidas de Luca pela direita da defesa no primeiro tempo, mas suportou a pressão do adversário, mesmo tendo menos posse bola teve mais oportunidades, foi eficiente e venceu bem a partida.

Foram apenas 3 minutos em campo para Rodrigão mostrar o porquê de tanta expectativa, na primeira bola ele foi mortal, cabeceou com frieza e tirou do goleiro, por pouco não fez o segundo gol ainda no primeiro tempo, mas não conseguiu finalizar. Na 3ª oportunidade guardou o 2º gol, em menos de 70 minutos em campo, fez o dobro de gols que a equipe tinha feito fora de casa, pena que se lesionou e não pode terminar a partida.

Vamos ao show: 

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Bahia continua perdendo para si mesmo

Comentários
O Bahia criou, buscou o jogo, encurralou o Fluminense do início ao fim da partida, mas não conseguiu resultar esse domínio em gols e por pouco não foi derrotado hoje. Sofreu o gol no único momento em que Jean foi exigido, na primeira finalização, o tricolor tomou o gol. Mesmo assim o time não se escondeu, procurou o gol durante todo o jogo e foi presenteado com o empate no fim.

Em um jogo totalmente estudado pelo Fluminense, que atuou atrás da bola, esperando os erros do Bahia e conseguir o resultado parecido. Assim fez, esperou até o primeiro erro do tricolor baiano e fez o gol, de forma proposital deixou o Bahia jogar, soube sofrer e contou com a sorte quando Regis e Mendonza teve a oportunidade de fazer o gol na primeira etapa. No segundo tempo, Abel tentou retomar o controle do jogo, mudou o time, mas foi engolido pelo volume de jogo do esquadrão, que se jogou ao ataque, encurralou o tricolor carioca até conseguir o empate.

https://www.henfershop.com/

Vamos ao jogo:

segunda-feira, 3 de julho de 2017

BAVI- Jean se destaca e Bahia faz seu pior jogo do ano

Comentários
Os times baianos entraram em campo em mais uma rodada do brasileirão, as duas equipes lutando para sair da zona de rebaixamento, buscavam a todo custo o triunfo. Em um jogo dominado pela equipe rubro negra, o tricolor estava irreconhecível, errando muito na transição, pouco chegou ao ataque e em nenhum momento conseguiu ser melhor na partida.

O Bahia parecia desconfigurado, apenas Zé Rafael tentava procurar o jogo. Já o Vitoria tinha o controle de bola, teve bons chances e se não fosse Jean, sairia vitorioso do confronto. O goleiro tricolor fez boas defesas, foi o melhor da equipe na partida e vem mostrando segurança na meta do Bahia. Fernando Miguel foi um mero expectador da partida, só participava na reposição de bola.

https://www.henfershop.com/

Vamos ao jogo:

sábado, 24 de junho de 2017

Falta qualidade na arbitragem ou os erros são propositais?

Comentários
Não costumo falar ou comentar sobre esse assunto, mas devido a solicitações sobre, resolvi relatar o que acho realmente sobre a arbitragem contra o Bahia, aliás, contra todos os times de menor expressão nacional, principalmente os nordestinos.

Enfim, o Bahia no último jogo foi prejudicado pela arbitragem em alguns momentos de forma não acintosa, mas por falta de qualidade de nossa arbitragem. No final do 1º tempo, o volante Gabriel do time Corinthians, fez uma falta por trás em Edgar Junio e o juiz fez vistas grossas e não o expulsou naquele momento. 1 º erro!

Voltou para o 2º tempo esperando qualquer lance para expulsar o jogador do Corinthians. E errou pela segunda vez!

domingo, 18 de junho de 2017

O Bahia teve mais chances, mas não teve eficiência

Comentários
O Bahia teve mais volume de jogo, chegou a frente, lutou, mas não conseguiu vencer o adversário hoje. Enfrentou uma grande equipe, que mesmo sem ter encaixado um bom futebol, tem jogadores de qualidade, que precisam apenas de uma chance para serem decisivos. Foi assim hoje, o Palmeiras finalizou menos em gol, teve um volume menor de jogo, mas foi eficiente quando teve oportunidade e por isso venceu o jogo.

O futebol não é justo, a bola puni e hoje mesmo com muita luta do Bahia, o resultado não veio. O time atuou melhor do que na última partida, chegou a frente, entrou e finalizou na área, mas não teve qualidade nas finalizações. No futebol geralmente a equipe que menos erra vence, como foi hoje.

