Vídeo: Pezão x Andrei Arlovski

Vídeo: Pezão x Andrei Arlovski
Vídeo: Pezão x Andrei Arlovski

Video da Luta: Mark Hunt x Roy Nelson

Video da Luta: Mark Hunt x Roy Nelson
Video da Luta: Mark Hunt x Roy Nelson

Vitória 3 x 1 Criciúma: Os gols

Vitória 3 x 1 Criciúma: Os gols
Vitória 3 x 1 Criciúma: Os gols

Maracajá: O Mito do dirigente ultrapassado

Maracajá: O Mito do dirigente ultrapassado
Maracajá: O ultrapassado

Seja bem-vinda minha linda!

Seja bem-vinda minha linda!
Seja bem-vinda minha linda!

PUBLICIDADE #01



sexta-feira, 4 de maio de 2012

Bahia x Vitória: Hoje, 16h no Barradão

Bahia x Vitória EscudosFinalmente chegou o grande dia para o Futebol da Bahia. Depois de 138 jogos, quase 5 meses de disputas sem nenhum destaque digno de registro, além das boas campanhas do Feirense e Vitória da Conquista, neste domingo, na Arena rubro–negra, aquela que um dia já foi santuário, Bahia e Vitória iniciam a primeira das duas grandes batalhas para eleger aquele que vai ocupar a cadeira no trono de Campeão Baiano, hoje ocupado pelo decepcionante Bahia de Feira, que este ano, após um início de campanha mentiroso (15 pontos em 5 jogos), finalizou o Baianão em quinto lugar.

O jogo deste Domingo, além da importância e apelo pela celebração da festa das torcidas que, na minha visão, é a essência principal e a própria razão de ser do esporte pontua, também, o misto do absoluto desespero e da enorme necessidade da torcida tricolor em levantar um caneco que não conquista desde época em que o transporte coletivo ainda custava cinqüenta centavos.

Sem dúvida, chegou a hora da torcida do Bahia comemorar um título baiano, coroando um campeonato que precisou de poucos retoques em eficiência para liderar de ponta a ponta, em um ano em que a diretoria do clube abandonou o crônico amadorismo e montou/manteve um grupo capaz de quebrar essa seqüência miserável de fracassos em fracassos, que perdura uma década, nem tanto pela qualidade dos seus adversários e sim por tropeços em suas próprias pernas, sustentada pelos pés descalços do nível mais rasteiro da competência administrativa em anos anteriores.

Perder no Barradão, inviabilizar ou reduzir as possibilidades para o segundo jogo em Pituaçu, será o mesmo que bater com uma marreta de 10 quilos, e sem estopa, no meio da cabeça do torcedor bicampeão brasileiro, como será a negação de todas as expectativas positivas geradas pela campanha e absorvida como indicativo e com entusiasmo pela necessitada torcida do tricolor, isto por cinco meses consecutivos. Pelos números, pela campanha, pela própria torcida, qualquer resultado que não seja o Bahia Campeão Baiano de 2012, será o exercício amplo de que nem tudo vale, o que efetivamente pesa.

BA x Vi não tem favorito, depende do sol, depende lua, depende do dia, no entanto, se depender de fé, figa, torcida e esperança do dono da caneta esferográfica dos tempos atuais, o Esporte Clube Bahia sairá do Barradão, este Domingo, de paletó e gravata, prontíssimo para a festa e comemoração da vitória completa e já merecida no dia 13 de Maio, data que Stevie Wonder e suas tranças, completam 62 anos de sucesso, glórias, sucesso e reconhecimento mundial

Gostou dessa postagem e quer acompanhar nosso BLOG? Você pode nossa fanpage no Facebook, no Twitter, e/ou
nossa página no Google+.

0 comentários:

Site Meter
 

Jogo AO VIVO