Mostrando postagens com marcador ► Esporte Clube Bahia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ► Esporte Clube Bahia. Mostrar todas as postagens

domingo, 22 de janeiro de 2017

Melhor política de contratação: Do Bahia ou do Vitória?

Comentários
Sobre a comparação do Bahia com o Vitória feita pelo Olival Mata no seu texto aqui no Blog (veja), realmente são contratações com perfis diferentes de ambos os clubes, mas eu sempre repito isso aqui, antes de simplesmente criticar, temos que entender o contexto.

O Vitória vem de uma campanha fracassada, uma temporada em que escapou da Série B por uma posição (16º). Eles adotaram a estratégia do Bahia deste ano, mas é preciso ressaltar que esta política, de contratar jogadores com potencial de crescimento, exige competência para saber mapear esses jogadores, e também um pouco de sorte. E além disso eles estão vindo de uma eleição, que geralmente promete mudanças e grandes campanhas. Esses dois fatores justificam o que estão fazendo agora. Pode dar certo? Pode, mas se der errado custa muito dinheiro para se reorganizar durante a temporada. Talvez estejam se fiando no dinheiro de Marinho para adotar essa estratégia.

E o Bahia?

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

O Bahia tentou contratar grande jogador brasileiro

Comentários
O presidente do Esquadrão Marcelo Sant'Ana, publicou hoje em seu twitter, que apresentou uma proposta e tentou contratar o atacante Robinho, um dos destaques do Brasileirão 2016 atuando pelo Atlético MG. Segundo o mandatário tricolor, a proposta foi feita antes mesmo do atacante acertar contrato com o Galo, inclusive houve até uma reunião com a advogada Marisa Alija, que cuida da carreira do jogador. Porém o negocio não andou e o atacante acertou com a equipe mineira e foi um dos destaques do brasileirão 2016.

Robinho tem contrato até o fim de 2017, porém seu nome vive sempre sendo especulado fora do Galo. O jogador que já atuou por grandes equipes da Europa e retornou ao Brasil ano passado, depois de uma passagem curta na China e acertou com o Galo. Ontem o técnico Titi, convocou o jogador para o amistoso contra a Colômbia. 


Bahia acerta no nível das contratações para o ano de 2017

Comentários
Esse "ALTO" nível de contratação (casos de Dátolo e Cleiton Xavier), em determinadas condições, não me enche os olhos como torcedor do Bahia. Já sofremos demais com MEDALHÕES pouco concorridos que vem para cá já na descida da ladeira ou em fim de carreira (exemplos de Ricardinho, Carlos Alberto, Mancini e tantos outros). Pode até dá certo no Vitória, pois cada clube tem suas particularidades. Contudo, no Bahia está provado que a maioria das vezes não dá certo. Se der certo com Pablo Armero (que se trata de uma contratação com status internacional) será surpresa para mim.

No Bahia, dá certo jogadores com qualidade latente que precisam apenas de confiança. Jogadores que quando entram em sintonia com a torcida vibrante do Bahia se transformam em jogadores interessantes. Por isso acredito que as chances do Bahia aumentam quando monta times como esse montado para 2017 (sem "estrelas" ou atletas badalados).

Vejam quem eram Juninho, Moisés, Tiago, Eduardo, etc, antes de virem ao Bahia? Reserva dos reservas nos seus antigos clubes ou jogadores de time de Série C (caso de Juninho que foi rebaixado à terceira divisão com o Macaé). Hoje todos são jogadores mais valorizados. No entanto, Hernane, Renato Cajá e Thiago Ribeiro, jogadores que chegaram com aprovação e muito oba oba, são muito questionados pelo torcedor (principalmente pelo alto investimento e o baixo custo x benefício).

Lateral-direito Tinga com os dias contados no Bahia

Comentários
O Esporte Clube Bahia pode anunciar nos próximos dias um "BAITA reforço". O lateral Tinga, que chegou ao Esquadrão em fevereiro de 2016 inicialmente por empréstimo e depois em definitivo vindo do Grêmio onde era tratado como uma grande promessa, mas nunca vingou, está com os dias contados no Fazendão. Foi preciso UM ANO de clube para a diretoria perceber que Tinga não reúne qualquer condição de vestir a camisa tricolor. Porém, antes tarde do que nunca.