Vamos ao jogo:

Uma hora a conta chega... Bahia 2x4 Palmeiras

Comentários
Fala, Nação Tricolor! Três jogos e apenas um ponto. Crise? #ForaJorginho? #ForaMS... nada disso. Vamos manter a calma e pensar com a cabeça mais fria.


O Bahia saiu pra dois jogos fora e só conseguiu arrancar 1 ponto. Até aí, tudo normal. Encaramos bem o Grêmio e fomos castigados no final. Seguramos bem o Coxa mesmo com o juiz fdp que não expulsou o Kleber no primeiro tempo. E aí voltamos pra Salvador para encarar o Palmeiras, atual Campeão Brasileiro. 


Nenhum Tricolor, em sã consciência, acreditou que a partida seria fácil. Mas a gente começou encarando bem os paulistas. Até que mais uma vez um árbitro “erra” contra o Bahia. Inventou um pênalti Mandrake contra o Tricolor e os caras abriram o placar. A invenção foi tão óbvia que nem cartão ele deu pra Becão. 0x1.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Bom jogo do Bahia, mas uma otima partida de René

Comentários
Resultado de imagem para René Junior no Bahia
No jogo das "surpresas", Bahia e Coritiba, fizeram uma grande partida, com muita emoção chances para os dois lados, mas sem gols. Os donos da casa começaram bem na primeira etapa, já o tricolor dominou o jogo no segundo tempo, com boas oportunidades e se não fosse Wilson, chegaria a Salvador com os 3 pontos.

O tricolor entrou em campo diferente, sem meia central e com Mendonza fazendo a função, dando mais velocidade a equipe e ajudando na recomposição. Porém a equipe começou nervosa, trabalhando pouco a bola e presa na marcação alta do Coxa, além disso dois dos principais jogadores do Bahia não estavam numa boa tarde. Zé Rafael fazendo muitas faltas e Allione errando tudo que tentava.

Vamos ao jogo: 

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Bahia mostra quem manda em Salvador

Comentários
O Bahia entrou em campo para enfrentar o cruzeiro, motivado pela boa campanha que tem feito casa no brasileiro. O tricolor fez um ótimo primeiro tempo, trabalhou a bola, dominou o jogo e poderia já ter sacramentado o triunfo ainda na primeira etapa. Já o cruzeiro foi um time guerreiro, mesmo com um a menos conseguiu equilibrar a partida e ter boas chances na segunda etapa, mas no final o tricolor baiano garantiu o 100% em casa e está em sexto no campeonato.

Vamos ao show:

terça-feira, 30 de maio de 2017

Guto, Bahia e a crueldade do futebol

Comentários
Resultado de imagem para guto ferreira e o escudo do bahia

Como o futebol é cruel com equipes de orçamento menor, como é dificil manter um treinador quando é feita uma boa campanha, já era dificil manter jogador, mas com a falta de qualidade e a perca de espaço de treinadores mais velhos, a cada dia fica mais dificil para um time nordestino montar u bom elenco e usufluir do mesmo durante 2 a 3 temporadas. 

Esse  ta sendo o caso do Bahia, depois de um otimo segundo turno da serie B e um grande inicio de temporada, o elenco do Bahia vem sendo cobiçado, além disso seu treinador pela segunda vez e cogitado como nome forte entre os grandes times do país. Não é por acaso, Guto sem sobra de duvidas é o melhor treinador do Bahia nos ultimos 15 anos, seja em numeros, objetivos alcaçados e tempo no cargo....

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Tava escrito! Bahia manda no Nordeste pela terceira vez

Comentários
Já dizia um amigo meu, "Tá escrito. E se não estiver, escreva!". Assim fez o Bahia na Copa do Nordeste. Foi escrevendo sua história, capítulo por capítulo, e desta forma ultrapassando suas barreiras até chegar no seu destino e conquistar o seu objetivo principal na temporada 2017. O TRICAMPEONATO da Copa do Nordeste. Dos mais otimistas até os mais pessimistas, ou até os chamados de "corneteiros", ninguém jamais duvidou de que a história estava escrita e que este título seria mesmo nosso. O hino mais belo do futebol mundial entoava o destino do grande campeão da Copa do Nordeste de 2017. 

"Vamos avante Esquadrão
Vamos serás um vencedor
Vamos conquistar mais um tento
BAHIA, BAHIA, BAHIA!"