O jogador, que é terceira opção, mas foi titular nas duas partidas da Flórida Cup porque as duas primeiras opções (Wellington Silva e Eduardo) não viajaram com o grupo, tem contrato até o final deste ano e será emprestado a algum clube. Diga-se, o lateral nos dois amistosos conseguiu aumentar as provas de que não tem capacidade para jogar no Bahia. Contra o Estudiantes, marcou um GOLAÇO de cabeça, só que contra, gol que deu o triunfo ao time argentino.

Análise tática: Como devem atuar Bahia e Vitória em 2017

Comentários
Bahia e Vitória terminaram o ano de 2016 em forma de ALÍVIO, essa é a palavra mais correta que podemos utilizar, o primeiro pelo acesso suado, sofrido e chorado no último suspiro com a ajuda do Oeste encerrando uma Série B de altos e baixos com a meta principal cumprida, o segundo escapando do rebaixamento na última rodada e garantindo a permanência na elite do futebol nacional ficando um degrau acima da zona de descenso, muito por conta do decisivo Marinho que carregou nas costas um time sofrível que deu muita dor de cabeça ao seu torcedor durante todo o campeonato. Não foi um ano para as diretorias comemorem e/ou para os torcedores da dupla BA-VI soltarem fogos. Foi um ano para se repensar muita coisa, abraçar e aprender com os erros para não repeti-los em 2017, ano que promete ser MUITO MELHOR, é o que espera todos os rubro-negros e tricolores. 

Com pensamentos um pouco distintos, Bahia e Vitória foram às compras no mercado da bola para reforçar os seus elencos para temporada 2017. O Esquadrão manteve a base de 2016 e a praticamente mesma filosofia de contratações, buscou reforços pontuais, mas nenhuma "ESTRELA" ou jogador renomado, filosofia adotada por Guto Ferreira quando treinou Ponte Preta e Chapecoense, e que deu certo. Enquanto o Leão meteu a mão no bolso e fez um investimento MAIOR em relação ao seu rival neste início de temporada, é claro, foi obrigado à isso pela perda de muitos titulares como Amaral, Diego Renan, Victor Ramos, Diego Renan, Marinho, etc. Contratou um time inteiro e atletas para quase todas as posições possíveis (menos goleiro), 11 reforços chegaram, 8 para vestir a camisa de vez e jogar, destaque para os meias Jesús Dátolo e Cleiton Xavier, duas contratações de ALTO NÍVEL para o futebol do nordeste. 

Vejamos:

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

E.C. Bahia: Atacante e lateral já estão regularizados

Comentários
O atacante Gustavo e o lateral-direito Eduardo já estão aptos para atuar com a camisa do Bahia em jogos oficiais. O nome dos atletas apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta quinta e já estão à disposição do técnico Guto Ferreira para a estreia na Copa do Nordeste, dia 26, contra o Fortaleza.

Emprestado pelo Corinthians, o recém contratado Gustavo tem vínculo com o Bahia vai até o final temporada 2017. Já o lateral Eduardo, que atuou em 20 partidas pelo clube em 2016 sendo importante na campanha de acesso à Série A, teve seu contrato de empréstimo renovado pelo Atlético-PR.

Ex-atacante do Vitória é novo reforço do Sport

Comentários
O atacante Marquinhos, com passagens pelo Vitória do ano 2008 até 2014 e que chegou a ser cogitado para voltar agora em 2017, é o mais novo reforço do Sport-PE. O Leão da Ilha oficializou o jogador de 27 anos que será a primeira contratação do clube para a temporada. Além do Rubro-Negro, Marquinhos ainda teve passagens por Palmeiras, Flamengo, Cruzeiro (onde foi campeão brasileiro de 2014) e Internacional, seu último clube onde não estava nos planos do técnico Antônio Carlos.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Bahia usa "armas" para atrair atacante do Fluminense

Comentários
Apesar de muio ter se falado no nome de Henrique Dourado como possível reforço do Bahia nos últimos dias, outro atacante do Fluminense pode pintar no Fazendão em 2017. Trata-se de Osvaldo, que recentemente disse NÃO ao Vitória alegando que queria permanecer nas Laranjeiras. Informações dão conta que a diretoria do Esquadrão negocia um possível empréstimo com o clube carioca, que não deve dificultar o negócio, e para atrair o jogador utiliza duas "armas" infalíveis.

O Bahia tenta fazer com que dois recém-contratados que vieram do Fluminense convençam Osvaldo a aceitar a proposta do tricolor baiano e reforce o time em 2017. Ex-companheiros, o volante Edson e o lateral-direito Wellington Silva entraram em contato com o atacante e, segundo informações da imprensa local, o empresário do atleta já estaria em Salvador para negociar com o Esquadrão. Osvaldo atua pelos lados do campo e tem como característica principal a velocidade.

Bahia ainda busca um GOLEIRO e um ATACANTE

Comentários
O Bahia já anunciou a contratação de NOVE jogadores e CINCO renovações de contrato, mas o clico ainda não foi encerrado. O diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, revelou durante a apresentação do volante Matheus Sales nesta quarta que o clube busca contratar um GOLEIRO e mais um ATACANTE para reforçar o elenco ainda nesse primeiro semestre de 2017. O técnico Guto Ferreira só tem a disposição dois goleiros no elenco: Jean, que não passa confiança ao torcedor, e Anderson, 33 anos, que pouco foi utilizado em 2016 e deve brigar com Jeanzinho pela camisa 1.  

Na frente, as peças são Hernane e Gustavo. Mário, João Paulo Queiroz, Kaynan e Matheus Peixoto, crias da base tricolor, figuram no grupo principal, mas podem ser emprestados para ganhar experiência. "Buscamos mais um goleiro e um atacante. Estamos com dois goleiros, e não é possível continuar com dois goleiros na temporada. Essa é uma situação que nós vamos resolver. Os goleiros da base, a gente acha que estão no ponto de começar a fazer uma transição, mas não estão no ponto de começar no profissional", disse Cerri.

Bahia apenas sondou atacante e vai emprestar jovens

Comentários
Especulado como possível reforço do Bahia, o atacante Robson Fernandes, que pertence ao Paraná mas está emprestado ao São Paulo, não será contratado pelo Esquadrão, ao menos nesse momento, é o que garante o diretor de futebol Diego Cerri. Segundo o dirigente, o clube buscou informações sobre o atleta, fez apenas uma sondagem, mas não avançou nas negociações e pode ser uma possibilidade no futuro, não agora.

"Robson é um bom jogador, cheguei a conversar há algum tempo. Hoje, não é o jogador que estejamos conversando. Mas é um grande jogador. Se lá na frente sentirmos a necessidade, voltaremos a conversar", disse Cerri.

Ainda no mercado em busca de um goleiro e outro atacante, o Bahia deve emprestar outros atletas, principalmente os garotos da base que subiram da base para o principal, para reduzir mais o elenco ainda com um número exagerado de opções. "Temos jogadores não aproveitados que precisam de espaço. Muitas vezes o jogador tem contrato mais longo. Chamo para conversar e explico que não é uma punição, é uma oportunidade. Se mostrar um bom futebol onde for, o Bahia e o mercado vão atrás. Quem se vende é o jogador. Ele tem que jogar. Principalmente os que estão aqui, que são bem jovens", finalizou.

Dante faz juras de amor e reafirma desejo de jogar no Bahia

Comentários
O zagueiro Dante, de 33 anos e atualmente no Nice, líder do Campeonato Francês onde foi eleito o melhor zagueiro do 1º turno, nunca escondeu sua paixão pelo Esporte Clube Bahia, leva o nome do clube onde vai e sempre reafirma publicamente o desejo de um dia vestir o manto tricolor. O jogador voltou a falar sobre a possibilidade de retornar ao Brasil num futuro próximo e a vontade de jogador no Bahia, seu clube de coração. No entanto, apesar da idade avançada, o beque tem mais um ano e meio de contrato no Europa, ainda joga em alto nível e recebe um salário fora dos padrões do futebol brasileiro, ou seja, só deve desembarcar (SE desembarcar) no Brasil para jogar bola quando estiver sem espaço lá fora e já em fim de carreira.