Frio na barriga, ansiedade, aflição, nervosismo, tensão, calafrios. Alguns dos sintomas que impulsionaram a nação tricolor nesta quarta, e após os 90 minutos de pura emoção, alívio e finalmente podendo soltar o gripo entalado na garganta durante 15 anos. TRÊS vezes Bahia. É assim que se resume a história do Esquadrão de Aço na tão desejada e sonhada Copa do Nordeste. Melhor campanha na primeira fase, sem perder e sem tomar gol nos seis confrontos, passando sem sustos ou sobressaltos para as quartas onde eliminou o Sergipe e mais adiante despachou o rival Vitória, chegando com merecimento na decisão reeditada da final de 2001. Um dia muito esperado que demorou, mas finalmente chegou, após dois anos batendo na trave (2015 e 2016). 

Um treinador contestado. Um presidente criticado chamado de forma covarde de "Marcelo Banana" por parte da torcida de valor discutível. Um grupo de jogadores questionados. E agora? Falar o que? Absolutamente NADA. Apenas aplaudir essas pessoas, ou diria guerreiros, que nunca deixaram de acreditar, sonhar e lutar, independente se havia confiança ou não. 

Como diz na música "Tá escrito", composição de Xande De Pilares, Gilson Bernini e Carlinhos Madureira.  

"Às vezes a felicidade demora a chegar
Aí é que a gente não pode deixar de sonhar
Guerreiro não foge da luta e não pode correr
Ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer"

É claro, não é uma conquista para acharmos que tudo está perfeito, mil maravilhas, no entanto, é uma conquista importante para ensinar o torcedor a ser um pouco menos impaciente e imediatista, e acreditar. Nesse quesito, destaco os sempre otimistas Paulinho Fernando, Magno Paulista e Flávio Andrade, exímios tricolores com capacidade de encontrar qualidades nos defeitos e motivar qualquer tricolor mesmo nos momentos de fraqueza. O que dizer do Lite, que mesmo com seus anseios, aflições e medos, entoa sempre um "Bora Bahêa Minha Porra" que traduz o que é ter sangue tricolor pulsando nas veias, e o Lázaro sempre cauteloso e com os pés no chão, mas nunca desacreditado, sempre otimista. E de tantos outros. Germano, Torres, Matheus, Carneiro, Zé Duarte, Adegesto, Adler, Márcio, Marcley, Davi, Clebson, Lucas, Ramon, Henrique, Cangaceiro, Maurício, Olival, Marcelo, Erick, Vilas Boase muitos que me falham a memória neste momento emocionante.

Mas este título é também para os "corneteiros" que cobram, afinal, sem cobrança não há resultado. Os exigentes e acima de tudo tricolores nato, Dalmo Carrera, Lourival e Dinensen. Tenho certeza que vão dizer: "Não ganharam nada ainda". Risos. Realmente, esse tem que ser o espírito. Continuar trabalhando, evoluindo e alçando voos maiores. Esse título vai também para todos os tricolores e colegas do Blog Futebol Bahiano, em especial, para a nação tricolor de São Miguel das Matas, cidade mais tricolor do interior baiano. Agora é comemorar e festejar o "carnaval fora de época" em Salvador, zoar os rivais que secaram todos os jogos e principalmente nesta final, e reconhecer todo esforço de todos que trabalharam para esse momento se tornar realidade. BBMP!!!! TRICAMPEÃO PORRA!!!

Parabéns ao Esporte Clube Bahia e todos os tricolores! Ninguém nos vence em vibração!

Fellipe Costa

terça-feira, 23 de maio de 2017

Se for campeão, Bahia embolsa grana e garante benefícios

Comentários
Nesta quarta-feira não só o nordeste mas todo o Brasil estará conectado na grande final da Copa do Nordeste de 2017, o único torneio que vingou no país entre todos os regionais e interestaduais, além, é claro, da Copa Verde, só que com proporções menores. O Esporte Clube Bahia, pela segunda vez em três anos, busca a tão desejada "orelhuda" e o seu tricampeonato que parece muito próximo (2001-2002-2017). Mas antes terá que desbancar o Sport-PE na Arena Fonte Nova, necessitando apenas de um empate sem gols para levantar a taça. Um novo 1x1 decisão na marca da cal, qualquer empate acima disso dá Leão de Pernambuco. Quem vencer, obviamente leva.   