Apesar de ter nascido e morado em Salvador até os 16 anos, Dante deu os primeiros passos no futebol com a camisa do Juventude-RS, em 2002, e pouco tempo depois deixou o Brasil rumo à Europa em 2003, onde está em sua 14ª temporada. Desde então, passou por times como Lille-FRA, Charleroi-BEL, Standard Liège-BEL, Borussia Monchengladbach-ALE, Bayern de Munique, Wolfsburg e Nice.

VEJA A ENTREVISTA:

Atacante encostado no São Paulo pode pintar no Bahia

Comentários
O Bahia ainda está de olho no mercado em busca de reforços para o setor ofensivo, ainda com muitas carências apesar das últimas contratações. A bola da vez no Fazendão é o atacante Robson Fernandes que está encostado no elenco do São Paulo e não terá dificuldades para consegui a liberação do clube paulista. Robson, de 25 anos, iniciou 2016 no Paraná, se destacou com boas atuações e 12 gols marcados em 39 partidas, fato que o levou para o time do Tricolor do Morumbi que pagou R$ 300 mil pelo empréstimo do atleta até meio deste ano. Lá foram sete jogos (três como titular) e nenhum gol anotado.   

O empresário do atleta, Giuliano Tadeu Aranda, confirmou o interesse e uma sondagem do Bahia pelo atacante que está no São Paulo, mas pertence ao Paraná. "Realmente houve a consulta, mas não existe a tratativa. Como o atleta é do Paraná, estamos querendo desenvolver as questões para o atleta resolver as questões dele. Temos que acertar com dois clubes e não é simples. Como o São Paulo não vai utilizar, queremos dar um seguimento na carreira dele", disse.

Além de Paraná e São Paulo, Robson acumula passagens por equipes como Ponte Preta, São Caetano, Anapolina-GO, Comercial-SP, e Rio Claro-SP.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Bahia busca outro centroavante: "Degolador" na mira!

Comentários
Apesar de pouco tempo no clube e apenas dois tempos de 45 minutos em campo, o atacante Gustavo, apelidado equivocadamente de "Gustagol", já começa a ser questionado no Esporte Clube Bahia, reflexo disso é a procura da diretoria tricolor por outro centroavante para reforçar o time na temporada 2017. Quem voltou a ganhar força no Fazendão foi Henrique Dourado, o "Degolador", que viria para disputar posição com Hernane, o "Brocador". O centroavante pertence ao Fluminense que tentou recentemente a contratação do argentino Hernán Barcos que acabou acertando com a LDU, fato que deve dificultar a saída do jogador apesar de não ser uma unanimidade dentro das Laranjeiras. Além do Bahia, Sport e Chapecoense também estão de olho no jogador.

Guto tem potencial para ser treinador do Bahia em 2017?

Comentários
Depois de um torneio de pré-temporada, em que a equipe pouco treinou com bola, pouco praticou situações de jogo ou uma elaboração de um novo esquema com as novas peças que Guto tem mãos, muitos já questionam o trabalho do treinador, foi dito que o mesmo era muito frouxo e que não tinha capacidade de treinar o Bahia. Guto antes do Bahia fez um bom trabalho na Ponte Preta, montou e fazia boa campanha na Chapecoense em 2016 antes de chegar ao Bahia.

O que vimos em 2016 foi um treinador que chegou com uma missão difícil e que não tinha espaços para erros ou experiências. Um desafio sem planejamento, que exigia em um curto espaço de tempo um acesso para a serie A numa equipe grande do nordeste, bicampeão brasileiro, com uma torcida enorme faminta e carente a muito tempo de títulos expressivos, sem falar na falta de bons trabalhos e projetos administrativos e estruturais para voltar a ser uma grande equipe em termos nacionais.

Veio, aceitou o desafio, cumpriu o combinado, teve dificuldades no final do objetivo, porém realizou uma campanha extraordinária em termos de aproveitamento no 2º turno. Mesmo sendo contestado por ter vencido todas as partidas no 2º turno atuando em casa e vencido apenas duas fora, foram exatos 66,67% de aproveitamento no returno ( Equipe de matemática UFMG). Se o Bahia tem esse mesmo aproveitamento desde o 1º turno, mesmo vencendo poucas fora de casa e as mesmas dentro de casa seriamos campeão ou vice da serie B. Ganhar em casa ou fora não conta na tabela de pontuação, o que conta é aproveitamento, se o Bahia vencer todas em casa na serie A e perder todas fora, somaria 57 pontos, faria a melhor campanha do clube em uma edição de pontos corridos e ficaríamos entre os 6 primeiros.

O teste de Guto é agora em 2017, montando uma equipe, experimentando, usando vários esquemas táticos e encontrando a melhor maneira de atuar durante a temporada. Ele tem tudo esse ano para introduzir sua filosofia de trabalho, e elevar o patamar do esquadrão em termos nacionais. Baiano e Nordeste são os testes para o treinador enfim, recolocar o tricolor em evidência no pais. O time é interessante, tem jogadores de potencial e que pode reerguer a marca e fazer uma campanha interessante no brasileirão.

O tricolor está dando estrutura e bons jogadores ao treinador, com certeza Guto fará um bom trabalho esse ano, paciência, apoio e compreensão é o que todos os torcedores têm que ter nesse momento. Três meses já da para o time ter uma cara e ai quem sabe o futuro pode nos revelar boas surpresas.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Detalhes burocráticos atrasam anúncio de volante no Bahia

Comentários
O Palmeiras liberou, Bahia negociou, o jogador aceitou, desembarcou e ele próprio se anunciou. Mas até o exato momento nada da oficialização por parte da diretoria tricolor. Falo do volante Matheus Sales, de 21 anos, aquele mesmo que se pronunciou nas redes sociais oito dias atrás como mais novo reforço do Bahia sem qualquer confirmação do clube. Mas então, o que está falando para o atleta assinar a papelada, vestir o manto e ser apresentado à imprensa e ao torcedor?

Pedro Henriques, vice-presidente do Bahia, explica: 

"Os atletas já chegaram em Salvador há algum tempo, mas a gente aguarda todo o trâmite burocrático. O Matheus Sales foi um caso peculiar porque o próprio atleta fez postagem em rede social. O Bahia, para o torcedor entender, só anuncia o atleta quando todas as vias estão assinadas. A gente espera o trâmite e ainda não aconteceu".

"Já sabia que o Bahia é um time grande", diz Allione

Comentários
O meia argentino Agustín Allione foi apresentado oficialmente como mais novo atleta do Esporte Clube Bahia na tarde desta segunda, na sala de imprensa do Fazendão. O meia de 22 anos chega por empréstimo do Palmeiras até o final de 2017. Apresentado pelo vice-presidente tricolor, Pedro Henriques, o argentino destacou a grande vontade do Bahia em lhe contratar e que acabou fazendo com que decidisse vir para Salvador, não poupou elogios ao clube que "já sabia que é um clube grande" e a torcida "maravilhosa" do Esquadrão, e disse que adaptação não é problema, já que atua há mais de dois anos no Brasil.

Apesar de ter dito que jogaria até de goleiro se o treinador precisasse, Allione é uma meia-atacante de velocidade que atua mais pelos flancos do campo, podendo quebrar o galho como meia central, porém, deve mesmo jogar na sua posição se origem que é pelo lado direito onde mais se destacou nos tempos de futebol argentino vestindo a camisa do Vélez Sarsfield.  

VEJA ENTREVISTA:

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Nordestão 2017: A prioridade do Bahia para o 1º semestre

Comentários
Ainda em meio à montagem do elenco e a preparação para iniciar as competições oficiais na temporada 2017, o Esporte Clube Bahia define como prioridade para o primeiro semestre deste ano a conquista do tricampeonato da Copa do Nordeste, que bateu na trave em 2015 diante do Ceará e ficou perto em 2016 quando chegou invicto nas semifinais e como o melhor time da competição, mas acabou sendo eliminado pelo Santa Cruz (atual campeão). Vale lembrar que o Tricolor Baiano não ganha este torneio há 15 anos quando emplacou sua segunda conquista em sequência (2001-2002). 

Para o presidente Marcelo Sant'Ana, o Nordestão é a prioridade maior no primeiro semestre de 2017 pois de trata de um campeonato que tem uma repercussão interessante, que motiva a região e principalmente pelo lado financeiro, mas não menosprezando ou deixando de lado o Campeonato Baiano, que tem sua importância. O pensamento é alternar as equipes e fazer uma rotação do elenco entre as duas competições. 

Veja o que disse Marcelo Sant'Ana no programa Bate-Bola, da ESPN:

Técnico do Fluminense compara o Bahia a um "FUSCA"

Comentários
O Esporte Clube Bahia teve de lutar contra a forte concorrência no mercado da bola para contratar alguns reforços, exemplos de Allione e Matheus Sales, que interessavam também a Sport e Fluminense - indicado por Abel Braga, respectivamente. Diga-se, o argentino já estava apalavrado com o Leão da Ilha, mas o Bahia atravessou o negócio e acertou com o meia-atacante que já foi anunciado oficialmente. Mesmo caso se encontrou o volante Matheus Sales que estava com um pé no Fluminense e acabou mudando de ideia com a proposta mais vantajosa do Esquadrão de Aço e ele próprio se anunciou como novo reforço apesar de ainda não ter sido oficializado.  

A escolha do volante de 21 anos pelo Bahia acabou irritando o técnico do Fluminense, Abel Braga, que mandou uma indireta para o jogador e seu empresário dando uma cutucada no Bahia, dizendo que o atleta deixou de trocar uma BMW (Palmeiras) por um Audi (Fluminense) e preferiu um Fusca (Bahia). "Tinha um jogador bem encaminhado que me surpreendeu. Ele poderia ter trocado uma BMW por um Audi, mas preferiu um Fusca. Não entendi. Mas não foi o atleta, foi ganância do empresário. Essa ganância fez isso, deixou de pensar no lado esportivo. Mas esse tipo de empresário também não serve para nós", criticou, em entrevista coletiva. 


Especial Leão do Nordeste I: 1976, A Primeira de Muitas!
Nordestão 2017: A prioridade do Bahia para o 1º semestre
Técnico do Fluminense compara o Bahia a um "FUSCA"
Novela no fim: Marinho finalmente deve deixar o Vitória
A primeira impressão do Esporte Clube Bahia versão 2017
Vitória apresenta oficialmente Leonardo Pisculichi
Confirmado: Argentino Agustín Allione é jogador do Bahia
Experiente Drogba pode jogar no futebol brasileiro em 2017 

A primeira impressão do Esporte Clube Bahia versão 2017

Comentários
Considerando o pouco tempo de treinamento, o que deu para aproveitar do jogo Bahia x Wolfsburg: A linha de zaga me parece que continua consistente, Tiago e Jackson seguros como sempre, Armero parece ser um lateral com recursos para romper a linha adversária, tem velocidade e agressividade. Com Welington Silva na direita, suponho que possa haver um equilíbrio ofensivo nos dois lados do campo.

No meio, embora não tenha achado que foram ruins (Régis estava um pouco abaixo), é preciso treinar mais variações e movimentação dos jogadores. Uma coisa que me irrita é a distância em que os jogadores jogam no Brasil, você percebe claramente pela televisão, na Europa os jogadores estão muito mais próximos para trocar passes e envolver o adversário, aqui no Brasil só o Grêmio de Roger Machado, herdado por Renato, fazia isso. Para mim esse foi o principal motivo para tantos passes para os zagueiros. Se um esta distante do outro e você não quer forçar o passe, geralmente você faz o passe mais seguro, que é para trás.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Bahia fica no 0 a 0 e perde nos pênaltis para o Wolfsburg

Comentários
O Esporte Clube Bahia deu o pontapé inicial na temporada 2017 no primeiro teste do ano com praticamente a mesma base de 2016 e apenas dois reforços (o meia Zé Rafael e o lateral Pablo Armero) iniciando como titular a partida desta quinta contra o Wolfsburg, da Alemanha, pela Florida Cup Challenge, que terminou no empate sem gols no tempo normal e com triunfo do time alemão por 3 a 2 nos pênaltis sobre o Esquadrão que não pôde contar com alguns reforços que não estão bem fisicamente, caso de Wellington Silva, e outros que ainda não foram anunciados, mas estão acertados, casos de Allione e Matheus Sales.