Se o Bahia conquistar o título nesta quarta, garante além do troféu e da enorme exposição na mídia nacional (diferente dos estaduais), a premiação em dinheiro da competição e vaga direta nas oitavas de final da próxima Copa do Brasil, fase que não chega desde 2012, e uma consequente folga no calendário de 2018. O campeão abocanha a quantia de R$ 2,85 milhões, R$ 465 mil à mais do que recebeu o Santa Cruz em 2016, enquanto o vice-campeão recebe R$ 2,15 milhões.

sábado, 20 de maio de 2017

Juninho: De protagonista a coadjuvante no Bahia!

Comentários
Resultado de imagem para juninho volante bahia 2017

Juninho foi no segundo turno da serie B, não apenas o melhor jogador do Bahia, mas sim o melhor jogador da competição, além de ser eleito um dos melhores volantes do pais em 2016, com números fantásticos, principalmente no brasileiro. Porém em 2017, o jogador caiu muito de produção, não consegue manter a regularidade e mesmo crescendo nas ultimas partidas, ainda comete erros jamais vistos pelos torcedores do tricolor. E isso vem em um momento que René Junior vivi sua melhor fase no Bahia e Edson é melhor da posição na temporada. 

No final de 2016, Juninho foi cobiçado por grandes equipes brasileiras, demorou para renovar com o Bahia, exigiu um contrato de 3 anos e um salario aproximadamente 4 vezes maior do que recebia. Depois de muito tempo de negociação o volante renovou o contrato com esquadrão e seu futebol caiu. Algo inimaginável por qualquer torcedor, como um jogador que marcou 7 gols no segundo turno da serie B, vice líder em assistência e um dos maiores desarmadores do Brasil com 100 desarmes apenas no Brasileiro da 2ª divisão, pode cair tanto de produção?

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Tricolor sai na frente , mas perde a chance de vencer

Comentários
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre
Bahia começou mal o jogo, sem velocidade, sem organização e quase custou caro no inicio do primeiro tempo, o Sport teve grandes chances e por pouco não fez o gol. No 2º tempo o tricolor entrou com o mesmo time, porém com outra atitude, buscando o jogo até marcar seu gol e da a bola ao Sport que lutou e numa jogada de linha de fundo empatou a partida. 

Guto colocou um time totalmente lento na saída de bola e na marcação alta, principalmente no primeiro tempo, onde o tricolor pouco chegou a frente e constantemente atacava apenas com 3 jogadores, Juninho não conseguia da velocidade ao time, pouco foi acionado e passou a primeira etapa apagado. Já o Sport chegou a colocar a bola na trave e ter outras oportunidades, sem finalizar com sucesso, graças ao goleiro Jean, que fez boas defesas. 

domingo, 14 de maio de 2017

Quarteto funciona e o Bahia faz sua melhor partida no ano

Comentários
Que estreia no brasileiro, o Bahia envolve o Atlético PR, controla o jogo e faz sua melhor partida no ano. Mesmo com dois erros defensivos, o tricolor foi soberano na partida, principalmente no primeiro tempo, onde impôs seu jogo, trabalhou a bola,  usou e abusou da marcação alta e conseguiu aproveitar as boas chances que teve. 

Vamos ao show .... 

Bahia definido, time tem tudo para estrear com triunfo

Comentários

O Bahia estreia hoje no campeonato Brasileiro e terá um jogo interessante contra o Atlético PR,  o furacão vem com time misto, com bons jogadores para enfrentar o tricolor. O esquadrão ainda sem um 9 de oficio, tenta fazer o que pouco conseguiu nos BAVI, resultar a boa movimentação e as chances criadas em gols. É um grande desafio já que nenhum dos jogadores a frente tem bom aproveitamento em finalizações. 

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Jackson reserva de Lucas Fonseca? Guto explica escolha!

Comentários
O zagueiro Jackson, titular absoluto desde a Série B de 2016 formando uma dupla de destaque com Tiago, retornou de lesão após ficar um bom tempo ausente, inclusive, nas fases decisivas da Copa do Nordeste e Campeonato Baiano, sendo obrigado a recorrer a Lucas Fonseca que vinha de uma temporada de muitas críticas e questionamentos. No entanto, o zagueiro soube aproveitar a oportunidade, fez bons jogos, mostrando uma evolução e ganhou moral com o professor e a titularidade como recompensa.

O técnico Guto Ferreira falou nesta sexta o motivo pela escolha de Lucas Fonseca como titular na partida diante do Atlético-PR, sendo que Jackson saiu por lesão e não deficiência técnica. Segundo o treinador, não é uma preferência e sim uma forma de recompensar e valorizar o bom rendimento de Lucas nos últimos jogos, mas fez questão de garantir que Jackson é o dono da posição e deve retornar ao time em breve. Veja: